Abrir menu principal
Casa de Adoração Bahá'í de Wilmette
Arquiteto Bourgeois, Louis Jean; Fuller, George A.[1]
Início da construção 1921
Fim da construção 2 de maio de 1953
Religião Fé Bahá'í
Área 28
Geografia
País  Estados Unidos
Região Fé Bahá'í
Local Wilmette, Illinois.
Coordenadas 42° 4' 27" N 87° 41' 3" O

A Casa de Adoração Bahá'í (ou Templo Bahá'í) em Wilmette, Illinois, é a mais antiga Casa de Adoração Bahá'í no mundo, e a única nos Estados Unidos.[2]

Índice

HistóriaEditar

Em 1908 iniciou-se a compra para a construção do edifício, e em março de 1909, foi estabelecido o "comitê de coordenação" (Comitê Executivo), com nove membros.[3] Bahá'ís de todo o mundo levantaram gradualmente fundos para pagar o projeto. Por exemplo, Baha'is da França contribuíram, mesmo depois de enfrentar em janeiro de 1910 o "Dilúvio de Paris".[4] Um morador de Chicago chamado Nettie Tobin, incapaz de contribuir monetariamente, doou um pedaço descartado de calcário de um canteiro de obras. Esta pedra tornou-se a pedra angular simbólica do prédio quando 'Abdu'l-Bahá chegou a Wilmette em 1 de maio de 1912 para a cerimônia de inauguração, durante suas viagens para o Ocidente.[5]

ConstruçãoEditar

A construção do edifício começou em 1921, depois que bahá'ís concordaram em usar um desenho de Louis Bourgeois. O projeto foi idealizado como uma mistura de vários estilos arquitetônicos diferentes. Em 1922, a primeira parte do edifício, foi finalizada, e os bahá'ís começaram a usá-lo como um ponto de encontro, o exterior do edifício foi concluído em janeiro de 1943.[6]

Dedicação e legadoEditar

O templo foi finalmente dedicado em 2 de maio de 1953.[7] Mais de 3.500 pessoas participaram da cerimônia,[8] incluindo a Mão da Causa, Corinne True, aos 91 anos de idade.[9] Rúhíyyih Khanum, a esposa de Shoghi Effendi, então chefe da religião após a morte de 'Abdu'l-Bahá, fez uma oração na dedicação.[10]

Em 1978, a Casa de Adoração foi adicionada ao Registro Nacional de Locais Históricos.[11] O edifício tornou-se um destino popular para turistas, e o Escritório de Turismo de Illinois nomeou-a como uma das "Sete Maravilhas de Illinois". Em 2012, a comunidade bahá'í dos Estados Unidos comemorou os 100 anos de dedicação do templo pedra angular.[12][13]

GaleriaEditar

Referências

  1. Whitmore, 103.
  2. Nancy Ryan. "Bahais celebrate anniversary; Faith's House of Worship in Wilmette 75 years old". Chicago Tribune. June 12, 1987. 6.
  3. Whitmore, 3–4.
  4. True, Corinne (9 de abril de 1910). Windust, Albert R; Buikema, Gertrude, eds. «The Mashrak-el-Azkar». Chicago, USA: Baha'i News Service. Star of the West. 01 (02). 5 páginas. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  5. Stockman, Robert. «True, Corinne». Draft Articles for the Bahá’í Encyclopedia. Consultado em 2 de agosto de 2014 
  6. Whitmore, 122-3.
  7. Whitmore, 230.
  8. "Landmark Baha'i temple's services draw on all of the world's religions". Chicago Sun-Times. 30 de abril de 2006. Fluff, 12.
  9. Whitmore, 231.
  10. Whitmore, 232.
  11. "At 50, temple continues to awe ; Anniversary marks 'tremendous' 32-year construction effort". Chicago Tribune. May 25, 2003. 2.
  12. The Baha'i House of Worship. Illinois Department of Commerce and Economic Opportunity. 2007. Retrieved on August 12, 2010.
  13. [1]

Ver tambémEditar

Ligações externasEditar

 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Casa de Adoração Bahá'í em Illinois
  Este artigo sobre fé bahá'í é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.