Companhia City

A Companhia City é a empresa fundada em 1912 com o nome de "City of São Paulo Improvements and Freehold Land Company Limited" que participou ativamente do processo urbanístico da cidade de São Paulo.[1]

HistóriaEditar

Fundada em 1912 com o nome de "City of São Paulo Improvements and Freehold Land Company Limited", a Companhia City, como ficou conhecida, urbanizou vários bairros importantes de São Paulo, como o Jardim América, Anhangabaú, City Butantã, Alto da Lapa, Planalto Paulista, Alto de Pinheiros e Pacaembu. Além disso projetaram o loteamento City Bussocaba, na cidade de Osasco. Os urbanistas ingleses Barry Parker e Raymond Unwin foram contratados para o projeto de um bairro

que ficaria conhecido como Jardim América. Previamente a isso a Cia. City havia adquirido duas áreas que totalizavam aproximadamente 960.000 m² e localizadas na antiga Chácara Bela Veneza e na Freguesia da Consolação que eram áreas inóspitas e inundadas em boa parte do ano por estarem situadas na várzea do Rio Pinheiros. A partir da década de 1970 retomou suas atividades de urbanização iniciando por cidades do Estado de São Paulo implantando os loteamentos Nova Piracicaba na cidade de Piracicaba , Parque do Martim Cererê na cidade de São José dos Campos , Campos Elisios na cidade de Taubaté , City Ribeirão na cidade de Ribeirão Preto , City Barretos na cidade de Barretos , City Figueiras na cidade de Blumenau em Santa Catarina e retornando a cidade de São Paulo na década de 1980 implantando os loteamentos Parque das Nações Unidas , City América I , City América II e Jardim dos Pinheiros todos na zona norte da capital de São Paulo . Todos estes projetos e sua implantação tiveram as autorias dos Engenheiros Victor Malamud , João Pereira de Castro , Kerginaldo da Siva e Pedro Ernesto Francisco Py . Todos trabalhando com a mesma filosofia que deu origem a esta empresa e que a tornou a referencia de urbanização na cidade e estado de São Paulo e em alguns outros estados .

Referências

Ligações externasEditar