Abrir menu principal

Chuck Taylor

basquetebolista estadunidense
Chuck Taylor
Nascimento 24 de junho de 1901
Condado de Brown
Morte 23 de junho de 1969 (67 anos)
Port Charlotte
Cidadania Estados Unidos
Ocupação jogador de basquetebol
Causa da morte ataque cardíaco

Charles Hollis "Chuck" Taylor (Condado de Brown, 24 de junho de 1901Port Charlotte, 23 de junho de 1969)[1] foi um basquetebolista e treinador de basquete estadunidense, membro do Basketball Hall of Fame em 1969 como um contribuinte.

Taylor adotou e fez o tênis mundialmente famoso All Star, feito de lona e borracha e produzidos pela empresa Converse.

BiografiaEditar

Taylor estudou na Columbus High School em Indiana, onde jogou basquete até a formatura em 1918.[1] Mais tarde, deixou a faculdade e jogou em várias equipes profissionais em Detroit e Fort Wayne; tocou no Akron Firestone Non-Skids durante a década de 1920. Durante a Segunda Guerra Mundial, treinou a equipe na base militar da Força Aérea Wright-Patterson.[2]

 
Um par de tênis All Star.

Desde o ensino médio, Taylor costumava usar tênis de jogo da Converse. Apreciou-os a ponto de ir diretamente para a empresa em 1921, para procurar um emprego. Foi contratado com a qualificação de agente de vendas e, a partir de então, dedicou-se quase exclusivamente à divulgação dos tênis All Star, que tinham sido de pouco sucesso até então.[3]

Taylor viajou por todos os Estados Unidos, promovendo o jogo de basquete e o uso dos All Star. Em 1922, teve a intuição de publicar o "Converse Basketball Yearbook", um anuário que reunia fotos dos maiores campeões da época, que usavam tênis Converse. O Converse Basketball Yearbook, publicado até 1983, tornou-se uma das mais aguardadas publicações de basquete, e contribuiu decisivamente para a notoriedade do jogo, promovendo e celebrando o trabalho de jogadores e treinadores americanos.[3]

Em 1932, o nome de Chuck Taylor foi consagrado pela Converse, colocando a assinatura do jogador no All Star, que, portanto, oficialmente se tornou o Chuck Taylor All Star.[2]

Taylor continuou a gastar com a disseminação e o desenvolvimento do basquete em todo o mundo, realizando cursos e seminários ("clínicas") em escolas de ensino médio, faculdades e academias onde o basquete era jogado. Foi para o México, América do Sul, Canadá, Porto Rico, África e Europa.[1]

Tornou-se o seletor All-America, e suas escolhas foram inscritas anualmente no Converse Yearbook.[2]

Em 1969, seu nome tornou-se parte do Basketball Hall of Fame, em reconhecimento aos esforços pioneiros que visam promover e difundir o basquete nos Estados Unidos.[1]

Referências

  1. a b c d Porter
  2. a b c «Who Was Chuck Taylor» (em inglês). Consultado em 18 de agosto de 2019 
  3. a b «Chuck Taylor e le "All Stars" della Converse» (em italiano). Consultado em 18 de agosto de 2019 

BibliografiaEditar

  • David L. Porter (2005). Basketball: a biographical dictionary (em inglês). [S.l.]: Greenwood Publishing Group. p. 468-469. ISBN 978-0-313-30952-6 
  • Aamidor, Abraham (2006). Chuck Taylor, Converse all star: the true story of the man behind the most famous athletic shoe in history. [S.l.]: Indiana University Press. ISBN 978-0-253-34698-8 

Ligações externasEditar