Mem Viegas de Sousa

D. Mem Viegas de Sousa (1070 - 1130) foi um Rico-homem que viveu na transição do Condado Portucalense para o Reino de Portugal, foi Governador da vila de Santa Cruz de Riba Tâmega e castelão do Castelo de Santa Cruz de Riba Tâmega. Deteve o Senhorio de Sousa e de onde provém o apelido Casa de Sousa. Devido aos casamentos dos seus filhos deu origem a uma vastíssima descendência que tornou o apelido Sousa num dos mais comuns da Língua Portuguesa.

D. Mem Viegas de Sousa
Rico-Homem
Nascimento 1070
  Condado Portucalense/Reino de Portugal
Morte 1130
  Reino de Portugal
Nome completo Mem Viegas de Sousa
Cônjuge Teresa Fernandes de Marnel
Descendência Gonçalo Mendes de Sousa
Soeiro Mendes de Sousa
Chamôa Mendes de Sousa
Gontinha Mendes
Urraca Mendes de Sousa
Dinastia Sousa
Pai D. Egas Gomes de Sousa
Mãe Gontinha Gonçalves da Maia
Religião Catolicismo romano
Brasão

Relações familiaresEditar

Foi filho de D. Egas Gomes de Sousa (1035 -?) e de Gontinha Gonçalves da Maia (1040 -?). Casou com D. Teresa Fernandes de Marnel (1070 -?), de quem teve:

  1. D. Gonçalo Mendes de Sousa (112025 de Março de 1190), “o Bom” casou por três vezes, a primeira com D. Urraca Sanches de Celanova (1120 -?), filha de Sancho Nunes (10701130), a segunda com D. Dórdia Viegas (1130 -?), filha de Egas Moniz, o aio e a terceira com Sancha Alvarez de Astúrias.
  2. D. Soeiro Mendes de SousaO Grosso” (c. 11001137).
  3. D. Chamôa Mendes de Sousa (1085 -?) casou com Gomes Mendes Guedeão (1070 -?), filho de Mem Guedaz Guedeão (1040 -?) e de Sancha,
  4. D. Gontinha Mendes (1100 -?) Casou com D. Mem Moniz de Riba Douro (c. 1100 -?), filho de Monio Ermiges (1050 -?), senhor de Ribadouro e de Ouroana (1060 -?),
  5. D. Urraca Mendes de Sousa (1100 – 1160) casou com D. Egas Fafes de Lanhoso filho de Fáfila Lucides (1080 -?) e de Dórdia Viegas (c. 1080 -?), senhora da Quinta de Sequeiros.

Ver tambémEditar

BibliografiaEditar

Referências