Abrir menu principal

Colo-Colo vs. Universidad Católica

Colo-Colo vs. Universidad Católica
Garrablanca.jpg
Brava los cruzados.jpg
Colo-Colo 102 vitória(s), 418 gol(s)
Universidad Católica 69 vitória(s), 329 gol(s)
Empates 63
Total de jogos 234
Total de gols 747
editar

Colo-Colo vs. Universidad Católica é um dos três grandes clássicos do futebol chileno. É disputado por dois clubes que já se enfrentaram mais de 200 vezes em caráter oficial, sendo várias delas na Copa Libertadores da América, o que faz deste enfrentamento o mais tradicional entre equipes chilenas em competições continentais. Os dois clubes possuem títulos internacionais oficiais, ganhos ainda na década de 1990.

HistóriaEditar

A história dos confrontos entre Colo-Colo e Universidad Católica remonta ao Campeonato de Apertura de 1938.[1] A Universidad Católica buscava sua aceitação no escalão mais alto do Campeonato Chileno de Futebol e, para tal, devia eliminar o Colo-Colo na primeira fase do torneio que abria a temporada. O resultado da partida foi de 6 a 2 para o quadro albo, devendo a UC esperar até o ano seguinte para ascender à primeira divisão do futebol chileno.

O primeiro enfrentamento por campeonatos nacionais entre Colo-Colo e Universidad Católica foi disputado no dia 20 de maio de 1939,[2] no antigo Estádio dos Carabineiros, para uma assistência de 1.500 pessoas. Nessa tarde, os albos ganharam por 3 a 2, com gols de Enrique Sorrel, Contreras e Tomás Rojas, descontando Mediavilla e Fernando Riera para os cruzados. O árbitro da partida foi Leopoldo González.

 
Equipe do Colo-Colo que ganhou o Campeonato Nacional de 1937.
 
Primeira equipe campeã da Universidad Católica.

A primeira vitória da Universidade Católica ocorreu no quinto duelo do clássico. A partida foi jogada no dia 23 de junho de 1940, no Estádio Nacional, em Ñuñoa, e terminou com o placar de 3 a 2, com gols de Barahona e Bolumburo (2) para o quadro católico, e Alfonso Domínguez (2) para o quadro popular.[3]

No dia 4 de março de 1967 aconteceu o primeiro confronto pela Copa Libertadores. O resultado favoreceu a UC pelo placar de 5 a 2.[4][5] Depois, seguiram-se outros 15 confrontos, o que faz do clássico entre albos e cruzados, o embate mais tradicional entre clubes chilenos em competições continentais.[6]

Finais e confrontos decisivos do clássicoEditar

No total, os dois clubes disputaram três finais do campeonato nacional, nas quais decidiram o torneio de forma direta. A primeira delas foi a do Torneo de Apertura de 1997.[7] Depois de terminarem empatados com 37 pontos, Colo-Colo e Universidad Católica tiveram de jogar um playoff em ida e volta para determinar o campeão daquele torneio. Os cruzados souberam suportar a pressão do Cacique depois da derrota na ida (1-0), no Estádio Monumental, em Macul, e ganhar a partida de volta por 3 a 0, em Ñuñoa.

A segunda final disputada pelos dois clubes foi em 2002, no Torneo de Clausura daquele ano. Na primeira partida o Colo-Colo se impôs, em seu campo, por 2 a 0, deixando a equipe cruzada com a obrigação de ganhar pela diferença de dois gols na volta, no Estádio Nacional. Ainda assim, os albos venceram novamente por 3 a 2.[8]

A final mais recente foi a do Torneo de Clausura do ano de 2009. Na partida de ida, jogada em Macul, Colo-Colo e Católica empataram em dois gols em um vibrante duelo. Na volta, jogada no Estádio Santa Laura, onde a Universidad Católica era mandante naquela final, os albos se impuseram aos cruzados, ganhando por 4 a 2 e logrando conquistar seu 29º campeonato nacional.[9]

A primeira vez que a Universidad Católica conseguiu superar o Colo-Colo numa chave de playoffs de campeonato nacional, sob o novo formato utilizado desde o ano de 2002, foi nas quartas de final do Torneo de Apertura do ano de 2011, eliminando-o com um triunfo por 4 a 2 em Macul, e um empate em 1 gol em Ñuñoa.[10] Nos cinco confrontos anteriores o Cacique havia eliminado a UC, destacando as citadas finais de 2002 e 2009.

Em 16 de outubro de 2011,[11] pela fase regular do Torneo de Clausura, foi jogado o clássico pela terceira vez em sua história no Estádio San Carlos de Apoquindo, de propriedade da UC, com presença muito reduzida de torcedores colo-colinos (por questões de segurança). Em campo, a UC goleou por 4 a 0 o rival, o que se configurou a maior vitória cruzada sobre os albos no histórico de partidas oficiais. A maior goleada do clássico segue sendo um 7 a 1 que o Colo-Colo impôs à UC, na segunda rodada do campeonato nacional de 1943.[12]

Estatísticas do clássicoEditar

Atualizado em 17 de março de 2019.[13][14][15]

Competição PJ Vits CC E Vits UC Gols CC Gols UC
Campeonato Chileno de Futebol 167 76 44 47 303 233
Torneo Metropolitano 6 2 1 3 12 11
Liguilla Pre-Libertadores 3 0 1 2 4 6
Subtotal do Campeonato Chileno 176 78 46 52 319 250
Copa Chile 38 15 11 12 60 50
Supercopa do Chile 1 1 0 0 4 1
Liguilla Pre-Sudamericana 2 1 1 0 4 3
Campeonato de Apertura 1 1 0 0 6 2
Subtotal de torneios nacionais 42 17 12 12 74 56
Copa Libertadores da América 16 6 5 5 25 23
Subtotal de copas internacionais 16 6 5 5 25 23
Total oficial 234 102 63 69 418 329
PJ: partidas jogadas
Vits CC: vitórias do Colo-Colo
Vits UC: vitórias da Universidad Católica
E: empates
Gols CC: gols do Colo-Colo
Gols UC: gols da Universidad Católica

Últimas 10 partidas oficiaisEditar

Temporada Mandante Visitante Data Resultado
Torneo de Clausura 2015/16 Colo-Colo Universidad Católica 06.03.2011 3:0
Torneo de Apertura 2016/17 Universidad Católica Colo-Colo 06.11.2016 2:2
Copa Chile 2016 Universidad Católica Colo-Colo 23.11.2016 0:1
Copa Chile 2016 Colo-Colo Universidad Católica 30.11.2016 2:0
Torneo de Clausura 2016/17 Colo-Colo Universidad Católica 04.03.2017 2:0
Supercopa do Chile de 2017 Universidad Católica Colo-Colo 23.07.2017 1:4
Torneo de Transición 2017 Universidad Católica Colo-Colo 01.10.2017 0:1
Campeonato Chileno de 2018 Colo-Colo Universidad Católica 31.03.2018 1:0
Campeonato Chileno de 2018 Universidad Católica Colo-Colo 30.09.2018 1:0
Campeonato Chileno de 2019 Colo-Colo Universidad Católica 17.03.2019 2:3

Confrontos decisivos sob o formato de playoffsEditar

Vencedor Competição Fase
Colo-Colo Clausura 2002 Final
Colo-Colo Apertura 2003 Quartas de final
Colo-Colo Clausura 2003 Quartas de final
Colo-Colo Apertura 2008 Quartas de final
Colo-Colo Clausura 2009 Final
Universidad Católica Apertura 2011 Quartas de final

Partidas disputadas, por estádioEditar

Atualizado em 17 de março de 2019.[16][17]

Estádio PJ Vits CC E Vits UC Gols CC Gols UC Anos
Estádio dos Carabineiros 7 4 2 1 25 11 1939-1943
Estádio Militar 1 1 0 0 3 1 1942
Estádio Independência 7 2 2 3 14 15 1945-1950
Estádio Santa Laura 11 5 2 4 20 14 1961-
Estadio Nacional 103 49 27 27 190 144 1939-
Estadio Monumental 37 13 12 12 55 49 1990-
Estádio San Carlos de Apoquindo 10 4 1 5 12 16 1997-
Total no Campeonato Chileno 176 78 46 52 319 250 1939-

Incluídas apenas partidas pelo Campeonato Chileno.

Recordes de jogadoresEditar

Maiores artilheirosEditar

Jogador Equipe Gols
Francisco Valdés Colo-Colo 17
Carlos Caszely Colo-Colo 13
Manuel Muñoz Colo-Colo 11
Milovan Mirosevic Universidad Católica 10

Os que mais jogaram o clássicoEditar

Jogador Equipe Presenças
Sergio Livingstone U. Católica 32
Misael Escuti Colo-Colo 30

Consideradas somente partidas por edições do campeonato da primeira divisão.[18]

Futebolistas que jogaram pelos dois clubesEditar

Técnicos que comandaram os dois clubesEditar

Ver tambémEditar

Referências