Dâmaris (Bíblia)

Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Damáris (desambiguação) ‎.

Dâmaris ou Dámaris (do grego Δάμαρις, transl. Dámaris) é uma mulher mencionada no Novo Testamento que vivia em Atenas por volta de 55. De acordo com os Atos dos Apóstolos (Atos 17:34), Dâmaris abraçou o cristianismo depois do discurso de Paulo no Areópago. É provável que ela tenha tido um alto status, pois somente assim uma mulher conseguiria ter acesso ao local naquela época. E pode ser este também o motivo de seu nome ter sido preservado[1]. É provável ainda que ela tenha sido estrangeira, pois as atenienses dificilmente estariam presentes no Areópago[2][3].

Santa Dâmaris
Nascimento  
século I
Morte Atenas 
século I
Veneração por Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 3 de outubro (calendário juliano)
Gloriole.svg Portal dos Santos

O calendário da Igreja Ortodoxa lembra Dâmaris como assistente de Dionísio, o Areopagita, que, segundo a tradição, foi o primeiro bispo de Atenas[4].

EtimologiaEditar

Não existe consenso sobre o significado de seu nome. Aparentemente trata-se de uma helenização do nome celta "Damara", a deusa da fertilidade da mitologia celta. Com as subsequentes invasões gaulesas na Ásia Menor e o assentamento de muitas tribos celtas na Galácia, a mistura entre as culturas grega e celta pode ter dado origem a um nome greco-celta como "Dâmaris". Esse tipo de mistura era bastante comum na cultura helenística criada por Alexandre, o Grande e seus sucessores. Seguindo este mesmo padrão, Ártemis, a grande deusa de Éfeso, já havia sido antes assimilada a uma antiga deusa local de fertilidade[5].

Os que defendem a origem puramente helênica do nome consideram que "Dámaris" seja uma derivação do grego δάμαρ, transl. damar: esposa; outros afirmam que seria a forma helenística "moderna" (ou uma contração) do nome clássico Δαμαρέτη, transl. Damarete, a filha de Terão de Acragas que desposou Gelão I de Siracusa.[6] Outros acreditam que a origem do nome seria a palavra "damalis", que, em grego, significa "uma novilha"[7].

Porém, todos concordam que a raiz raiz indo-europeia do nome vem da palavra "dompt"[8], que significa "dominante", sugerindo que Dâmaris signifique "mulher dominante"[9].

VeneraçãoEditar

Na Igreja Ortodoxa Grega, Santa Dâmaris é celebrada em 3 de outubro com São Dionísio e dois outros discípulos, também mártires[4] (3 de outubro no calendário juliano corresponde a 16 de outubro no gregoriano, utilizando no ocidente).

Referências

  1. "Seventh-Day Adventist Bible Dictionary", Review and Herald Publ.Assn, 1979
  2. Acts (Baker Exegetical Commentary on the New Testament) Darrell L. Bock - 2007, citando Witherington 1998: 533
  3. Mark W. Hamilton, Thomas H. Olbricht, Jeffrey Peterson (eds.), Renewing Tradition: Studies in Texts and Contexts in Honor of James W. Thompson (2006), 208s.
  4. a b Church of Greece
  5. P.Grimal, "Dictionaire de la Mythologie Grecque et Romaine", Presses Universitaires de France, Paris, 1979
  6. The World of Damarete
  7. "Seventh-day Adventist Bible Commentary", Vol.VI, Review and Herald Publ. Assn., 1988
  8. G.Mpampiniotis, Lexikon tis Neas Ellinikis Glossas me scholia gia ti sosti chrisi ton lexeon, Kentro Lexikologias E.P.E., Athens 1998
  9. R.Graves, The Greek Myths. Vol. II, Alianza Editorial (Madrid), 1985