Cneu Cornélio Dolabela (cônsul em 159 a.C.)

Disambig grey.svg Nota: Não confundir com Cneu Cornélio Dolabela, cônsul em 81 a.C..
Cneu Cornélio Dolabela
Cônsul da República Romana
Consulado 159 a.C.

Cneu Cornélio Dolabela (em latim: Cneus Cornelius Dolabella) foi um político da gente Cornélia da República Romana eleito cônsul em 159 a.C. com Marco Fúlvio Nobilior. Cneu Cornélio Dolabela, cônsul em 81 a.C., era seu neto.

CarreiraEditar

Foi edil curul em 165 a.C. com Sexto Júlio César, ano no qual foi representada pela primeira vez a peça Hecyra, Terêncio, por ocasião dos Jogos Megalenses.[1] Em 162 a.C., foi eleito pretor.[2]

Dolabela foi eleito cônsul em 159 a.C. com Marco Fúlvio Nobilior.[3]

Ver tambémEditar

Cônsul da República Romana
 
Precedido por:
'Marco Cornélio Cetego

com Lúcio Anício Galo

Cneu Cornélio Dolabela
159 a.C.

com Marco Fúlvio Nobilior

Sucedido por:
'Marco Emílio Lépido

com Caio Popílio Lenas II


Referências

  1. Terêncio. «Hecyra» (em latim). Latin.it 
  2. Lívio, Ab Urbe Condita Epit. XLVII
  3. Fastos Capitolinos

BibliografiaEditar

Fontes primáriasEditar

Fontes secundáriasEditar