Abrir menu principal

De Tomaso Mangusta

De Tomaso Mangusta
De Tomaso Mangusta Grupo 4 GT
Visão Geral
Produção 1967-1971
Fabricante De Tomaso
Modelo
Classe Esportivo
Carroceria coupé 2 portas
Designer Giorgetto Giugiaro
Ficha técnica
Motor V8 4.7L 16v OHV
Potência 309 cv (230 kW) @ 6200 rpm
Torque 54,1 kgf-m (530 Nm) @ 3500 rpm
Transmissão 5 velocidades manual ZF
Layout Motor central-traseiro, tração traseira
Modelos relacionados Lamborghini Miura
Ferrari 275
Dimensões
Comprimento 4 275 mm (170 in)
Entre-eixos 2 500 mm (98 in)
Largura 1 834 mm (72 in)
Altura 1 100 mm (43 in)
Altura livre do solo 120 mm (4,7 in)
Peso 1 322 kg (2 900 lb)
Tanque 90 l (24 US-gal)
Velocidade Máx. 249 km/h (150 mph)
Cronologia
De Tomaso Vallelunga
De Tomaso Pantera
Notas
400 produzidos[1]

O Mangusta é um modelo esportivo da De Tomaso, antecessor do modelo De Tomaso Pantera. Desenhado por Giugiaro e produzidas apenas 400 unidades, era um forte concorrente para o Lamborghini Miura, sofrendo inclusive do mesmo problema crônico do seu concorrente: uma má distribuição de peso que comprometia o comportamento dinâmico (68% do peso sobre o eixo traseiro).

HistóriaEditar

O Mangusta foi lançado em 1967 para substituir o vallelunga. O nome mangusta vem de mangusto que é um predador natural de cobras venenosas, esse nome não foi escolhido por acaso, era uma provocação a Ford mais especificamente ao Shelby Cobra, já que o único animal temido pela naja é o mangusto.[2]

A construção do modelo ficava à cargo da Carrozzeria Ghia[2], o veiculo em sua essência era simples porém possuía alguns itens de conforto, como bancos em couro, painel completo, opções de ar-condicionado e controle elétrico dos vidros, em contra partida não havia sequer regulagens dos bancos.

O RenascimentoEditar

O nome Mangusta foi revivido no inicio da década de 2000 quando o conceito De Tomaso Biguá chegou em sua versão final de produção sob a nome de Qvale Mangusta. Após disputas jurídicas entre a De Tomaso e a Qvale, o Qvale Mangusta foi vendido em uma quantidade limitada.

GaleriaEditar

Referências

  1. «1967 De Tomaso Mangusta». carfolio.com. Consultado em 2 de janeiro de 2017 
  2. a b Fabrício Samahá (8 de janeiro, 2002). «Mangusta: supercarro italiano com mecânica americana». Best Cars Web Site  Verifique data em: |data= (ajuda)
 
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre De Tomaso Mangusta
  Este artigo sobre automóveis é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.