Abrir menu principal

O "Desafio da Momo" ou "Desafio Momo" (em inglês, Momo Challenge) é um boato,[1] ou uma lenda urbana, sobre um desafio espalhado nas redes sociais e mensagens instantâneas,[2][3] sobre o aparecimento de uma boneca durante vídeos infantis e,[4] também sobre um usuário chamado "Momo" (inspirado na escultura Mãe Pássaro) que incentivaria crianças e adolescentes a realizar tarefas perigosas, que incluíam ataques violentos e suicídio.[5][6][7]

Apesar de em 2019 ter-se afirmado que o fenômeno havia atingido proporções mundiais em julho de 2018, o número de queixas reais era relativamente pequeno e nenhuma agência policial confirmou que alguém tenha sido diretamente afetado.[8][9][10][11] A conscientização do suposto desafio aumentou em fevereiro de 2019, após a Polícia da Irlanda do Norte publicar uma advertência pública no Facebook e a personalidade americana Kim Kardashian posta no Instagram um story pedindo que o YouTube removesse os vídeos que apareciam a Momo.[12][13]

As autoridades brasileiras não confirmaram nenhum caso ligado a este desafio. Em julho de 2018, a organização nacional SaferNet foi abordada por pais preocupados e, advertiu que este é apenas um dos vários esquemas para extorquir dinheiro e informações das pessoais.[14] Em março de 2019, houve um ressurgimento do fenômeno no Brasil; alegava-se que o desafio aparecia na plataforma YouTube Kids, embora não haja indício da existência do vídeo original.[15][16]

Índice

Contexto e reaçãoEditar

O Desafio da Momo ganhou atenção pública em julho de 2018, quando foi notado por um youtuber, ReignBot.[17] Tendo adolescentes como público-alvo, pessoas que se apresentam como "Momo" em mensagens do WhatsApp tentam convencer estes a contatá-las através do celular, semelhante a outros "desafios" da Internet, como o da Baleia Azul, onde os jogadores são instruídos a realizar uma sequência de tarefas, e a recusa em executá-las era respondida com ameaças. As mensagens são acompanhadas por imagens assustadoras ou sangrentas.[8][9][10][18]

Embora as autoridades não tenham confirmado nenhum dano físico causado diretamente por este "desafio", forças policiais e administrações escolares em vários continentes emitiram alertas sobre o Desafio da Momo e reforçaram conselhos comuns sobre segurança na Internet. O WhatsApp está incentivando seus usuários a bloquear números de telefone envolvidos nessa prática e relatá-los à companhia.[8][9][19]

Ao comentar sobre os numerosos rumores de suicídio relacionados ao Desafio da Momo, especialistas em segurança na web e folcloristas que estudam lendas urbanas afirmaram que o fenômeno é provavelmente um caso de pânico moral: uma farsa sensacionalista alimentada por relatos sem verificação na mídia.[20][21] Benjamin Radford diz que "o Jogo da Baleia Azul e o Desafio da Momo têm todas as características de um pânico moral clássico",[22] "alimentado pelo medo dos pais em querer saber o que seus filhos estão fazendo. Há um medo inerente em relação a o que os jovens estão fazendo com tecnologia".[12][11] Em setembro de 2018, a maioria dos números de telefone associados a "Momo" estavam fora de serviço.[23][24][25][26] O fundador do site de verificação de fatos Snopes, David Mikkelson, duvida que alguém tenha sido prejudicado e disse que a coisa toda "deve ser principalmente resultado de valentões e pregadores de peças se aproveitando de um mecanismo conveniente para incitar e atormentar jovens vulneráveis, e não uma parte intrínseca de um desafio específico nas redes sociais".[7]


Repercussão no mundoEditar

ArgentinaEditar

Apesar de vários relatos da mídia estabelecerem provisoriamente uma relação entre o Desafio da Momo e o suicídio de uma menina de 12 anos de Ingeniero Maschwitz, nenhuma ligação confirmada pelas autoridades.[8][10][18][27]

CanadáEditar

Na província de Quebec, as forças policiais locais de Longueuil, Sherbrooke e Gatineau indicaram que pessoas em sua jurisdição foram abordadas para participar do Desafio da Momo, mas não relataram nenhuma vítima. Eles pedem que as pessoas não usem o número de telefone fornecido nas mensagens do WhatsApp e que enviem imagens de captura de tela do telefone para as autoridades policiais. A Real Polícia Montada do Canadá e outras forças policiais afirmam estar monitorando a disseminação do fenômeno, mas não puderam confirmar nenhuma vítima real.[28][29][30]

ColômbiaEditar

A polícia não confirmou notícias relacionando a morte de dois jovens em Barbosa ao Desafio Momo no início de setembro.[31]

EuropaEditar

Na França, um grupo do Departamento de Estado estava revisando a situação diariamente no final de julho de 2018.[32] Uma queixa foi apresentada em novembro por um pai cujo filho cometeu suicídio.[33]

Na Alemanha, a polícia só teve conhecimento de menções feitas em correntes. Eles estão pedindo à população que aja com prudência quando se deparar com esse tipo de contato pelo celular.[34]

A polícia luxemburguesa confirmou um caso no seu território, mas nenhum dano foi causado.[35]

Na Bélgica, o Ministério Público belga informou em 6 de novembro de 2018 que um menino de 13 anos havia sido vítima do Desafio Momo e se enforcou.[36][carece de fonte melhor]

A Polícia Nacional da Espanha alertou as pessoas para que ficassem longe de novos pedidos de "desafio" que surgem no WhatsApp, indicando que o fenômeno Momo estava em moda entre os adolescentes.[14]

No Reino Unido, a rede ITV abordou o assunto no programa diurno This Morning. Nicola Harteveld, onde a psicóloga clínica Anna Colton apelaram para que não se procurasse por Momo na internet e a manterem-se informadas sobre a atividade de crianças pequena on-line. Alguns administradores escolares divulgaram alertas sobre o fenômeno.[19] Relatos sobre o suposto desafio e conscientização sobre ele aumentaram em fevereiro de 2019 depois que a Polícia da Irlanda do Norte emitiu uma advertência pública.[12] Respondendo à cobertura do assunto por tablóides, o NSPCC, os Samaritans e o UK Safer Internet Centre emitiram declarações de que o Desafio da Momo é um boato.[37][2] O pai que alertou a imprensa sobre o desafio disse posteriormente que seu filho não havia recebido mensagens de "Momo", mas apenas ouviu isso em uma conversa no pátio da escola.[7]

ÍndiaEditar

Em 29 de agosto de 2018, o Departamento de Investigação Criminal (CID) de Bengala Ocidental indicou que as alegações relatadas na mídia sobre a morte de dois adolescentes vinculados ao Desafio Momo eram "improváveis e desprovidas de qualquer evidência". O CID acredita que a maior parte do grande volume de convites do Desafio Momo na Índia se origina localmente como brincadeiras enviadas para espalhar o pânico. Um porta-voz do CID afirmou que "até agora, o jogo não fez nenhuma vítima, nem ninguém nos disse que tivesse jogado nem o primeiro nível".[17]

A declaração do CID segue semanas de cobertura de notícias sobre casos não confirmados. Depois de ser alertada por um jovem que recebeu um convite do Desafio Momo, a polícia de Bengala Ocidental emitiu um alerta e a unidade de cibercrime abriu uma investigação. A polícia de Mumbai já havia começado a alertar a população, embora nenhuma queixa tenha sido apresentada.[38][39][40][41] A polícia não confirmou o Desafio Momo tenha tido qualquer papel na morte de uma garota do 10º ano que cometeu suicídio depois de deixar uma nota expressando desânimo com notas baixas ou o suicídio de um estudante de engenharia em Chennai.[42][43][44]

A Polícia de Odisha, ao emitir um comunicado, está pedindo à mídia que não publique relatos não confirmados ligando a morte de adolescentes ao Desafio da Momo.[45]

MéxicoEditar

As autoridades mexicanas que investigam crimes na Internet distribuíram informações detalhadas aos pais sobre os métodos do esquema. Eles suspeitam que ele se espalhou através de um grupo no Facebook frequentado por jovens. Eles alertaram que os que forem pegos no esquema correm risco de automutilação, hacking e extorsão.[10][8]

PaquistãoEditar

O ministro de Tecnologia da Informação do Paquistão anunciou que o governo pretende criar leis tornando crime a distribuição do Desafio da Momo e do Jogo da Baleia Azul.[46][47]

FilipinasEditar

As autoridades policiais emitiram avisos aos pais para ficarem atentos à atividade online de seus filhos depois que um menino de 11 anos morreu de aparente suicídio por overdose de drogas em 11 de janeiro de 2019, ligando o incidente ao desafio viral, embora nenhuma confirmação oficial de relação direta tenha sido estabelecida pelas autoridades.[48][49]

Após os relatos, Raffy Tulfo e outros YouTubers expressaram suas condolências à família, encorajando que as crianças fossem monitoradas por seus pais. Eles também associaram o Jogo da Baleia Azul ao incidente.[50][51]

Estados UnidosEditar

No início de agosto de 2018, várias forças policiais locais nos Estados Unidos alertaram a população sobre os perigos do fenômeno. Algumas jurisdições receberam várias queixas, mas nenhuma informou que alguém houvesse sido prejudicado.[52]

A personagem Momo também apareceu no popular jogo Minecraft na forma de skins no jogo e mods não oficiais criados pelos usuários do jogo. Um policial em Ohio ficou preocupado em ver Momo na cópia do jogo do filho, devido à a possibilidade de que o mod pudesse levar à participação no Desafio Momo. Depois que as notícias começaram a delinear o elo entre o mod do Minecraft mod e o Desafio Momo, a Microsoft anunciou que estava tomando medidas para "restringir o acesso ao mod" em questão.[53][54]

FiguraEditar

Uma fotografia de uma escultura de um ubume, produzida pelo artista japonês Keisuke Aisawa na produtora Link Factory, foi popularmente usada para retratar a "Momo".[55] A firma nega qualquer envolvimento com o boato. A escultura tem olhos esbugalhados e uma boca semelhante a um bico. Fotos da escultura foram publicadas on-line abertamente pela primeira vez em 2016.[8][10] O restante da escultura, nem sempre mostrado pelos relatos da "Momo" ou pela mídia, consiste em um corpo pequeno, careca e parecido com uma galinha, com pés de ave e seios humanos.[55]

As primeiras notícias afirmando que a imagem era de uma escultura da artista japonês Midori Hayashi mostraram-se incorretos. Hayashi indicou que a obra não era dela, e os usuários da Internet identificaram Aisawa como a fonte correta. Aisawa confirmou em março de 2019 que a escultura havia sido jogada fora em 2018, depois que seu material, borracha e óleos naturais apodreceram.[56][57]

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar

  1. Matsuki, Edgard. «Hackers estão colocando boneca Momo em meio a vídeos no YouTube Kids #boato». boatos.org. Consultado em 19 de março de 2019 
  2. a b Waterson, Jim (28 de Fevereiro de 2019). «Viral 'Momo challenge' is a malicious hoax, say charities». The Guardian. Consultado em 2 de Março de 2019. Cópia arquivada em 2 de Março de 2019 
  3. BBC Newsnight (28 de fevereiro de 2019), Momo Challenge: The viral hoax - BBC Newsnight, consultado em 1 de março de 2019 
  4. Valencio, Vitor (20 de março de 2019). «Quem é MoMo, monstruosidade que aterroriza crianças ao redor do mundo há mais de um ano?». Yahoo Finanças. Financas Yahoo. Consultado em 28 de março de 2019 
  5. «Momo challenge: what is it, why is it dangerous and what is the advice for parents?». The Week UK (em inglês). Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  6. editor, Jim Waterson Media (28 de fevereiro de 2019). «Schools, police and media told to stop promoting Momo hoax». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077. Consultado em 28 de fevereiro de 2019 
  7. a b c Mikkelson, David (26 de Fevereiro de 2019). «How Much of a Threat Is the Purported 'Momo Challenge' Suicide Game?». Snopes. Consultado em 1 de Março de 2019 
  8. a b c d e f Dube Dwilson, Stephanie (6 de Agosto de 2018). «Momo Challenge: 5 Fast Facts You Need to Know». Heavy. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 20 de Agosto de 2018 
  9. a b c Rogers, James (2 de Agosto de 2018). «Sinister 'Momo suicide challenge' sparks fear as it spreads on WhatsApp». Fox News. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  10. a b c d e Noble, Freya (2 de Agosto de 2018). «What is Momo? Terrifying 'challenge' linked to 12-year-old's suicide». 9 News. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 Agosto de 2018 
  11. a b Lloyd, Brian (22 de Janeiro de 2019). «The 'Momo' Challenge is a perfect example of moral panic in the age of social media». Entertainment.ie. Consultado em 23 de Janeiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de Janeiro de 2019 
  12. a b c Ej Dickson (26 de Fevereiro de 2019). «What Is the Momo Challenge?». Rolling Stone. Consultado em 27 de Fevereiro de 2019 
  13. Sophie Lewis (28 de Fevereiro de 2019). «Kim Kardashian warns parents of "Momo challenge," but YouTube says it sees no evidence». CBS News. Consultado em 4 de Março de 2019 
  14. a b «O que é a 'Momo do WhatsApp' e quais são os riscos que ela representa?». BBC News (Portuguese edition). 26 de Julho de 2018. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  15. Matsuura, Sérgio (18 de março de 2019). «Atenção, pais: parem de compartilhar vídeos sobre o desafio da boneca Momo». O Globo. Consultado em 19 de março de 2019 
  16. «Relatos em redes sociais falam sobre aparecimento de Momo em vídeos do YouTube Kids». GaúchaZH. 18 de março de 2019. Consultado em 19 de março de 2019 
  17. a b «CID: Momo Challenge invites locally generated». The India Times. 29 de Agosto de 2018. Consultado em 29 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 30 de Agosto de 2018 
  18. a b «Police suspect 12-year-old girl's suicide linked to WhatsApp terror game Momo». Buenos Aires Times. 25 de Julho de 2018. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  19. a b Dunning, Daniel (22 de Fevereiro de 2019). «York school warning over internet Momo character». Minster FM. Consultado em 27 de Fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 27 de Fevereiro de 2019 
  20. Lorenz, Taylor (28 de Fevereiro de 2019). «Momo Is Not Trying to Kill Children». The Atlantic. Consultado em 28 de Fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 28 de Fevereiro de 2019 
  21. «Satanic Panic 2.0: The Momo Challenge hoax [TW: Self-harm/suicide]». Boing Boing (em inglês). Consultado em 1 de março de 2019 
  22. Radford, Benjamin (27 de Fevereiro de 2019). «The 'Momo Challenge' and the 'Blue Whale Game': Online Suicide Game Conspiracies». Skeptical Inquirer. Consultado em 28 de Fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 28 de Fevereiro de 2019 
  23. Magid, Larry (21 de Setembro de 2018). «Dire warnings about children dying because of apps and games are a form of 'juvenoia'». Parenting for a Digital Future. Consultado em 8 de Outubro de 2018. Cópia arquivada em 8 de Outubro de 2018 
  24. «Achtung HOAX! Gruselige Nachrichten von Momo». Austrian Ser Internet Center (em german). 26 de Julho de 2018. Consultado em 8 de Outubro de 2018 
  25. Audureau, William (18 de Setembro de 2018). «" Momo Challenge " sur WhatsApp : itinéraire d'une psychose collective». Le Monde (em French). Consultado em 8 de Outubro de 2018. Cópia arquivada em 8 de Outubro de 2018 
  26. Chiu, Allyson (5 de Setembro de 2018). «The 'Momo Challenge': A sinister threat to young people or an urban myth?». The Washington Post. Consultado em 8 de Outubro de 2018. Cópia arquivada em 8 de Outubro de 2018 
  27. «Le "Momo challenge" cible des jeunes à Longueuil». La Presse / Presse canadienne (em French). 18 de Agosto de 2018. Consultado em 18 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  28. Pion, Isabelle (20 de Agosto de 2018). «Momo Challenge atteint l'Estrie». La tribune (em French). Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  29. «Gatineau police, experts warn about 'Momo Challenge'». CBC News. 20 de Agosto de 2018. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  30. Warren, Steve (4 de Setembro de 2018). «Sinister 'Momo' Online Game Linked to Children's Suicides in Colombia». CBN News. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de Setembro de 2018 
  31. de Fournas, Marie (20 de Agosto de 2018). «Quels sont les véritables risques qui entourent le "Momo Challenge"?». 20 Minutes (em French). Consultado em 20 de Agosto de 2018 
  32. «" Momo challenge " : un père porte plainte contre YouTube, WhatsApp et l'Etat». Le Monde.fr (em francês). Consultado em 8 de novembro de 2018 
  33. Rohlefer, Franz (18 de Agosto de 2018). «"Momo"-Challenge bei WhatsApp: Polizei warnt vor Selbstmord-Spiel». Merkur (em German). Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  34. «Le "Momo Challenge" est arrivé au Luxembourg». Le Quotidien (em French). 18 de Agosto de 2018. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  35. "Momo Challenge": Kein Fall in Luxemburg. Luxemburger Wort, 6. November 2018.
  36. «NSPCC says no need to be concerned about Momo». BBC. 1 de Março de 2019. Consultado em 2 de Março de 2019. Cópia arquivada em 2 de Março de 2019 
  37. Ghosh, Dwaypayan (23 de Agosto de 2018). «Cop alert against Momo Challenge». The Times of India. Consultado em 23 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 23 Agosto de 2018 
  38. «Jalpaiguri college girl invited to play virtual suicide game Momo Challenge, files police complaint». Hindustan Times. 22 de Agosto de 2018. Consultado em 23 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 23 de Agosto de 2018 
  39. «West Bengal Girl Gets Call For New Suicide Game "Momo Challenge"». Press Trust of India. 22 de Agosto de 2018. Consultado em 23 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 23 de Agosto de 2018 
  40. «Say No No to MoMo: Mumbai Police issues warning against deadly Momo Challenge». The Indian Express. 19 de Agosto de 2018. Consultado em 23 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 23 de Agosto de 2018 
  41. «Momo challenge claims first life in India, Class 10 student commits suicide in Ajmer». Mirror Now News. 21 de Agosto de 2018. Consultado em 22 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 22 de Agosto de 2018 
  42. «Engineering student commits suicide, was playing 'Momo Challenge'». The Statesman. 1 de Setembro de 2018. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de Setembro de 2018 
  43. Patnaik, Devbrat (5 de Setembro de 2018). «Momo Challenge: Family Blames Momo After Youth Commits Suicide». OdishaTV. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 Setembro de 2018 
  44. «Odisha Police issues advisory on deadly 'Momo Challenge' game». The Statesman. 5 de Setembro de 2018. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de Setembro de 2018 
  45. «Pakistan says no space for Blue Whale, Momo challenge». Pakistan Today. 2 de Setembro de 2018. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de Setembro de 2018 
  46. «Blue Whale and Momo challenge banned in Pakistan». The Tribune. 2 de Setembro de 2018. Consultado em 5 de Setembro de 2018. Cópia arquivada em 5 de Setembro de 2018 
  47. Jeck Batallones; Raffy Santos (27 de Fevereiro de 2019). «Online challenge, tinitingnan sa kaso ng batang namatay sa overdose» (em filipino). ABS-CBN News. Consultado em 27 de Fevereiro de 2019 
  48. «Filipino mom flags daughter's 'disturbing' act amid Youtube addiction». ABS-CBN News. 27 de Fevereiro de 2019. Consultado em 27 de Fevereiro de 2019 
  49. PROTECT OUR CHILDREN! THE BLUE WHALE AND THE MOMO CHALLENGE EXPOSED!. Nico David. 27 de Fevereiro de 2019 
  50. Wag mong gagawin ang BLUE WHALE at MOMO CHALLENGE. Claro the Third. 28 de Fevereiro de 2019 
  51. Nguyen, Em (6 de Agosto de 2018). «Warning to local parents about "Momo Suicide Challenge"». Fox News Illinois. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  52. Webb, Sam (17 de Agosto de 2018). «Sick WhatsApp 'Momo suicide game' spreads throughout the internet». Fox News. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  53. Rogers, James (18 de Julho de 2018). «Microsoft clamps down on sick 'Momo suicide game' in 'Minecraft'». Fox News. Consultado em 20 de Agosto de 2018. Cópia arquivada em 21 de Agosto de 2018 
  54. a b Vanilla Gallery (15 de Julho de 2018). «MOTHER-BIRD by #LinkFactory/#KeisukeAisawa (2016, On Display at @vanillagallery_jp) #BetweenMirrors». Instagram (em English e Japanese). Consultado em 4 de Setembro de 2018. LINK FACTORY謹製姑獲鳥と一緒に写真を撮ろう!こちらの作品は攝影可能です!! とびっきりのスマイルでハイ、チーズ! 
  55. «'Momo' sculptor has thrown away creation, feels 'responsible' for fake challenge». AsiaOne. Consultado em 5 de Março de 2019 
  56. Dickson, EJ (4 de Março de 2019). «'Momo Challenge' Sculpture Has Been Destroyed». Rolling Stones. Consultado em 5 de Março de 2019. Cópia arquivada em 5 de Março de 2019