Cheesesteak

Um cheesesteak (também conhecido como Philadelphia Cheesesteak, Philly Cheesesteak, sanduíche cheesesteak, bife de queijo ou bife com queijo) é um sanduíche feito de pedaços finamente fatiados de bife e queijo derretido em um longo pão Hoagie Roll.[1][2] Sendo um fast food regional popular, a franquia tem suas raízes na cidade americana de Filadélfia, na Pensilvânia.[3]

Cheesesteak
Região Filadélfia, Pennsylvania
Criador(es) Pat & Harry Olivieri
Variações Múltiplas
Receitas: Cheesesteak   Multimédia: Cheesesteak

HistóriaEditar

O Cheesesteak foi desenvolvido no início do século 20 "combinando carne frita, cebola e queijo em um pequeno pedaço de pão", de acordo com um catálogo de exibição de 1987 publicado pela Library Company of Philadelphia e a Historical Society of Pennsylvania.[4]

Pat e Harry Olivieri, da Filadélfia, costumam ser creditados com a invenção do sanduíche, servindo bife picado em um pão italiano no início dos anos 1930.[5][6] A história exata por trás de sua criação é debatida, mas em alguns relatos, Pat e Harry Olivieri originalmente eram donos de uma barraca de cachorro-quente e, em uma ocasião, decidiram fazer um novo sanduíche usando carne picada e cebola grelhada. Enquanto Pat comia o sanduíche, um motorista de táxi parou e se interessou por ele, então ele pediu um para si mesmo. Depois de comê-lo, o taxista sugeriu que Olivieri parasse de fazer cachorro-quente e se concentrasse no novo sanduíche.[7] Eles começaram a vender essa variação de sanduíches de filé em sua barraca de cachorro-quente perto do mercado italiano de South Philadelphia. Eles se tornaram tão populares que Pat abriu seu próprio restaurante, que ainda existe até hoje como o Pat's King of Steaks.[8] O sanduíche foi originalmente preparado sem queijo; Olivieri disse que o queijo provolone foi adicionado pela primeira vez por Joe "Cocky Joe" Lorenza, um gerente da localização da Ridge Avenue.[9]

Os Cheesesteaks se tornaram populares em restaurantes e carrinhos de comida em toda a cidade, com muitos locais sendo empresas familiares de propriedade independente.[10][11] Variações de Cheesesteaks agora são comuns em várias cadeias de fast food.[12] Versões do sanduíche também podem ser encontradas em restaurantes sofisticados.[13] Muitos estabelecimentos fora da Filadélfia referem-se ao sanduíche como "Philly Cheesesteak".[7]

DescriçãoEditar

CarneEditar

A carne tradicionalmente utilizada é cortada em fatias finas de filé de costela (Rib-Eye) ou Lagarto, embora também sejam utilizados outros cortes de carne.[14] Em uma frigideira levemente untada com óleo em temperatura média, as fatias de bife são rapidamente douradas e então misturadas em pedaços menores, com o uso de uma espátula plana. Fatias de queijo são colocadas sobre a carne, deixando-a derreter, e o pão é colocado em cima do queijo. A mistura é então recolhida com uma espátula e comprimida no pão, que é então cortado ao meio. [15]

As adições comuns incluem cebolas salteadas, ketchup, molho picante, sal e pimenta-do-reino.

PãoEditar

Na Filadélfia, os Cheesesteaks são invariavelmente servidos em pães Hoagie Roll. Entre várias marcas de pães, talvez a mais conhecida seja a Amoroso's Baking Company; esses Rolls são longos, macios e ligeiramente salgados.[16] Uma fonte escreveu que "um Cheesesteak adequado consiste em provolone ou queijo processado Cheez Whizz espalhado em um pãozinho Amoroso e recheado com carne grelhada bem raspada",[17] enquanto uma carta de um leitor a uma revista de Indianápolis, lamentando a indisponibilidade de bons Cheesesteaks, escreveu que "a menção do pão da Amoroso trouxe lágrimas aos meus olhos."[18] Depois de comentar nos debates sobre os tipos de queijo e sobre a escolha de "bife picado ou fatiado", a revista Risk and Insurance declarou que "a única coisa em que quase todos concordam é que tudo tem que ser empilhado em um pãozinho Amoroso fresco e assado localmente."[19]

QueijoEditar

 
Um cheesesteak do Pat's King of Steaks com Cheez Whiz e cebolas

Os queijos (ou produtos baseados em queijo) mais utilizados nos Philly Cheesesteaks são o queijo americano, Cheese Whiz da Kraft Foods e provolone.[20]

O queijo branco americano, juntamente com o queijo provolone, são os preferidos pelo seu sabor suave e consistência média. Alguns estabelecimentos derretem o queijo americano para obter a consistência cremosa, enquanto outros colocam fatias sobre a carne, deixando-as derreter levemente com o calor. Craig LaBan, crítico de restaurante do Philadelphia Inquirer, diz que "provolone é para aficionados, ultra caprichados para os mais exigentes entre eles." O dono do Geno, Joey Vento, disse que "sempre recomendamos o provolone. Esse é o verdadeiro queijo."[20]

Cheez Whiz, comercializado pela primeira vez em 1952, ainda não estava disponível para a versão original de 1930, mas cresceu em popularidade.[21] Um artigo de 1986 do New York Times chamou Cheez Whiz de "a condição sine qua non dos conhecedores de sanduíche de queijo".[22] Em uma entrevista de 1985, o sobrinho de Pat Olivieri, Frank Olivieri, disse que usa "a pasta de queijo processada de forma familiar a milhões de pais que prezam a rapidez e a facilidade de preparar o almoço das crianças pelo mesmo motivo: é rápido".[23] Cheez Whizz é "esmagadoramente o favorito" no Pat's, superando o vice-campeão americano em uma proporção de oito ou dez para um, enquanto Geno afirma abrir entre oito e dez caixas de Cheez Whizz por dia.[20]

Em 2003, enquanto concorria à presidência dos Estados Unidos, John Kerry cometeu o que foi considerado uma grande gafe ao fazer campanha na Filadélfia e foi ao Pat's King of Steaks e pediu um Cheesesteak com queijo suíço.[24]

VariaçõesEditar

  • Um Cheesesteak de frango é feito com frango em vez de carne bovina;[25]
  • Um Cheesesteak de cogumelo é um Cheesesteak coberto com cogumelos;[26][27]
  • Um Cheesesteak de pimenta é um Cheesesteak coberto com pimentão verde, cereja apimentada, pimentão longo ou pimentão doce;[14]
  • Um Pizza Steak é um Cheesesteak coberto com molho marinara e queijo mussarela e pode ser torrado em uma grelha;[28]
  • Um Cheesesteak Hoagie contém alface e tomate, além dos ingredientes encontrados no sanduíche de bife tradicional, e pode conter outros elementos geralmente servidos em um pão hoagie em um sanduíche submarino.[29]
  • Um Cheesesteak vegano é um sanduíche que substitui bife e queijo por ingredientes veganos, como seitan ou cogumelos no lugar do bife, e queijo à base de soja.[30][31][32][33]
  • Um Steak Milano é um Cheesesteak que contém tomates grelhados ou fritos e orégano[34]
  • O The Heater é servido nos jogos de beisebol do Philadephia Phillies no Citizens Bank Park, assim chamado por ser uma variação apimentada, uma vez que é coberto com pimenta jalapeño, molho Buffalo e Cheddar Jalapeño.[35][36]

Veja tambémEditar

Referências

  1. Pham, K.; Shen, P.; Phillips, T. (2014). Food Truck Road Trip--A Cookbook: More Than 100 Recipes Collected from the Best Street Food Vendors Coast to Coast. Page Street Publishing. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-62414-087-7 
  2. Fodor's Travel Publications, I.; Jabado, S.C. (2010). Fodor's 2010 Philadelphia & the Pennsylvania Dutch Country. Fodor's Travel Pub. Col: Fodor's Philadelphia and the Pennsylvania Dutch Country. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-4000-0877-3 
  3. Greater Philadelphia Tourism Marketing Corporation (21 November 2008). «Philadelphia – African American Visitor's Guide and its suburbs» (PDF). Cópia arquivada (PDF) em 10 de dezembro de 2006  Verifique data em: |data= (ajuda)
  4. Hines, Mary Anne; Marshall, Gordon; Weaver, William Woys (1987). The Larder Invaded. The Library Company of Philadelphia and the Historical Society of Pennsylvania. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0-914076-70-4 
  5. Andrew F. Smith, ed. (2007). The Oxford Companion to American Food and Drink. Oxford University Press. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0195307962 
  6. Stuhldreher, Katie (30 July 2007). «Rick's Steaks takes Reading Terminal Market dispute to court». philly.com. Consultado em 30 July 2007. Cópia arquivada em 24 January 2008  Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  7. a b Ivory, Karen (2011). Philadelphia Icons: 50 Classic Views of the City of Brotherly Love. Globe Pequot. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0762767656 
  8. Epting, Chris (2009). The Birthplace Book: A Guide to Birth Sites of Famous People, Places, & Things. Stackpole Books. [S.l.: s.n.] ISBN 978-0811740180 
  9. Fiorillo, Victor (15 December 2008). «The Cheesesteak Cometh». Philadelphia Magazine. Consultado em 13 July 2009. Cópia arquivada em 18 de julho de 2010  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  10. Brookes, Karin; et al. (2005). Zoë Ross, ed. Insight Guides: Philadelphia and Surroundings. APA Publications Second (Updated) ed. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-58573-026-1 
  11. Price, Betsy (10 July 2009). «Tour de cheesesteak». The News Journal. Consultado em 12 July 2009. Cópia arquivada em February 9, 2015  Verifique data em: |acessodata=, |arquivodata=, |data= (ajuda)
  12. Hein, Kenneth (22 January 2009). «Domino's, Subway Battle Heats Up». Brandweek. Consultado em 12 July 2009  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  13. Horowitz, Rachel (11 April 2004). «Cheesesteak raises eyebrows and drains wallets». The Daily Pennsylvanian. Consultado em 13 July 2009  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  14. a b «Cheesesteaks 101: The Basics». Original Philly Cheesesteak Co. 
  15. «How To Cook Up A Real Philly Cheesesteak». Original Philly Cheesesteak Co. 
  16. Hodgman, John (May 2002). «Philly Mignon». Men's Journal. Amoroso Baking Company. Consultado em 2 de julho de 2009. Cópia arquivada em 25 de março de 2008  Verifique data em: |data= (ajuda)
  17. Fekete, Jeffery (2009). Making the Big Game. Mill City Press. [S.l.: s.n.] ISBN 978-1-935097-32-7 
  18. Powell, Warren (December 2000). «Beef Eaters». Indianapolis Magazine. p. 17. ISSN 0899-0328  Verifique data em: |data= (ajuda)
  19. Kerr, Michelle (April 2005). «Hungry for a taste of Philly?». Risk and Insurance. 16. p. 20  Verifique data em: |data= (ajuda)
  20. a b c Mucha, Peter. (23 May 2008). «Whiz on a cheesesteak: Hit or myth?». The Philadelphia Inquirer. Consultado em 22 April 2011  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  21. Hevesi, Dennis (9 June 2007). «Edwin Traisman, 91, Dies; Helped Create Iconic Foods». The New York Times. Consultado em 10 November 2008  Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  22. «Cheese Steak: An Original». The New York Times. 21 May 1986. p. C6. Consultado em 1 July 2009  Verifique o valor de |url-access=subscription (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  23. Stevens, William K. (16 November 1985). «About Philadelphia: Where Cheesesteaks are King, One Family Has Assumed the Crown». The New York Times. p. 10. Consultado em 1 July 2009  Verifique o valor de |url-access=subscription (ajuda); Verifique data em: |acessodata=, |data= (ajuda)
  24. «Kerry Eats a Cheesesteak Hoagie With Swiss». Philly.com. Consultado em August 18, 2017  Verifique data em: |acessodata= (ajuda)
  25. «Philly's Famous Cheesesteaks - Clearwater, FL». Philly's Famous Cheesesteaks 
  26. «Dalessandros' Menu». Dalessandro's Steaks and Hoagies - Philadelphia PA 
  27. «Geno's Steaks Menu». Geno's Steaks 
  28. «Sonny's Famous Steaks, Old City, Philadelphia». Sonny's Famous Steaks 
  29. «Authentic Philly Cheesesteaks». Visit Philly 
  30. «Dinner on Deadline: Vegan version of the Philly Cheesesteak». Cópia arquivada em April 13, 2015  Verifique data em: |arquivodata= (ajuda)
  31. «2016 Best Vegan Cheesesteak in Philly contest» 
  32. «Five Philadelphia restaurants serving great vegan cheesesteaks» 
  33. «A guide to vegan cheesesteaks and scrambles in philadelphia» 
  34. «John's Roast Pork Menu». John's Roast Pork 
  35. «Citizens Bank Park Cheesesteaks». MLB Ballpark Guides (em inglês). 13 de janeiro de 2017. Consultado em 25 de fevereiro de 2019 
  36. Flatt, Collin (5 de abril de 2012). «What to Eat at Citizens Bank Park, Home of the Phillies». Eater Philly. Consultado em 25 de fevereiro de 2019 

Links ExternosEditar