Abrir menu principal
Tiradentes
O Cruzador Tiradentes no porto de Nova York, abril de 1893.
Carreira   Bandeira da marinha que serviu
Operador Marinha do Brasil
Fabricante Sir W G Armstrong Whitworth & Co Ltd
Homônimo Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes
Batimento de quilha junho de 1891
Lançamento 26 de maio de 1892
Comissionamento 1893
Descomissionamento 1919
Comandante(s) José Nunes Belfor Guimarães e outros
Fatalidade Naufragou em 5 de julho de 1925
Estado Retirado em 1919
Características gerais
Tipo de navio Cruzador
Classe Torpedeiro
Deslocamento 705 t (1 550 000 lb)
Comprimento 50,23 m (165 ft)
Boca 9,15 m (30,0 ft)
Pontal 3,36 m (11,0 ft)
Calado 2,2 m (7,22 ft)
Propulsão máquina à vapor de tríplice expansão
1,200 hp (0,895 kW)
Velocidade 12 nós (22,22 km/h)
Armamento 4 canhões Armstrong de 120 mm (4,7 in)
3 canhões de 57 mm (2,2 in)
4 metralhadoras de 8 mm (0,31 in)
2 tubos lança-torpedos de 450 mm (18 in)
Tripulação 110 homens e oficiais

O Cruzador Tiradentes foi um navio de guerra que serviu a Marinha do Brasil entre os anos 1893 e 1919. Teve participação na Revolta da Armada.

HistóriaEditar

O Cruzador foi construído no estaleiro Armstrong de Elswick em Newcastle upon Tyne, Inglaterra. Foi lançado ao mar no ano de 1892. O Tiradentes foi o único navio a ostentar este nome na marinha brasileira. Participou da Revolta da Armada sendo um dos que atacaram o Encouraçado Aquidabã na ocasião. Também participou ativamente da questão do Cunani entre 1899 e 1900. Até 1916 se manteve em atividade regular quando neste ano foi transformado em Aviso Hidrográfico, até 1917 quando foi rearmado como Cruzador em virtude do Aviso n.º 2067, de 30 de maio, sendo incorporado à Divisão Naval do Norte, então comandada pelo Contra-Almirante João Carlos Mourão dos Santos.[1]

O Cruzador Tiradentes teve sua baixa registrada em 1919. No dia 5 de julho de 1925 naufragou na praia de Ipanema em São Francisco do Sul, Santa Catarina.[1]

Referências

  1. a b Redação (5 de agosto de 1925). «Naufrágio Tiradentes». Brasil Mergulho. Consultado em 16 de outubro de 2018 


  Este artigo sobre tópicos navais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.