Dores de Guanhães

Dores de Guanhães é um município brasileiro do estado de Minas Gerais. Localiza-se no Vale do Rio Doce.

Dores de Guanhães
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Dores de Guanhães
Bandeira
Brasão de armas de Dores de Guanhães
Brasão de armas
Hino
Gentílico dorense
Localização
Localização de Dores de Guanhães em Minas Gerais
Localização de Dores de Guanhães em Minas Gerais
Mapa de Dores de Guanhães
Coordenadas 19° 03' 28" S 42° 55' 44" O
País Brasil
Unidade federativa Minas Gerais
Região intermediária[1] Governador Valadares
Região imediata[1] Guanhães
Municípios limítrofes Guanhães, Senhora do Porto, Carmésia, Ferros, Braúnas e Joanésia
Distância até a capital 214 km
História
Fundação 30 de dezembro de 1962 (57 anos)
Aniversário 1 de março
Administração
Prefeito(a) João Eber Barreto Noman (MDB, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [3] 381,826 km²
População total (Censo IBGE/2010[4]) 5 223 hab.
Densidade 13,7 hab./km²
Clima tropical de altitude (Cwa)
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 35894-000 a 35899-999[2]
Indicadores
IDH (PNUD/2000[5]) 0,666 médio
PIB (IBGE/2008[6]) R$ 30 747,282 mil
PIB per capita (IBGE/2008[6]) R$ 5 374,46
Outras informações
Padroeiro(a) Nossa Senhora das Dores[7]
Sítio www.doresdeguanhaes.mg.gov.br (Prefeitura)
camaradoresdeguanhaes.mg.gov.br (Câmara)

HistóriaEditar

A região onde atualmente está localizada o município de Dores de Guanhães foi habitada pelos índios botocudos que, segundo alguns historiadores, dizimaram toda a família de Joaquim Cavaco. A posse de uma sesmaria fora solicitada pelos habitantes da região e concedida em 1817. O lugar da sesmaria ficava próximo ao local do massacre da família Cavaco e do Quartel de Barretos. Em 27 de abril 1854 foi criado o distrito da paz de Capelinha das Dores, do município de Conceição.

Em 15 de setembro 1870 passa à freguesia de Nossa Senhora das Dores de Guanhães e em 7 de setembro 1923 muda a denominação do distrito para Dores de Guanhães. Em 30 de dezembro de 1962 foi criado o município desse nome desmembrado de Guanhães.

Referências

  1. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Base de dados por municípios das Regiões Geográficas Imediatas e Intermediárias do Brasil». Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  2. Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos. «Busca Faixa CEP». Consultado em 1 de fevereiro de 2019 
  3. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  4. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  6. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  7. Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). «Lista por santos padroeiros» (PDF). Descubra Minas. p. 9. Consultado em 14 de setembro de 2017. Cópia arquivada (PDF) em 14 de setembro de 2017 

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre municípios do estado de Minas Gerais é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.