El amor no es como lo pintan

telenovela

El amor no es como lo pintan é uma telenovela mexicana exibida pela Azteca e produzida por Juan David Burns e Elisa Salinas em 2000.

El amor no es como lo pintan
El amor no es como lo pintan
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama
Criador(es) Eric Vonn
Elenco Vanessa Acosta
Héctor Soberón
Arturo Beristáin
Gina Romand
Víctor González Reynoso
Sergio Klainer
ver mais
País de origem  México
Idioma original espanhol
Episódios 175
Produção
Diretor(es) Antulio Jiménez Pons
Produtor(es) Juan David Burns
Elisa Salinas
Tema de abertura "Reina de las diosas", por Marcos Llunas
Exibição
Emissora original México Azteca
Transmissão original 28 de agosto de 200027 de abril de 2001
Cronologia
Ellas, inocentes o culpables
Como en el cine
Programas relacionados Yo soy Betty, la fea

Na época do lançamento, El amor no es como lo pintan foi apontada como plágio da novela colombiana Yo soy Betty, la fea, de 1999. Vários sites apontam semelhanças entre as duas telenovelas.[1]

Foi protagonizada por Vanessa Acosta e Héctor Soberón com antagonização de Arturo Beristáin.[2] Em 2003 teve uma adaptação feita em Portugal pelo canal TVI, chamada Tudo por Amor.

Sinopse editar

Alicia Ramírez é uma jovem universitária que vive muito feliz com seu pai Gerardo, sua avó María Elena "Mamá Nena" e seu irmão mais novo Juanito. Além disso, ela é a melhor aluna de sua carreira. No entanto, ele tem um grande problema com que lidar, sua aparência física.

Quando Alicia decide procurar emprego em diferentes agências de publicidade, é rejeitada pelos patrões, simplesmente por ser feia, apesar de ter uma grande preparação. O mesmo acontece em Segóvia, Segóvia , onde Alberto, filho mais novo de Rolando Segóvia, dono da agência, não quer contratá-la pelo mesmo motivo. Porém, Rolando acredita que Alicia tem uma grande preparação e decide contratá-la, sem se importar com a opinião do filho.

Também aparece nesta história o filho mais velho de Rolando e irmão de Alberto, o sonhador César, que junto com Javier, seu melhor amigo, tenta ter sucesso no cinema. César usa o nome artístico de Felipe Sabatié, em homenagem ao avô materno. César é constantemente assediado pela namorada Marisela, que planeja deixar por uma jovem que conhece em um bate-papo.

César e seu amigo são fãs de cinema, por isso se autodenominam "Cinéfilo" e "Cinéfila", respectivamente, no chat. César não suspeita que o "Cinéfila" seja na verdade Alice e quando ela descobre que ele é o "Cinéfilo" teme que ele a rejeite por causa de sua aparência.

Alicia revela sua identidade a César e, embora a princípio não goste da ideia, decide dar uma chance a Alicia. Porém, ambos terão que enfrentar os males de Marisela, que planeja separá-los para ficar com César. Além disso, Alicia terá que suportar as humilhações de Alberto na agência, mas, acima de tudo, terá que lidar com a mãe de César e Alberto, a ambiciosa Dunia, que acredita que Alicia é amante de seu marido Rolando.

Elenco editar

Referências

  1. MAG, NOTICIAS (30 de abril de 2021). «El amor no es como lo pintan, la telenovela de TV Azteca que fue acusada de plagiar a Yo soy Betty la fea | FAMA». Mag. (em espanhol). Consultado em 18 de março de 2023 
  2. «El amor no es como lo pintan, Univisión». NovelasySeries. Consultado em 18 de maio de 2013 

Ligações externas editar