Chancelaria (Alter do Chão)

freguesia do município de Alter do Chão, Portugal

Chancelaria é uma freguesia portuguesa do município de Alter do Chão, com 71,7 km² de área[1] e 382 habitantes (censo de 2021)[2]. A sua densidade populacional é 5,3 hab./km².

Portugal Portugal Chancelaria 
  Freguesia  
Símbolos
Brasão de armas de Chancelaria
Brasão de armas
Gentílico Chancelariense
Localização
Chancelaria está localizado em: Portugal Continental
Chancelaria
Localização de Chancelaria em Portugal
Coordenadas 39° 14' 54" N 7° 49' 07" O
Região Alentejo
Sub-região Alto Alentejo (sub-região)
Província Alto Alentejo
Distrito Portalegre
Município Alter do Chão
Código 120102
Administração
Tipo Junta de freguesia
Características geográficas
Área total 71,7 km²
População total (2011) 448 hab.
Densidade 6,2 hab./km²
Código postal 7440-201
Outras informações
Orago Santo Estêvão

Toponímia editar

Chancelaria surge ainda no tempo em que os romanos ocupavam a Península Ibérica e era então denominada por “Vila Facaia”. Esta nomenclatura foi alterada mais tarde para “Vila Formosa”, talvez devido à formosura dos campos em que se encontrava e sobre os quais edificaram uma majestosa ponte.

No entanto, a sua designação atual surge por alturas da implementação da política agrária de D. Afonso III (reinou entre 1248 e 1279), onde aconteceram as divisões dos terrenos em propriedades livres, designadas por “herdades”, pois eram deixadas em herança de pais para filhos. Estas “herdades” pagavam um imposto, intitulado “chancelaria”.

 
Localização da Freguesia de Chancelaria no município de Alter do Chão

História editar

Foral e constituição administrativa editar

No foral, passado em Lisboa a 1 de julho de 1518, por D. Manuel I consta que:

"Posto que no dito lugar nam aja memória de foral por onde os direitos reais da villa se ouvessem pagar, os lavradores e quaaesquer outros que lavram na dita villa e termo pagam um quarteiro de trigo de quinze alqueires e que ho que ouver de medir o pam sobredito seia pessoa a prazer do senhorio e das partes".

Estipulava-se, seguidamente, os direitos e obrigações dos moradores, bem como as penas e coimas a que estavam sujeitos aqueles que infringissem as leis do concelho. O Concelho de Chancelaria tinha dois juízes ordinários, três vereadores, um procurador, escrivães, porteiros e demais funcionários necessários à sua administração. Tinha também capitão-mor, entidade a quem competia superintender na alçada civil e do crime, bem como comandar uma companhia de ordenanças.

Posto isto, a partir do reinado de D. Fernando (1367 e 1383) a vila passa a ser chamada de “Chancelaria” e os rendimentos fiscais da localidade fazem face às suas despesas, tendo sido doada a D. Nuno Álvares Pereira (1360-1431). Criou-se assim a ligação desta localidade à “Sereníssima Casa de Bragança”, fundada pelo Rei D. João I (1385 e 1433) e pelo condestável D. Nuno Álvares Pereira que acrescentou, por carta de 4 de abril de 1422, rendas e direitos da localidade de Chancelaria, confirmada mais tarde pelo rei D. Duarte (1433 e 1438). A 1 de julho de 1518, D. Manuel I, concede o Foral à vila de Chancelaria.[3]

Demografia editar

Nota: Com lugares desta freguesia foi criada pelo decreto-lei nº 148/76, de 20 de fevereiro, a freguesia de Cunheira.

A população registada nos censos foi:[2]

População da freguesia de Chancelaria[4]
AnoPop.±%
1864 932—    
1878 985+5.7%
1890 1 156+17.4%
1900 1 339+15.8%
1911 1 780+32.9%
1920 2 050+15.2%
1930 2 073+1.1%
1940 2 384+15.0%
1950 2 522+5.8%
1960 2 286−9.4%
1970 1 655−27.6%
1981 796−51.9%
1991 697−12.4%
2001 536−23.1%
2011 448−16.4%
2021 382−14.7%
Distribuição da População por Grupos Etários[5]
Ano 0-14 Anos 15-24 Anos 25-64 Anos > 65 Anos
2001 62 45 220 209
2011 35 35 190 188
2021 40 20 148 174

Educação editar

Referências

  1. «Carta Administrativa Oficial de Portugal CAOP 2013». descarrega ficheiro zip/Excel. IGP Instituto Geográfico Português. Consultado em 10 de dezembro de 2013. Arquivado do original em 9 de dezembro de 2013 
  2. a b Instituto Nacional de Estatística (23 de novembro de 2022). «Censos 2021 - resultados definitivos» 
  3. Silva Carvalho, Alexandre. “Distrito de Portalegre, Concelho de Alter do Chão – suas freguesias rurais…”. 1982, edição comemorativa dos 750 anos do primeiro foral de Alter do Chão
  4. Instituto Nacional de Estatística (Recenseamentos Gerais da População) - https://www.ine.pt/xportal/xmain?xpid=INE&xpgid=ine_publicacoes
  5. INE. «Censos 2011». Consultado em 11 de dezembro de 2022 
  Este artigo sobre freguesias portuguesas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.