Abrir menu principal
Skokloster
Skoklosters slott
Estilo dominante Barroco
Engenheiro Carl Gustaf Wrangel
Inauguração 1676
Proprietário atual Estado Sueco
Geografia
País  Suécia
Cidade Comuna de Håbo

Skokloster (em sueco: Skoklosters slott) é um palácio da Suécia, localizado junto ao lago Malar, entre Estocolmo e Upsália.[1] Foi construído entre 1654 e 1677 em estilo barroco por Carl Gustaf Wrangel, a partir de um projeto de Nicodemus Tessin, o Velho. Com a morte de Wrangel em 1676 o palácio passou para a família Brahe. Em 1930 tornou-se propriedade da família Von Essen, que o vendeu ao governo sueco em 1967 com todo o seu conteúdo. Desde então foi transformado em um museu.[2]

O palácio é um dos grandes monumentos da fase de expansão da Suécia no século XVII. Algumas de suas salas estão inacabadas, como a sala de banquetes, que foi preservada ainda com as ferramentas dos construtores onde as deixaram por ocasião da morte do primeiro dono. Por isso, nenhum outro palácio europeu pode comparar-se a este em questão de autenticidade histórica. Outros aposentos foram decorados com suntuosa mobília e obras de arte barrocas. A armaria e a biblioteca são especialmente ricas.[2]

Referências

  1. Ernby 2001, p. 569.
  2. a b Hadenius 1996, p. 175.

BibliografiaEditar

  • Ernby, Birgitta; Gellerstam, Martin; Malmgren, Sven-Göran; Axelsson, Per; Fehrm, Thomas (2001). «Skokloster». Norstedts första svenska ordbok (em sueco). Estocolmo: Norstedts ordbok. p. 767. ISBN 91-7227-186-8 
  • Hadenius, Stig; Nilsson, Torbjörn; Åselius, Gunnar (1996). «Skoklosters slott». Sveriges historia - Vad varje svensk bör veta (História da Suécia – O que todos os suecos devem saber) (em sueco). Estocolmo: Bonnier Alba. 447 páginas. ISBN 91-34-51784-7 

Ligações externasEditar