Diamantino (filme)

filme de 2018 dirigido por Gabriel Abrantes, Daniel Schmidt
Diamantino
Cartaz do filme.
Portugal Portugal
 Brasil
 França
2018 •  cor •  92 min 
Realização Gabriel Abrantes
Daniel Schmidt
Produção Justin Taurand
Maria João Mayer
Daniel van Hoogstraten
Argumento Gabriel Abrantes
Daniel Schmidt
Género comédia dramática, fantasia
Música Ulysse Klotz
Adriana Holtz
Cinematografia Charles Ackley Anderson
Edição Raphaëlle Martin-Holger
Gabriel Abrantes
Daniel Schmidt
Companhia(s) produtora(s) Maria & Mayer
Les Films du Bélier
Syndrome Films
Lançamento França 11 de maio de 2018 (Cannes)
Idioma português
Página no IMDb (em inglês)

Diamantino é um filme luso-brasileiro-francês do género comédia dramática, realizado e escrito por Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, e protagonizado por Carloto Cotta. A sua estreia mundial ocorreu a 11 de maio de 2018 na setuagésima primeira edição do Festival de Cannes,[1] onde venceu o Grande Prémio da Semana da Crítica,[2] e o Palme Dog.[3] O filme teve a sua antestreia em Portugal a 14 de Setembro de 2018, abrindo o festival de cinema Queer Lisboa,[4] estreando oficialmente naquele país a 4 de Abril de 2019.[5]

ProjectoEditar

Segundo o realizador Gabriel Abrantes, a personagem principal era inicialmente uma mulher, inspirada em Angelina Jolie, Madonna e Mia Farrow, três celebridades que fizeram uma adopção internacional. Ao adaptar o projecto à realidade portuguesa, chegaram à conclusão que a estrela máxima nacional em Portugal seria um craque de futebol. Embora as semelhanças entre o protagonista e Cristiano Ronaldo sejam óbvias, nunca houve qualquer contacto entre a produção do filme e os representantes do jogador. Segundo Gabriel Abrantes, "o filme é uma paródia" que "tenta fazer uma crítica aguda, mas cómica, a alguns dos aspetos mais absurdos desse tipo de personagem", não se referindo a nenhuma personagem com existência real.[6]

EnredoEditar

Diamantino, o protagonista e narrador em voz off, é o melhor jogador de futebol do mundo, com um talento que ele próprio explica como uma inspiração envolvendo campos de algodão e cãezinhos felpudos: "É verdade, eu acho que algo de maravilhoso acontecia quando eu jogava. Algo assim tipo transcendental. Tudo se fundia, o relvado, os fãs… e era só eu. Eu e os cachorrinhos felpudos".[7] Diamantino é natural dos Açores, com acentuado sotaque micaelense.[8] O seu pai, único amigo e conselheiro, morre logo no início do filme.[7] Na sua família, que gosta de aparecer, sobressaem as duas irmãs gémeas, interpretadas por Anabela e Margarida Moreira,[6] malvadas e dispostas a tudo para lhe extorquir o dinheiro todo.[7]

A certo ponto Diamantino é requisitado por uma espécie de ministério da propaganda português para protagonizar uma campanha nacionalista, em que Diamantino surge como símbolo de Portugal, corporizando D. Afonso Henriques expulsando os árabes do país,[7] numa referência à crise migratória na Europa.[6] Diamantino será também alvo de experiências genéticas, com vista a cloná-lo e produzir mais exemplares raciais como ele.[7] Durante um sonho, em que vê uma barca de refugiados a afundar-se, decide adoptar uma criança refugiada, desencadeando uma reviravolta no filme.[7]

O filme contém ainda referências ao Brexit.[6]

CríticaEditar

O crítico de cinema Eurico de Barros descreveu o filme no jornal Observador como "uma comédia surreal que se mete com Cristiano Ronaldo".[8] O site de cinema C7nema descreveu o filme como um dos "um dos OVNIs maiores do cinema contemporâneo português", sem paralelo em Portugal.[9]

ElencoEditar

ReconhecimentosEditar

Ano Prémios Categorias Destinatários e nomeados Resultado Referências
2018 71.º Festival de Cannes Grande Prémio da Semana da Crítica Diamantino Venceu [2][3][10]
Palme Dog Diamantino Venceu
Queer Palm Diamantino Indicado
Festival de Cinema de Munique Prémio CineVision Diamantino Indicado [11]
Festival Internacional de Cinema Fantástico de Neuchâtel Prémio Narcisse Diamantino Indicado [12]
Prémio Méliès de Prata Diamantino Indicado
Festival de Cinema de Sitges Maria Honorífica Diamantino Indicado [13]
Cine Ceará Melhor montagem Raphaëlle Martin-Holger Venceu [14]
Prémios do Cinema Europeu Categorias a serem anunciadas Diamantino Indicado [15]

Referências

  1. Braga, Zita Ferreira (2 de maio de 2018). «"Diamantino" de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt estreia na Semana da Crítica, em Cannes». Hardmusica 
  2. a b Lusa (17 de maio de 2018). «Filme português "Diamantino" venceu Grande Prémio da Semana da Crítica em Cannes». Diário de Notícias 
  3. a b Salvado, Luís (18 de maio de 2018). «Cannes: "Diamantino" ganha outro prémio no festival... para os cães cor de rosa». SAPO Mag. SAPO 
  4. «Queer Lisboa começa com ″Diamantino″». www.dn.pt. Consultado em 9 de abril de 2019 
  5. Silva, Marta Martins. «Um Diamantino inspirado em Ronaldo». www.cmjornal.pt. Consultado em 9 de abril de 2019 
  6. a b c d «Toda a gente acha que ″Diamantino″ é sobre Cristiano Ronaldo». www.jn.pt. Consultado em 9 de abril de 2019 
  7. a b c d e f «Diário | Morreu Diamantino, viva Diamantino». Jornal Expresso. Consultado em 9 de abril de 2019 
  8. a b Barros, Eurico de; Barros, Eurico de. «Três filmes para ver esta semana». Observador. Consultado em 9 de abril de 2019 
  9. ««Diamantino» por André Gonçalves - C7nema». c7nema.net. Consultado em 9 de abril de 2019 
  10. Silva, Clara (23 de maio de 2018). «Cannes em versão queer». Time Out 
  11. Dalton, Ben (26 de junho de 2008). «Terry Gilliam, Emma Thompson and Lucretia Martel heading to Munich Film Festival». Screen Daily (em inglês) 
  12. «Press kit» (PDF) (em inglês e francês). Festival Internacional de Cinema Fantástico de Neuchâtel. Consultado em 24 de agosto de 2018 
  13. «Nicolas Cage i Ed Harris rebran el Gran Premi Honorífic en un Sitges que culminarà amb un concert de John Carpenter» (em catalão). Visitsitges.com. 19 de julho de 2018 
  14. «Drama espanhol 'Petra' desbanca 'Diamantino' e vence o Cine Ceará». Folha de S.Paulo. 11 de agosto de 2018 
  15. Lusa (22 de agosto de 2018). «"Diamantino" selecionado para os Prémios Europeus de Cinema». SAPO 
  Este artigo sobre um filme é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.