Abrir menu principal

Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará

Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará
CT
Universidade Universidade Federal do Ceará
Fundação 1973
Nomes anteriores Escola de Engenharia da Universidade do Ceará
Tipo de instituição Unidade acadêmica
Professores 202
Diretor Professor José de Paula Barros Neto
Vice-diretor Professor Marco Aurelio Holanda de Castro
Alunos 4 220[1]
Graduação 3 581
Pós-graduação 639
Localização Fortaleza, CE, – Brasil
Campus Campus do Pici
Campus do Benfica (Departamento de Arquitetura e Urbanismo - DAU)

O Centro de Tecnologia da Universidade Federal do Ceará (CT ou CT-UFC) é a unidade acadêmica da Universidade Federal do Ceará que ministra cursos de engenharia, design e arquitetura e urbanismo na cidade de Fortaleza. Seu pilar foi a criação da Escola de Engenharia da Universidade do Ceará (EEUC), a primeira escola de engenharia do Estado do Ceará, em 1955.

De acordo com o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade), do Ministério da Educação, é um dos melhores centros tecnológicos das universidades brasileiras, sendo o melhor do Norte e Nordeste do Brasil. Além disso, em 2012, as graduações em Arquitetura e Urbanismo e em engenharias elétrica, mecânica e química figuraram entre as melhores do País.[2]

Índice

HistóriaEditar

A Escola de Engenharia da Universidade do Ceará foi criada pela Lei 2.383, de 3 de janeiro de 1955.[3] Sua instalação ocorreu em solenidade realizada durante Assembleia Universitária sediada no Theatro José de Alencar no dia 21 de janeiro de 1956. O primeiro diretor da recém-criada escola foi o Professor Prisco Bezerra, professor e ex-diretor da Escola de Agronomia do Ceará. A direção foi, posteriormente, assumida por Antônio Pinheiro Filho, professor da Escola de Minas de Ouro Preto.[4] Com o retorno de Pinheiro Filho para Ouro Preto, José Lins de Albuquerque se tornou diretor da Unidade.[5]

Mais tarde, em virtude do Decreto 54 370/1964, foi criada a Escola de Arquitetura da Universidade do Ceará.[6] Em 26 de dezembro de 1964, a Escola foi oficialmente instalada pelo então presidente da república Marechal Humberto Castello Branco.[7] Em 1968, com a implantação da Reforma Universitária, a Escola de Arquitetura foi transformada em Faculdade de Artes e Arquitetura, compondo o recém-criado Centro de Humanidades. Além do curso de Arquitetura e Urbanismo, os cursos de Arte Dramática (CAD) e Canto Coral eram parte da unidade.[8]

Com a conclusão da Reforma Universitária, em 1973, a Escola de Engenharia e a parte de Arquitetura da Faculdade de Artes e Arquitetura passaram a integrar o Centro de Tecnologia, sendo substituídas por departamentos e cursos.[9]

DepartamentosEditar

O Centro de Tecnologia da UFC possui onze departamentos responsáveis pelas disciplinas e atividades acadêmicas, em sua maioria e juntamente com os demais departamentos da UFC, em especial aqueles do ciclo básico, oferecidas semestralmente aos seus alunos. São os seguintes:

  • Departamento de Arquitetura e Urbanismo e Design
  • Departamento de Engenharia de Produção
  • Departamento de Engenharia de Teleinformática
  • Departamento de Engenharia de Transportes
  • Departamento de Engenharia Elétrica
  • Departamento de Engenharia Estrutural e Construção Civil
  • Departamento de Engenharia Hidráulica e Ambiental
  • Departamento de Engenharia Mecânica
  • Departamento de Engenharia Metalúrgica e de Materiais
  • Departamento de Engenharia Química
  • Departamento de Integração Acadêmica e Tecnológica

EnsinoEditar

O CT oferece onze cursos de graduação e nove programas de pós-graduação:

GraduaçãoEditar

¹ O aluno ingressará por Vestibular no curso denominado "Engenharia de Energias e Meio Ambiente" e após cursar núcleo básico comum de quatro semestres será direcionado aos cursos específicos.

Pós-GraduaçãoEditar

  • Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil
  • Engenharia Civil: Recursos Hídricos e Saneamento Ambiental
  • Engenharia de Teleinformática
  • Engenharia de Transportes
  • Engenharia e Ciência de Materiais
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Mecânica
  • Engenharia Química
  • Gestão de Recursos Hídricos (Mestrado Profissional)


Referências

  1. «Anuário Estatístico 2013 da UFC (Base 2012)» (PDF) 
  2. «Centro de Tecnologias da UFC entre os melhores do País». O Povo Online. 25 de fevereiro de 2013. Consultado em 08 de setembro de 2014  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  3. «LEI Nº 2.383, DE 3 DE JANEIRO DE 1955» 
  4. [1]
  5. Antônio Martins Filho (1996). História Abreviada da UFC. [S.l.]: Edições UFC. 220 páginas 
  6. «DECRETO Nº 54.370, DE 2 DE OUTUBRO DE 1964.» 
  7. Antônio Martins Filho (1996). História Abreviada da UFC. [S.l.]: Edições UFC. 220 páginas 
  8. «Projeto Político-Pedagógico do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Universidade Federal do Ceará» 
  9. «DECRETO Nº 71.882, DE 2 DE MARÇO DE 1973»