Abrir menu principal
Brasão de armas do conde de Chester: Azure, ou três trajes (feixes de trigo)

O condado de Chester, ou, na sua forma portuguesa, de Céstria, foi um dos condados mais poderosos da Inglaterra medieval. Desde 1301 o título tem sido geralmente concedido aos herdeiros aparente ao trono Inglês, e do final do século XIV foi dado apenas em conjunto com o do príncipe de Gales.

Listas dos Condes de ChesterEditar

Primeira geração (1067-1070)Editar

Segunda geração (1071)Editar

Os Condes/Senhores de Chester foram:[1][2]

(As datas acima são aproximadas)

Terceira geração (1254)Editar

Quarta geração (1264)Editar

(Não há nenhuma evidência de que Afonso, filho mais velho de Eduardo I, foi criado conde de Chester, embora ele foi denominado como tal)

Quinta geração (1301)Editar

Sexta geração (1312)Editar

Depois disso, o Condado de Chester foi criado em conjunto com o Principado de Gales. Veja Príncipe de Gales para mais condes de Chester.

Referências

  1. Barry W. Cunliffe (2001). The Penguin atlas of British & Irish history (em inglês). [S.l.]: Penguin. p. 72. ISBN 978-0-14-100915-5. Consultado em 27 de outubro de 2012 
  2. Encyclopaedia Britannica (1995). The New Encyclopaedia Britannica: Micropaedia (em inglês). [S.l.: s.n.] p. 180. ISBN 978-0-85229-605-9. Consultado em 27 de outubro de 2012 

Leitura adicionalEditar

Harris BE (1979). CR Elrington, ed. The Victoria County History of Chester (em inglês). II. Londres: University of London Institute of Historical Research. pp. 1–97 

  Este artigo sobre títulos de nobreza é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.