Abrir menu principal

Dargah

santuário islâmico construído por cima do túmulo de uma figura religiosa, geralmente sufi
Disambig grey.svg Nota: Para a aldeia iraniana, veja Dargah (Astaneh-ye Ashrafiyeh).
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o. Mais informações podem ser encontradas no artigo «Dargah» na Wikipédia em inglês e também na página de discussão.

Dargah (em persa: ou درگه, nome também usado em urdu) ou dergah é um santuário muçulmano construído por cima do túmulo de uma figura religiosa reverenciada, geralmente um santo sufi ou um dervixe. Os muçulmanos podem visitar o santuário para ziyarat, um termo associado a visitas religiosas que noutras religiões seriam chamadas peregrinações (para os muçulmanos a designação "peregrinação" só se aplica ao Hajj, a pregrinação a Meca).[carece de fontes?]

Os dergahs estão frequentemente associadas a salas de reunião e albergues sufis, chamados khanqah ou tekke, e geralmente incluem uma mesquita, salas de reunião, escolas religiosas islâmicas (madraças), residências para um professor ou zelador, hospitais e outras estruturas com uso comunitário.[carece de fontes?]

Para muitos muçulmanos, a construção de edifícios sobre túmulos para serem usados como locais de culto não está de acordo com os preceitos islâmicos, por atribuir qualidades de alguma forma divinas a figuras que não Deus, o que é considerado Shirk (idolatria ou politeísmo), apesar da visita de túmulos ser encorajada.[1] Segundo algumas seitas muçulmanas, Maomé proibiu a prática de converter túmulos em locais de culto,[2][3][4] mas encorajou a visita de túmulos para lembrar a vida depois da morte.[5]

Ver tambémEditar

Notas e referênciasEditar

  • Este artigo foi inicialmente traduzido do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Dargah», especificamente desta versão.
  1. «Building Mosques or Placing Lights on Graves» (PDF) (em inglês). Muslim Home Education Network Australia. www.muslimhomeschool.net. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  2. «Sunan an-Nasa'i 2046. 21-The Book of Funerals. (106) Chapter: Taking Graves as Masjids» (em inglês). The Hadith of the Prophet Muhammad () at your fingertips. sunnah.com. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  3. «Sunan an-Nasa'i 2047. 21-The Book of Funerals. (106) Chapter: Taking Graves as Masjids» (em inglês). The Hadith of the Prophet Muhammad () at your fingertips. sunnah.com. Consultado em 15 de agosto de 2016 
  4. Siddiqui, Abdul Hamid (1973), «Book 004, Number 1083», Sahih Muslim, ISBN 9781471621062 (em inglês), Peace Vision, p. 428, consultado em 15 de agosto de 2016 
  5. «Sunan an-Nasa'i 916. 11-Prayer - Funerals» (em inglês). The Hadith of the Prophet Muhammad () at your fingertips. sunnah.com. Consultado em 15 de agosto de 2016 
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Dargah
  Este artigo sobre o Islamismo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
  Este artigo sobre arquitetura é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.