Cavaleiros do Forró

Banda de forró eletrônico

Cavaleiros do Forró é uma banda de forró eletrônico formada em novembro de 2001 na cidade de Natal, Rio Grande do Norte.[1] Atualmente, tem como vocalistas: Jaílson Santos, Ramon Costa, Neto Araújo e Kally Fonseca.[2]

Cavaleiros do Forró
Logotipo da banda.
Informação geral
Origem Natal,  Rio Grande do Norte
País  Brasil
Gênero(s) Forró Eletrônico
Período em atividade 2001—presente
Gravadora(s) Padang Produções
Integrantes Jailson Santos
Kally Fonseca
Neto Araújo
Ramon Costa
Página oficial www.cavaleirosdoforro.com

Informações geraisEditar

A banda já vendeu mais de 2,5 milhões de álbuns.[3]

Dentre os grandes sucessos do grupo estão: "Se Rei Pra Lá", "Alô", "Mar de Doçura", "A Vontade que Eu Tenho", "Mulher Eletricista", "Frete", "Avisa a Ela", "Senta Que é de Menta", "Cadê Você", "Minha Rainha", "É Gaia" e "Não Pegue Esse Avião".

HistóriaEditar

2001-2005: O AugeEditar

O grupo foi fundado em 2001, pelo empresário Alex Padang, em Natal, Rio Grande do Norte. Para a gravação do primeiro disco foram contratados Roberto e Solange Almeida como cantores temporários, além de Inácio Alexandre como vocalista definitivo. No mesmo ano já lançaram o primeiro álbum, que trouxe o hit "Se Réi Pra Lá". O Grupo lançou um disco por ano, entre 2001 e 2003. O primeiro sucesso romântico veio no ano de 2003, a música "Alô". Esse ano marcou a chegada dos vocalistas definitivos Jailson Santos e Eliza Clívia. Em maio de 2004, ocorreu um acidente com o ônibus da banda, onde Inácio Alexandre o guitarrista Edvan Paulo faleceram.[4]para substituir Inácio, chegaram Neto Araújo e Arantes Rodrigues. Em outubro, Arantes deixou o grupo e foi substituído por Ramon Costa. Um mês depois, a banda gravou o seu primeiro DVD, no Estádio Machadão, em Natal. Em 2005, Neto Araújo foi demitido e substituído por Bell Oliver.

2006-2008: Gravação do segundo DVD e saída de Bell OliverEditar

Em 2006, a banda gravou o segundo DVD na Praia de Tambaú, em João Pessoa, com um público estimado em 200 mil pessoas, esta formação foi a de mais sucesso em toda a carreira da banda. Em 2008, Bell Oliver recebe o convite para integrar a banda Calcinha Preta e deixa a Cavaleiros do Forró. Nessa época a banda não tinha a mesma pegada romântica e estava apostando tudo no vanerão, o que não agradou Bell.[5]

2009-2012: Mudança de estiloEditar

Em 2009, Geyse Silva (que havia entrado no grupo em 2008) foi substituída por Dany Miler.[6] Nesse ano a Cavaleiros mostrou ter abandonado o romantismo e aderindo totalmente ao vanerão. Em 2010, Ramon Costa deixa o grupo, após quase 6 anos.[7] Foi substituído por Gabriel Diniz (que ficou até 2011).[8]

2011-2018: A grande mudança e "Era Peruanno"Editar

Wyll De Paiva substitui Gabriel Diniz, Israel Peruano entra em 2012, fazendo da banda um quinteto. até que em 2013, Jailson,Eliza e Wyll saíram do grupo. Dany saiu em seguida, no ano de 2014, deixando a cavaleiros apenas com Israel Peruano como vocalista. Eliza Clívia faleceu em 16 de junho de 2017, em um acidente de trânsito em Aracaju, Sergipe. Em 2018, Ramon Costa e Jailson Santos retornam a banda, formando um trio com Peruano, que deixou a banda após 5 meses e foi substituído por Michel Júnior, conhecido como Michel "Brocador".[9][10] [11]

2019 - atualmente: Nova reformulação e formação definitivaEditar

Sandra Fernandes (que cantou junto com Ramon Costa no forró dos balas) começa a ensaiar com o grupo, mas não chegou a entrar oficialmente. Logo depois, Dayse Santana entra no grupo, sendo substituída em pouco tempo por Kally Fonseca. Michel Júnior foi substituído por Mateus Rico.[12]

Após 14 anos longe da banda, e com passagens pelas bandas Collo de Menina, Cavalo de Aço e Casadões do Forró, Neto Araújo retorna a Cavaleiros do Forró, no lugar de Mateus Rico.[2][13]

Em novembro de 2019, a banda gravou o DVD "Cavaleiros Inesquecível", na Arena das Dunas, em Natal. O show, em comemoração aos seus 18 anos de história, contou com a participação de diversas bandas de forró, como: Saia Rodada, Brasas do Forró, Dorgival Dantas, etc.[14]

A banda começou a investir no subgênero piseiro no ano de 2021, lançando o single "Morena" em parceria com o cantor Eric Land. Em agosto, deu início ao projeto "cavaleiros no piseiro", regravações de músicas clássicas neste gênero de forró.

Projeção nacionalEditar

Programas de TVEditar

A banda já se apresentou em vários programa nacionais, como o Domingão do Faustão[15], Hora do Faro[16], Programa do Gugu[16], Programa do Ratinho[16], Caldeirão do Huck[16], Raul Gil[17], Legendários[18], etc.

MicaretasEditar

O grupo também tem participado com seu show de forró elétrico (Cavaleiros Elétrico) das principais micaretas do país, como o Carnatal (Natal)[19], o Pré-Caju (Sergipe)[20] e a Micareta de Feira (Bahia),[21] além de ter se apresentado no Carnaval de Salvador, em 2009.[22]

ControvérsiasEditar

  • Em 2004, uma tragédia marcou a carreira da banda: uma violenta colisão entre dois ônibus na cidade de Goianinha, no interior do Rio Grande do Norte, acarretou a morte de cinco pessoas deixando outras duas feridas, entre as vítimas fatais estavam Inácio Alexandre (vocalista) e Edvan Paulo (guitarrista);[4]
  • Em 2008, a atriz Bruna Di Tullio processou a banda Cavaleiros do Forró por uso indevido de imagem. Em fevereiro de 2006, a atriz foi contrata pela banda para fazer presença no camarote do show em João Pessoa, na Paraíba. Passados 8 meses, a atriz descobriu que os Cavaleiros do Forró estavam utilizando sua imagem sem autorização, no DVD e também no clipe, que foram comercializados sem ela ter conhecimento;[23][24][25]
  • Em 2011, a Justiça decretou que a banda Cavaleiros do Forró indenizasse em R$ 20 mil a atriz Laila Zaid. Segundo a decisão judicial, o grupo fez uso indevido da imagem da atriz no seu segundo DVD, gravado em João Pessoa;[26]
  • Em 2012, Cavaleiros do Forró foi processada pela Editora Musical Panttanal, em decorrência de violação de direitos autorais em decorrência da gravação sem autorização da música Ei, Psiu! Beijo Me Liga feita pelo grupo musical em 2009. A banda fazia propaganda do trabalho como “nova música” do repertório, ou "novo sucesso", sem autorização ou sequer menção à autoria;[27]
  • Em 2012, promotores do Patrimônio Público do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte ingressaram com uma Ação Civil por Improbidade Administrativa contra o empresário Alex Padang acusado de ter recebido indevidamente R$ 60 mil destinado à produção do DVD da banda Cavaleiros do Forró;[28]
  • Em 2013, o Ministério Público do estado do Rio Grande do Norte, encontrou indícios da participação do grupo em um esquema de desvio de recursos públicos, através de contratos superfaturados;[29]
  • Em maio de 2016, o ônibus da banda Cavaleiros do Forró foi interceptado por bandidos e alvejado com mais de 20 tiros com revólver calibre 38, no município de Escada, na Zona da Mata Sul de Pernambuco;[30]
  • No dia 16 de junho de 2017, a ex-vocalista Eliza Clívia faleceu em um acidente de carro em Aracaju;[31]
  • No dia 27 de maio de 2019, o ex-vocalista Gabriel Diniz faleceu em um acidente de avião, em Porto do Mato, povoado de Estância, em Sergipe.[8]

Ex-vocalistasEditar

  • Roberto (2001)
  • Henrique Alexandre (2002-2003)
  • Solange Almeida (2001)
  • Priscilla Freire (2002)
  • Karine Mitre (2002-2003)
  • Silvinha Soares (2002-2003)
  • Inácio Alexandre (2001-2004; Falecido em 2004)
  • Arantes Rodrigues (2004)
  • Bell Oliver (2005-2008)
  • Geise Silva (2008-2009)
  • Raquel Leoa (2009)
  • Léo Fera (2009)
  • Gabriel Diniz (2010-2011; Falecido em 2019)
  • Filho Araújo (2011)
  • Wyll di Paiva (2011-2013)
  • Eliza Clívia (2003-2013; Falecida em 2017)
  • Dany Myler (2009-2014)
  • Israel "Peruanno" (2012-2018)
  • Sandra Fernandes (2019)
  • Michel "Brocador" Junior (2018-2019)
  • Dayse Santana (2019)
  • Matheus Rico (2019)

DiscografiaEditar

ÁlbunsEditar

Ano Álbum Vendas Certificações
2001 "Botando Pressão"
2002 O Karatê
2003 4 Estilos
2004 Nossa História, Nosso Acústico
2004 Meio a Meio
2005 O Filme ao vivo em Natal
250.000
  2× Platina
2005 No Reino dos Cavaleiros
2006 O Filme 2 - No Reino dos Cavaleiros
150.000
  Platina
2006 Forrozada
500.000
  2× Diamante
2007 Cavaleiros Elétrico – Ao Vivo em Feira de Santana
50.000
  Platina
2007 Ao Vivo em Caruaru
150.000
  Diamante
2008 Beber e Amar
2008 Ao Vivo em Maceió
2009 Volume 8
2011 Ao vivo em Aracaju
2011 Cavaleiros Universitário
2013 12 Anos - Uma Nova História Ao Vivo
140.000
2015 Chora
2018 É Saudade Que Fala, Né!?
415.000
2018 É "Noix" de Novo
156.000
2019 Cavaleiros Infinity
Invendável

VideografiaEditar

Título Local e data Vendas Vendas Certificadas
Cavaleiros do Forró, O Filme Estádio Machadão, em Natal, no dia 28 de novembro de 2004 250.000   2× Platina
Cavaleiros do Forró, O Filme 2 - No Reino dos Cavaleiros Praia de Tambaú, em João Pessoa, no dia 5 de fevereiro de 2006 150.000   Platina
Cavaleiros Elétrico: Ao Vivo na Micareta de Feira Feira de Santana, Bahia, em abril de 2007 50.000   Platina
Ao Vivo em Caruaru Caruaru, Pernambuco, no dia 17 de maio de 2007, durante as comemorações do sesquicentenário da cidade 150.000   Diamante
Beber e Amar - Ao Vivo em Maceió Estacionamento de Jaraguá, em Maceió, no dia 2 de agosto de 2008, durante as comemorações dos 30 anos da Rádio Gazeta FM Sem Dados
Volume 5 Aracaju, Sergipe, no dia 17 de março de 2011 Sem Dados
Volume 6 Natal, Rio Grande do Norte, no dia 20 de novembro de 2013, no aniversário de 12 anos da banda Sem Dados
Cavaleiros Infinity Aracaju, Sergipe, no dia 3 de novembro de 2018 Invendável
Cavaleiros Inesquecível Natal, Rio Grande do Norte, no dia 20 de novembro de 2019 Invendável

Referências

  1. «Grupo Cavaleiros do Forró supera o preconceito e ganha as rádios do país - Música - R7». entretenimento.r7.com. Consultado em 8 de junho de 2020 
  2. a b «Entra e sai: Cavaleiros do Forró muda formação pela segunda vez em menos de um mês». Portal AZ. 28 de agosto de 2019. Consultado em 12 de junho de 2020 
  3. «Cavaleiros do Forró se apresenta em João Pessoa - Agenda cultural - R7». entretenimento.r7.com. Consultado em 8 de junho de 2020 
  4. a b «Músicos do Cavaleiros do Forró morrem em acidente no RN». Imirante. Consultado em 12 de junho de 2020 
  5. Albuquerque, Rafael. «Vocalista troca Cavaleiros do Forró por Calcinha Preta». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 12 de junho de 2020 
  6. «Geise Silva agora é Pisada Bakana». FM 93. 28 de maio de 2009. Consultado em 12 de junho de 2020 
  7. Bastidores (7 de julho de 2010). «Ramon Costa sai da Cavaleiros e agora é Calcinha Preta». BASTIDORES DO FORRÓ. Consultado em 12 de junho de 2020 
  8. a b «Gabriel Diniz é o terceiro vocalista da Cavaleiros do Forró a morrer em acidentes». G1. Consultado em 12 de junho de 2020 
  9. «Jailson e Ramon voltam à banda Cavaleiros do Forró». G1. Consultado em 12 de junho de 2020 
  10. «Após 5 anos, Peruano deixa Cavaleiros do Forró; Jailson e Ramon estão de volta!». Aqui Acontece. Consultado em 12 de junho de 2020 
  11. «Conheça Michel, novo cantor da Cavaleiros do Forró!». Portal Independente. 22 de outubro de 2018. Consultado em 12 de junho de 2020 
  12. «Dayse Santana e Michel Brocador se desligam da banda Cavaleiros do Forró». Portal AZ. 1 de agosto de 2019. Consultado em 12 de junho de 2020 
  13. «14 anos depois, Neto Araújo retorna aos vocais da banda Cavaleiros do Forró». Portal AZ. 28 de agosto de 2019. Consultado em 12 de junho de 2020 
  14. «Cavaleiros do Forró grava DVD comemorativo na Arena». Tribuna do Norte. Consultado em 12 de junho de 2020 
  15. Rita. «Cavaleiros do Forró canta sucessos no Domingão do Faustão». Consultado em 8 de junho de 2020 
  16. a b c d «Cavaleiros do Forró comemora 18 anos com gravação de DVD em show gratuito em Natal». G1. Consultado em 12 de junho de 2020 
  17. «Cavaleiros do Forró lança seu novo sucesso». Monólitos Post. Consultado em 12 de junho de 2020 
  18. «Cavaleiros do Forró | Forró das Antigas». Consultado em 12 de junho de 2020 
  19. «EGO - NOTÍCIAS - No Carnatal, grupo Cavaleiros do forró pede paz no Rio». ego.globo.com. Consultado em 8 de junho de 2020 
  20. «Quinta-feira do Pré-Caju volta para a avenida». Infonet - O que é notícia em Sergipe. Consultado em 12 de junho de 2020 
  21. «Micareta de Feira 2007 - Feira de Santana BA». www.carnaxe.com.br. Consultado em 8 de junho de 2020 
  22. Line, A. TARDE On. «Cavalheiros do Forró saem na Barra». Portal A TARDE. Consultado em 12 de junho de 2020 
  23. «EGO - NOTÍCIAS - Bruna Di Túlio leva R$ 20 mil em processo contra o Cavaleiros do Forró». ego.globo.com. Consultado em 12 de junho de 2020 
  24. «Bruna Di Túlio leva R$ 20 mil em processo contra o Cavaleiros do Forró». FM 93. 10 de agosto de 2008. Consultado em 12 de junho de 2020 
  25. «Bruna Di Tulio ganha R$ 53 mil do Cavaleiros do Forró por uso indevido de imagem». www.bahianoticias.com.br. Consultado em 12 de junho de 2020 
  26. «EGO - NOTÍCIAS - Laila Zaid vai ganhar mais de 20 mil reais de indenização, diz jornal». ego.globo.com. Consultado em 12 de junho de 2020 
  27. News, Campo Grande. «Michel Teló ganha indenização de grupo que transformou "Ei, psiu..." em forró». Campo Grande News. Consultado em 12 de junho de 2020 
  28. Ratis, Ratts. «Padang se defende das acusações do MP | Blog do BG». www.blogdobg.com.br. Consultado em 12 de junho de 2020 
  29. «Máscara Negra: contratos tinham valor superfaturado em até 400%, diz MP». Tribuna do Norte. Consultado em 12 de junho de 2020 
  30. PE, Do G1 (28 de maio de 2016). «Ônibus da banda Cavaleiros do Forró é alvo de assalto em Pernambuco». Pernambuco. Consultado em 12 de junho de 2020 
  31. «Enterrado corpo da cantora Eliza Clívia, em Livramento, Paraíbadata=18 de junho de 2017». Consultado em 4 de junho de 2020 

Ligações externasEditar

   Este artigo sobre uma banda ou grupo musical do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.