Abrir menu principal

Desastre aéreo de Munique

Desastre aéreo de Munique
Voo BE609
Acidente aéreo
Placa em memória dos jogadores falecidos no desastre aéreo de Munique, no estádio Old Trafford.
Sumário
Data 6 de fevereiro de 1958
Causa Pista com neve derretida causando uma desaceleração da aeronave
Local Residências próximas ao Aeroporto de Munique-Riem, Munique, Alemanha Alemanha Ocidental
Coordenadas Coordenadas : formato inválido
Origem Aeroporto Internacional de Belgrado, Iugoslávia
Escala Aeroporto de Munique-Riem, Alemanha Alemanha Ocidental
Destino Aeroporto de Manchester,  Reino Unido
Passageiros 38
Tripulantes 6
Mortos 23
Feridos 19
Sobreviventes 21
Aeronave
Modelo Airspeed Ambassador AS-57
Operador Reino Unido British European Airways

Desastre aéreo de Munique é o nome com que ficou conhecido o acidente de aviação que aconteceu em 6 de fevereiro de 1958, quando o voo BE609 da empresa Britânica British European Airways, que levava jogadores e dirigentes do Manchester United, mais jornalistas e alguns adeptos, se despenhou numa tempestade de neve quando tentava descolar pela terceira tentativa do Aeroporto de Munique-Riem. Foi provado que a causa no acidente não foi falha nos motores, mas sim uma camada de neve derretida na pista, que causou a desaceleração da aeronave, não dando assim capacidade da mesma levantar voo. Ficou provado também que Munique tentou escapar de uma culpa, culpando unicamente o comandante Tain, que pilotava a aeronave. Munique omitiu depoimentos, culpando assim o comandante. Onze anos depois o comandante Tain, juntamente com o governo Britânico consegue provar a falha na pista. Munique, porém, nunca reconheceu o erro.

O Manchester estava a regressar de Belgrado onde tinha jogado com o Estrela Vermelha de Belgrado para a Liga dos Campeões da UEFA e tinha parado em Munique para reabastecer.

Modelo de uma aeronave Airspeed Ambassador, semelhante ao que caiu em Munique.

VítimasEditar

Jogadores do Manchester United falecidos no acidente

 
O último jogo dos Busby Babes antes do desastre. Da esquerda para a direita, estão Edwards, Colman, Jones, Morgans, Charlton, Viollet, Taylor, Foulkes, Gregg, Scanlon e Byrne.

Outras vítimas

  • Walter Crickmer
  • Bert Whalley
  • Tom Curry
  • Alf Clarke
  • Don Davies
  • George Follows
  • Tom Jackson
  • Archie Ledbrooke
  • Henry Rose
  • Eric Thompson
  • Frank Swift
  • Capt Kenneth Rayment
  • Béla Miklos
  • Willie Satinof
  • Tom Cable

SobreviventesEditar

Jogadores do Manchester United

Sobreviventes ainda vivos:

Ver TambémEditar

Ligações externasEditar