Abrir menu principal
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
"A Donzela", uma das crianças de Llullaillaco

As Crianças de Llullaillaco, chamadas ainda de múmias de Llullaillaco, são um achado arqueológico de 1999, desenterrado no topo do vulcão Llullaillaco, nos Andes, a 6.739 metros de altitude.[1] Tal achado consiste nos cadáveres bem conservados de três crianças, bem como cerca de 150 objetos que foram deixados juntamente com os corpos. Atualmente estão expostas no Museu de Arqueologia de Alta Montanha, na cidade de Salta, cerca de 1.510 quilômetros a noroeste de Buenos Aires. Elas foram achadas enterradas próximo ao cume da montanha[2] na qual fazia em torno de 20°graus abaixo de 0°.

Ligações externasEditar

O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Crianças de Llullaillaco
  Este artigo sobre arqueologia ou arqueólogos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Museu argentino exibe múmias de crianças incas sacrificadas
  2. AltaMontanha.com. «Antes dos Primeiros: O montanhismo dos Incas - AltaMontanha.com -». AltaMontanha.com - Portal de Montanhismo, Escalada e Aventuras. Consultado em 19 de março de 2017