Abrir menu principal
Clotário Luís Supico Pinto
Clotário Luís Supico Pinto.
Nascimento 1909
Lisboa
Morte 1986 (77 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação servidor público

Clotário Luís Supico Ribeiro Pinto GOCGCCOB (Lisboa, 1909 — Lisboa, 1986), mais conhecido por Supico Pinto, foi um político ligado à União Nacional e ao Estado Novo, que entre outras funções foi Subsecretário de Estado das Finanças e Ministro da Economia do governo presidido por António de Oliveira Salazar.

Índice

BiografiaEditar

Filho de Liberato Damião Ribeiro Pinto, militar e político da Primeira República Portuguesa, e de sua mulher Maria Augusta Supico, era licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa.

Foi deputado à Assembleia Nacional, Vice-Presidente do Conselho Técnico Corporativo do Comércio e da Indústria (1936-1940) e a 28 de Agosto de 1940 foi nomeado Subsecretário de Estado das Finanças (1940-1944). A 6 de Setembro de 1944 substituiu Rafael Duque no cargo de Ministro da Economia, cargo que exerceu até à remodelação ministerial de 4 de Fevereiro de 1947.

Apesar de ter sido indigitado para o cargo de Ministro dos Negócios Estrangeiros, não voltou ao governo, mas manteve-se muito próximo de Salazar, sendo membro destacado da União Nacional e procurador à Câmara Corporativa durante largos anos. Foi administrador de grandes companhias africanas,

FamíliaEditar

Casou a 4 de Abril de 1945 com Cecília Supico Pinto, a fundadora e presidente do Movimento Nacional Feminino, de quem não teve descendência. Da atriz Maria Lalande teve uma filha natural, Isabel Maria Supico Pinto (Lisboa, 26 de Outubro de 1942), casada civilmente em São Paulo, São Paulo, a 9 de Junho de 1976 com Vasco Maria Vasques da Cunha de Eça da Costa e Almeida, 3.º Visconde de Maiorca, de quem foi segunda mulher, sem geração, e com geração de Francisco Pinto Balsemão.

CondecoraçõesEditar

Referências

  1. a b c «Cidadãos Nacionais Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Clotário Luís Supico Pinto". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 20 de fevereiro de 2015 

Ligações externasEditar