Discussão:Sherlock Holmes

Adicionar tópico
Discussões ativas


UntitledEditar

Coloquem no site por favor dicas de Sherlock Holmes que tem em livros teatros etc. que por exemplo ele daria a quem é um detetive

PersonalidadeEditar

Tenho algumas discordâncias em relação a alguns traços de personalidade apresentados no artigo.

1º Ser arrogante

Apesar de ser fortemente convicto dos seus argumentos, Holmes não é arrogante, apenas não revela falsa modéstia nem condescendência para a ignorância; exemplo disso é a convicção de Holmes em relação às capacidades de análise e de dedução do seu irmão que considera "muito superiores" às suas.

2º Erudição

A sua capacidade não deve ser vista como misteriosa pois é evidente que o autor concentra a sua narrativa nos processos de investigação e não na aprendizagem propriamente dita; tal como não nos são revelados grandes promenores acerca da sua infância.

Eu também possuo uma discordância, ao fato de terem mencionado o suposto uso de cocaína por parte de Sherlock Holmes. Discordo completamente, pois como fã e leitora assídua e já tendo lido diversas histórias acerca desse maravilhoso personagem, digo com certeza absoluta que, segundo as histórias de Sherlock Holmes, escritas por Sir Arthur Conan Doyle, ele não usou cocaína, pelo menos não nas várias histórias já lidas por mim, inclusive o SIGNO DOS QUATRO, no qual ele foi acusado de usar a tal droga.

DiscordânciaEditar

Também discordo que Holmes use Cocaína, eu próprio li "O Signo dos Quatro" e não diz nada sobre Fumar cocaína nem injetar comuma seringa; no livro diz claramente que ele fuma tabaco como um cigarro comum e fazia experiências cientìficas e não as injetava no corpo.o comentário precedente não foi assinado por 189.62.195.157 (discussão • contrib.) nemracc 12h38min de 26 de Julho de 2008 (UTC)

Errado! Compare as edições sobre Sherlock Holmes nas outras wikis e poderá confirmar ali que a figura fictícia Holmes usava cocaína. --Nemracc (discussão) 12h38min de 26 de Julho de 2008 (UTC)
É facto que Sherlock Holmes injectava periodicamente e de forma irregular uma solução de sete por cento de cocaina, como o próprio refere a Watson em 'um escândalo na bohemia'. No entanto é necessário contextualizar esse consumo; Sherlock Holmes não era viciado, apenas consumia em períodos de extagnação intelectual como forma de aliviar e combater o tédio, tal como quando tocava violino, mas não era dependente do seu uso. Numa época em que ainda não existia medicação de combate à depressão e sintomas semelhantes o consumo de cocaína enquadrava-se apenas numa perspectiva terapeutica; é de realçar que no final do sec XIX a cocaína não era ainda totalmente conhecida quanto aos seus efeitos e contra-indicaões como se comprova pelo exemplo clássico da fórmula original da coca-cola - de onde supõem que provinha o uso de 'coca' na marca?

Se vocês lerem a obra em sua linguagem original, irão perceber que Holmes NÃO usava cocaína, e sim fumava tabaco COMUM, sem qualquer tipo de droga. Ele "fazia experiências cientìficas e não as injetava no corpo". ----


Holmes usava cocaína em solução de 7%. Nem precisa ser muito fã pra saber disso. O que ocorre é que algumas versões modernas das histórias alteram os trechos em que o detetive se droga.

Um trecho original do Signo dos Quatro:

"Which is it to-day?" I asked,--"morphine or cocaine?"

He raised his eyes languidly from the old black-letter volume which he had opened. "It is cocaine," he said,--"a seven-per- cent. solution. Would you care to try it?"

Este trecho na versão da Melhoramentos em português, por exemplo, a cocaína é substituída pelo violino e o incômodo de Watson com o som incessante. O trecho obviamente foi alterado tendo em vista o público a que se destina o livro.

É importante lembrar também que, na época e lugar em que os livros foram escritos, o uso da droga não era proibido.

dbastos2634 discussão 20h58min de 26 de janeiro de 2010 (UTC)


Em vários livros é dito que o personagem usa a cocaína, quando se apresenta sem casos a resolver. O cérebro de Holmes é tão inquieto que precisa de algo para deixá-lo feliz, quando os casos se apresentam, o detetive usa o intelecto para desvendá-los e consequentemente acalmar seu intelecto sedento por informações, mas quando não, usa a cocaína, com a mesma função.

Isso é relatado em vários livros

Doutorgrillo (discussão) 16h35min de 30 de junho de 2010 (UTC)

Anti-heróiEditar

Não acho que Holmes era um anti-herói, conforme a categoria que o usuário CzarJoule colocou.

Tanto não é que nem faz parte da lista Anexo:Lista_de_anti-heróis_da_ficção. Categoria removida pois Sherlock Holmes não se encaixa no perfil de anti-herói como descrito aqui. Doutorgrillo (discussão) 23h19min de 24 de janeiro de 2012 (UTC)

Regressar à página "Sherlock Holmes".