Clemente Rogeiro

Clemente Rogeiro ComC (Covilhã, Aldeia do Carvalho, 24 de Outubro de 1921 - Lisboa, 9 de maio de 2010[1]) foi um político e advogado português.

Clemente Rogeiro
Nascimento 1921
Aldeia do Carvalho, Covilhã
Morte 09 de maio de 2010
Lisboa

BiografiaEditar

Filho de José Emílio Rogeiro e de sua mulher Maria Joaquina.

Formado pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Ocupou as posições de secretário-geral dos Serviços Médicos-Sociais, presidente da Emissora Nacional, Diretor-Geral de Informação (1968–1973) e ministro da saúde (1973–1974).[2]

A 8 de Março de 1973 foi feito Comendador da Ordem Militar de Nosso Senhor Jesus Cristo.[3]

Casou com Maria da Conceição Simões Costa, filha de Joaquim Mendes Borges Simões Costa, Militar, e de sua mulher Maria da Conceição Ribeiro da Costa e Silva, da qual teve Nuno de Assis Simões Costa Rogeiro e Clemente Simões Costa Rogeiro, Advogado.

Referências

  1. SIC Notícias 2010.
  2. Antunes 1996, p. 631.
  3. «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Clemente Rogeiro". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 15 de janeiro de 2020 

BibliografiaEditar