Club Atlético Patronato

O Club Atlético Patronato de la Juventud Católica é um clube de futebol argentino, sediado na cidade de Paraná, província de Entre Ríos. Foi fundado em 1 de fevereiro de 1914. Atualmente, disputa a Primera B nacional.

Patronato
Nome Club Atlético Patronato de la Juventud Católica
Alcunhas El Patrón
El Negro
Rojinegro
El Más Grande de Entre Ríos
Principal rival Atlético Paraná
Gimnasia y Esgrima de Concepcíon
Fundação 1 de fevereiro de 1914 (110 anos)
Estádio Presbítero Bartolomé Grella
Capacidade 22 000 espectadores
Localização Paraná, Entre Ríos, Argentina
Presidente Oscar Lenzi
Treinador(a) Rodolfo de Paoli
Patrocinador(a) Banco de Entre Ríos
Zenit Viajes
Esco
Material (d)esportivo Axfiu
Competição Primera B Nacional

Copa Libertadores da América

Website cpatronato.com.ar
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo

História editar

O Patronato foi fundado pelo Padre Bartolomé Grella, em 1 de fevereiro de 1914, como uma estratégia de atrair pessoas para mais próximo da catequese. O primeiro campo do clube se localizava próximo a Capela de Santa Teresita, na Rua 3 de Fevereiro.[1]

Entre os anos de 1921 e 1969, o Patronato atuava somente por torneios provinciais, como a Liga Paranaense. O clube fez sua estreia em competições oficiais durante a década de 70, quando ingressou no Torneo Regional da AFA.[2]

Seus títulos mais relevantes foram conquistados na década de 2000, quando venceu o Torneo Argentino B, em 2007-2008, e o Torneo Argentino A, em 2009-2010.[3] Tais competições são, respectivamente, módulos da Primera C e da Primera B Metropolitana, correspondentes a quarta e terceira divisão do futebol argentino, a equipe depois seria campeã da Copa Argentina na temporada de 2022.

Em 2015, o Patronato conseguiu o acesso à elite do Campeonato Argentino pela primeira vez em sua história, após vencer o Santamarina de Tondil pela repescagem de promoção da Primera B Nacional.[4][5] O clube Rojinegro acabou sendo rebaixado na temporada 2022 após ter feito pontuações ruins nos últimos três anos.

Símbolos editar

A primeira cor adotada pelo Patronato foi o azul escuro. Em 1920, as primeiras camisas com as cores vermelho e preto passaram a ser utilizadas, em homenagem ao Padre Bartolomé Grella, que era italiano de nascença e torcia para o Milan.

Títulos editar

Nacionais
Competição Títulos Temporadas
  Copa da Argentina 1 2022
  Torneo Argentino A 1 2009-10
  Torneo Argentino B 1 2007-08
Regionais
Competição Títulos Temporadas
  Liga Paranaense de Fútbol 30 1942, 1945, 1950, 1953, 1954, 1955, 1957, 1960, 1965, 1968, 1969, 1972, 1973, 1977, 1984, 1988, 1989, Ap. 1990, Cl. 1991, Ap. 1992, Cl. 1992, Cl. 1993, Ap. 1994,

Cl. 1994, Ap. 1995, Ap. 1998, Cl. 2000, Ap. 2002, Ap. 2007, Cl. 2007.

 
Equipe do Patronato que se sagrou campeã do Torneo Argentino B 2007-08.

Referências

  1. «Noticias de Deportes - LA NACION». Buenos Aires. La Nación (em espanhol). ISSN 0325-0946. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  2. «Un triunfo que se pareció a la obtención de un campeonato - Edición Impresa - Noticias de Deportes | Fixture | Resultados». www.ellitoral.com. Consultado em 17 de agosto de 2021 
  3. «Patronato vivio una noche magica la comarca rojinegra» 
  4. Olé (6 de dezembro de 2015). «¡Patrón de Primera!». www.ole.com.ar (em espanhol). Consultado em 17 de agosto de 2021 
  5. de 2015, 6 de Diciembre. «Por penales, Patronato le ganó a Santamarina y ya está en Primera División». infobae (em espanhol). Consultado em 17 de agosto de 2021 

Ligações externas editar