Dong Zhuo

Nome
Nome em chinês: Dong Zhuo
Nome em chinês simples: 董卓
Nome em chinês tradicional: 董卓
Pinyin: Dǒng Zhuō
Wade-Giles: Tung Cho
Nome Cortês: Zhongying (仲穎)
Retrato de Dong Zhuo de uma edição do Romance dos Três Reinos da Dinastia Qing.

Dong Zhuo (faleceu a 22 de maio de 192) foi um poderoso senhor da guerra durante a dinastia Han Oriental e na era dos Três Reinos, chegando ao posto de Chanceler.

Tomou posse de Luoyang em 189 depois da capital ter mergulhado no caos após a morte do Imperador Ling e um conflito sangrento entre os eunucos e os magistrados. Dong Zhuo depôs o legítimo herdeiro ao trono e regeu em seu lugar um o Imperador fantoche Xian.

Eventualmente, a tirania e a crueldade de Dong Zhuo gracejou-lhe muitos rivais, e senhores da guerra de toda a China formaram uma coligação contra ele, forçando-o a mover a capital para oeste, para Chang'an. Dong Zhuo foi assassinado pelo seu filho adoptivo, Lü Bu, num plano engendrado pelo Ministro do Interior, Wang Yun.

ReferênciasEditar

  Este artigo sobre História ou um(a) historiador(a) é um esboço relacionado ao Projeto História. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.