Ciclo da pobreza

Em economia, ciclo da pobreza é "uma série de fatores ou eventos pelos quais a pobreza, uma vez iniciada, permanece até que seja interrompida por uma intervenção externa."[1]

As famílias presas no ciclo da pobreza têm poucos ou nenhum recurso. Com muita retroalimentação da desvantagem torna-se possivelmente impossível para os indivíduos quebrar esse ciclo.[2] Isso ocorre quando as pessoas pobres não têm os recursos necessários para escapar da pobreza, como o capital financeiro e a educação. Indivíduos empobrecidos não têm acesso a recursos econômicos e sociais como resultado de sua pobreza. Essa falta pode aumentar sua pobreza. Isso pode significar que os pobres permanecem pobres ao longo de suas vidas.[2]

Referências

  1. Hutchinson Encyclopedia Arquivado em 23 de março de 2012, no Wayback Machine., Cycle of poverty
  2. a b Marger (2008). Examples of these disadvantages working in a circular process would be: economic decline, low personal income, no funds for school, which leads to lack of education. The lack of education results in unemployment and lastly low national productivity. Social Inequality: Patterns and Processes. McGraw Hill publishing. 4th edition. ISBN 0-07-352815-3


  Este artigo sobre economia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.