Abrir menu principal
Conde Reis
Nascimento 10 de maio de 1940
Olhão
Morte 17 de junho de 2009 (69 anos)
Cidadania Portugal
Ocupação arquiteto

José Joaquim Conde Reis (Olhão, 10 de Maio de 1940Lisboa, 17 de Junho de 2009), mais conhecido como Conde Reis, foi um arquitecto e cenógrafo português.

BiografiaEditar

Filho de Francisco Silva Reis, capitão do Exército Português, e de Maria Alice Conde Reis, pintora, passou em Lagos maior parte da sua juventude. Devido à Guerra do Ultramar sai de Portugal rumo à Bélgica aos 18 anos, onde formou-se em arquitectura, trabalhou durante vários anos, casou-se e teve dois filhos.

A quando a sua vivência na Bélgica trabalhou em vários ateliês assim como para a UE na reconstrução/preservação e monitorização de edifícios históricos da União Europeia.

Na década de 1970 volta para Portugal para recuperar um negócio de família: a Fábrica Mastica, que devido a possessões populares em breve a perdeu. Quando na sua permanência na Mastica desenvolve métodos de aplicação de betão celular e outras técnicas de construção por moldes para a sua utilização numa produção de materiais de construção a baixo custo.

Foi também já em Portugal que começou a trabalhar para a RTP como cenógrafo, mais tarde ocupando o cargo de Director do Departamento de Artes Visuais (DAV) da RTP. Na década de 1990 sai da RTP e mais tarde faz cenários para a SIC e posteriormente para a TVI. Foi também com a viragem do milénio à porta que se decide casar novamente.

Executa projectos para a televisão e outros espectáculos em Portugal (TVI, Museu de Ciências da Universidade de Lisboa) e Angola.

Durante a última década da sua vida Conde Reis voltou a casar-se, e mudou de emprego.

TelevisãoEditar

Trabalhou para a RTP, onde trabalhou como cenógrafo e participou na elaboração ou concepção dos cenários para séries televisivas e/ou concursos, tais como:

TeatroEditar

  • Fez projectos de cenografia para a peça A Maldição do Marialva (1990).[4]

EventosEditar

  • Executou projectos para vários eventos alegóricos, como "O Carnaval de Loulé".

ExposiçõesEditar

  • Projectou várias exposições realizadas pelo Museu de Ciências da Universidade de Lisboa.
  • Exposição sobre astronomia intitulada: Medir os Céus para Dominar a Terra.
  • Exposição sobre Nery Delgado (1835-1908), "Geólogo do Reino".

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.