Dorian Gray Caldas

artista brasileiro

Dorian Gray Caldas (Natal, Rio Grande do Norte, 16 de fevereiro de 1930 - Natal, Rio Grande do Norte, 23 de janeiro de 2017) foi um artista plástico[1][2] e ensaísta brasileiro.

Atuou como assessor da secretaria estadual da cultura do Rio Grande do Norte (1967-1968) e da Fundação José Augusto (1974) e foi diretor do Teatro Alberto Maranhão (1967-1968).

Em 1989 publicou Artes Plásticas do Rio Grande do Norte 1920—1989.

Referências

Ligações externas editar

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.