Edward Bunker

Edward Bunker
Nome Edward Heward Bunker
Data de nascimento 31 de dezembro de 1933
Local de nascimento Hollywood, Califórnia,
 Estados Unidos
Data de morte 19 de julho de 2005 (71 anos)
Local de morte Burbank, Califórnia,
 Estados Unidos
Nacionalidade(s) norte-americano
Crime(s) Roubos, tráfico de drogas e agressões fisicas.
Situação Falecido

Edward Heward Bunker (Hollywood, 31 de dezembro de 1933Burbank, 19 de julho de 2005) foi um escritor, roteirista e ator norte-americano.[1][2][3]. Além disso escreveu diversos livros, alguns deles foram adaptados para o cinema. Ele foi um dos roteiristas de Liberdade Condicional (1978), Expresso para o Inferno (1985) e Fábrica de Animais (2000).

Bunker iniciou sua carreira criminosa aos 5 anos de idade, e continuou nesse caminho através dos anos, sendo preso várias vezes Passou dezoito anos em diversas prisões, dentre elas San Quentin e Folsom, condenado por roubo, agressões, tráfico de drogas, extorsão, falsificação. Um padrão repetitivo de condenações, liberdade condicional, libertações e fugas, juntamente com novos crimes e novas condenações continuaram até 1975, quando decidiu deixar a sua vida criminosa para trás permanentemente, ficando fora da cadeia desde então, e se tornando um escritor, roteirista e ator. De QI acima da média, escreveu diversos livros na detenção, graças aos quais conseguiu reconhecimento da crítica e uma ocupação fora das grades. É autor de "Cão Come Cão", "Nem os mais ferozes", "O Menino", "Fábrica de animais" e "Educação de um bandido". É conhecido internacionalmente pela atuação como Mr. Blue no filme Cães de Aluguel (1992), de Quentin Tarantino.[2][3]

Em seus livros, traça um retrato sem retoques da vida criminosa, destacando a lógica sem retorno do ex-condenado, visto pela sociedade como um ser condenado a viver e morrer como criminoso.

Em 1977, o ator casou com uma jovem agente imobiliária chamada Jennifer. Em 1993, o primeiro filho do casal, Brendan, nasceu. O casamento acabou em divórcio. Em 2001 ele conheceu sua segunda esposa, Angie Furgesson na escola de culinária BackPage. O casamento durou pouco, com a mudança de carreira de Angie ocupando a maior parte do tempo. Diabético, Bunker morreu no dia 19 de julho de 2005 em Burbank, Califórnia, após uma cirurgia para melhorar a circulação nas pernas. Ele tinha 71 anos.

Bunker era amigo próximo do líder da máfia mexicana Joe "Pegleg" Morgan, e do ator Danny Trejo, que é o padrinho de seu filho, ele conheceu ambos na prisão estadual de Folsom. Michael Mann baseou o personagem Nate, interpretado por Jon Voight, em Bunker, para o seu filme Fogo Contra Fogo (1995).

Referências

  Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.