Douglas Wilder

político norte-americano

Lawrence Douglas Wilder (Richmond (Virgínia), 17 de janeiro de 1931) é um advogado e político norte-americano, foi Governador da Virgínia entre 1990 e 1994. Ele foi também o primeiro afro-americano a servir como governador de um estado dos Estados Unidos desde a Era da Reconstrução e o primeiro afro-americano democraticamente eleito como governador na história dos Estados Unidos.[1]

Douglas Wilder
Douglas Wilder
66º Governador da Virgínia
Período 13 de janeiro de 1990
até 15 de janeiro de 1994
Vice-governador Don Beyer
Antecessor(a) Gerald Baliles
Sucessor(a) George Allen
35º Vice-governador da Virgínia
Período 18 de janeiro de 1986
até 12 de janeiro de 1990
Governador Gerald Baliles
Antecessor(a) Richard Davis
Sucessor(a) Don Beyer
78º Prefeito de Richmond (Virgínia)
Período 2 de janeiro de 2005
até 1 de janeiro de 2009
Antecessor(a) Rudy McCollum
Sucessor(a) Dwight Jones
Dados pessoais
Nascimento 17 de janeiro de 1931 (91 anos)
Richmond (Virgínia), Virgínia, EUA
Alma mater Virginia Union University
Faculdade de Direito da Universidade de Howard
Cônjuge Eunice Montgomery (divorciado desde 1978)
Partido Democrata
Religião Batista
Profissão Advogado
Político

Nasceu em Richmond (Virgínia), Virgínia em 17 de janeiro de 1931, na época da Segregação racial, Ele é neto de escravos, seus avós paternos tinham sido escravos numa fazenda no Condado de Goochland, além de ser descendente direto de Frederick Douglass,[2] formou-se em direito na Virginia Union University, mas teve que trancar o curso para servir o exército americano na Guerra da Coreia, ele serviu o exército entre 1951 e 1953, após o fim da Guerra da Coreia ele voltou e concluiu o curso de direito na Faculdade de Direito da Universidade de Howard. Membro do Partido Democrata, concorreu a uma vaga no Senado estadual em 1969, foi Senador estadual entre 1970 até 1986, em 1986 tornou-se Vice-governador do estado, cargo que ocupou até 1990, em 1989 foi eleito Governador da Virgínia com pouco mais de 50% dos votos, sendo o primeiro afro-americano democraticamente eleito para governador de um estado americano.

Durante o seu mandato como Governador, houve uma grande redução nos índices de criminalidade, além de ter melhorado os transportes públicos e as Rodovias, iniciou um programa de limpeza da Baía de Chesapeake e também incentivou as universidades estaduais a fazerem um boicote às doações recebidas da África do Sul em um protesto contra o Apartheid, em 1992 ele tentou disputar as primárias do Partido Democrata para Presidente, mas desistiu antes que as primárias pudessem começar. Logo após deixar o cargo de Governador ele tentou concorrer a uma vaga no Senado, mas perdeu. Em 2 de novembro de 2004 foi eleito Prefeito de Richmond (Virgínia) com quase 80% dos votos (55 319 votos), cargo que ocupou de 2005 até 2009, apoiou Obama nas eleições de 2008, mas antes de deixar o cargo ele fundou o Museu Nacional da Escravidão nos Estados Unidos, com o intuito de fazer com que o sofrimento dos escravos na época da Escravidão não seja esquecido.

Referências

  1. Jessie Carney Smith, Notable Black American Men, Book 1, 1998, page 1218
  2. Associated Press, Spokane Spokesman-Review, "Virginia Gov. Wilder Running for President", September 14, 1991.
  Este artigo sobre um(a) político(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.