Egas Gomes de Sousa

D. Egas Gomes de Sousa (1035 -?) Foi um nobre do Condado Portucalense e o primeiro da sua linhagem a usar o apelido Sousa. Foi senhor das Terras de Sousa e de Felgueiras.

D. Egas Gomes de Sousa
Rico-Homem
Cônjuge Gontinha Gonçalves da Maia
Descendência Mem Viegas de Sousa
Gomes Viegas
Paio Nunes de Sousa
Dinastia Sousa
Nome completo Egas Gomes de Sousa
Nascimento 1035
  Condado Portucalense
Sepultado em Mosteiro de Santa Maria de Pombeiro
Pai D. Gomes Echigues
Mãe Gontrode Moniz de Touro
Religião Catolicismo romano
Brasão

BiografiaEditar

Exerceu o cargo de governador de toda a comarca de Entre Douro e Minho. Foi capitão-general, e como tal em combate venceu o rei de Tunes, num combate junto à cidade de Beja. Esse acto valeu-lhe o acrescento ao seu brasão, do epíteto: "Bastões de Aragão", das quatro luas crescentes que o dito rei de Tunes trazia nas suas bandeiras. Foi enterrado no Mosteiro de Pombeiro.

Relações familiaresEditar

Foi filho de D. Gomes Echigues (1010 - ?) e de sua 1.º esposa, Gontronde Moniz de Touro (1060 -?), filha de Munio Moniz de Bierzo (1030 - 1097), conde de Bierzo e de Muniadona Moniz (? - 1065). Casou em 1050 com Gontinha Gonçalves da Maia (1040 -?), filha de Gonçalo Trastamires, Senhor da Maia e de Mécia Rodrigues e trineta de D. Ramiro II de Leão, Rei de Leão, de quem teve:

  1. D. Mem Viegas de Sousa (1070 - 1130) casou com D. Teresa Fernandes de Marnel,
  2. D. Gomes Viegas,
  3. D. Paio Nunes de Sousa

Ver tambémEditar

ReferênciasEditar


  Este artigo sobre figuras históricas de Portugal é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.