Charles Osborne (escritor)

Charles Thomas Osborne (Brisbane, Austrália, 24 de novembro de 192723 de setembro de 2017[1]) foi um jornalista, crítico musical, poeta e novelista australiano, tido como grande autoridade em ópera. Foi editor assistente do The London Magazine entre 1958 e 1966, diretor de literatura do Concelho de Artes da Grã-Bretanha entre 1971 e 1986 e chefe de críticas de teatro do jornal londrino Daily Telegraph de 1986 a 1991. É o único autor a quem a herança de Agatha Christie permite produzir obras adaptadas em seu nome. Pertence à Ordem da Estrela da Solidariedade Italiana pela sua destacada contribuição para as obras de Verdi.

Charles Osborne
Nascimento 24 de novembro de 1927
Brisbane
Morte 23 de setembro de 2017 (89 anos)
Ocupação jornalista, crítico musical, poeta e novelista

Obra parcialEditar

GeralEditar

  • Kafka, 1967
  • Swansong (poesia) 1968
  • The Opera House Album, 1979
  • W. H. Auden: The Life of a Poet, 1980
  • Letter to W. H. Auden and Other Poems, 1984
  • Giving it Away (memórias), 1986
  • Black Coffee (adaptação da obra teatral de Agatha Christie), 1998
  • The Life and Crimes of Agatha Christie, 2000
  • Murder In Three Stages (adaptação da obra teatral de Agatha Christie), 2007
  • Spider's Web (adaptação da obra teatral de Agatha Christie), 2008
  • The Unexpected Guest (adaptação da obra teatral de Agatha Christie), 2008

MúsicaEditar

  • The Complete Operas of Verdi, 1969
  • Wagner and his World, 1977
  • The Complete Operas of Puccini, 1981
  • How to Enjoy Opera, 1982
  • The Dictionary of Opera, 1983
  • The Complete Operas of Wagner, 1990
  • The Complete Operas of Strauss, 1992
  • The Complete Operas of Mozart, 1992
  • The Opera Lover's Companion, 2004

Notas e referências

  1. «Charles Osborne, actor, poet, critic and biographer – obituary» (em inglês). The Daily Telegraph. 13 de outubro de 2017. Consultado em 17 de outubro de 2017 
  • Nota biográfica do editor no livro: The Complete Operas of Wagner (1992), Victor Gollancz Ltd, Londres
  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em castelhano, cujo título é «Charles Osborne (escritor)».

Ligações externasEditar