Eleições presidenciais no Cazaquistão em 2019

← 2015 • Flag of Kazakhstan.svg • 2024 →
Eleições presidenciais no Cazaquistão em 2019
9 de junho de 2019
Tipo de eleição:  Direta
Período:  2019-2024
Demografia eleitoral
Hab. inscritos:  11,960,364
Votantes : 9,274,110
  
77.54%  
Votos válidos: 9,216,061
Votos nulos: 57,500
Kassym-Jomart Tokayev (2019-05-29) (cropped).jpg
Kassym-Jomart TokayevNur Otan
Votos: 6,539,715  
  
70.96%
Amirzhan Kosanov (cropped).jpg
Amirjan QosanovUlt Tagdyry
Votos: 1,495,401  
  
16.23%
Espaeva.jpg
Dania EspaevaAk Zhol
Votos: 465,714  
  
5.05%
Resultado para Tokayev por região
Eleições presidenciais no Cazaquistão em 2019

Flag of the President of Kazakhstan.svg

Presidente do Cazaquistão

Eleições presidenciais antecipadas foram realizadas no Cazaquistão em 9 de junho de 2019[1] para eleger o presidente do Cazaquistão após a renúncia do presidente Nursultan Nazarbayev em março de 2019.[2] Esta foi a sexta eleição presidencial realizada desde a independência do Cazaquistão e a terceira consecutiva a ser realizada antecipadamente. Com uma participação de 77,5%, a menor desde 2005, o presidente interino Kassym-Jomart Tokayev, do partido Nur-Otan, conquistou 71% dos votos, a menor quantia já obtida para um presidente em exercício na história do Cazaquistão. Seu desafiante mais próximo foi Amirjan Qosanov, do Ult Tagdyry, que recebeu 16%. As eleições foram amplamente denunciadas como uma farsa.

ContextoEditar

Nursultan Nazarbayev foi eleito para um quinto mandato como presidente nas eleições de 2015.[3] Ele deveria concorrer novamente em 2020, mas renunciou em março de 2019, e indicou que o presidente do Senado Kassym-Jomart Tokayev ficaria no cargo de presidente pelo resto de seu mandato. No entanto, em abril, Tokayev anunciou que eleições antecipadas seriam realizadas em junho para evitar "incerteza política".

O presidente do Cazaquistão é eleito usando o sistema de dois turnos; Se nenhum candidato receber a maioria dos votos no primeiro turno, um segundo turno será realizado entre os dois principais candidatos.

CandidatosEditar

Nove candidatos concorreram à Comissão Eleitoral Central para disputar as eleições. Um total de sete candidatos foram aprovados, enquanto um candidato se aposentou e outro foi desqualificado por não possuir conhecimento suficiente da língua cazaque.[4]

ResultadosEditar

Candidato Partido Votos %
Kassim-Jomart Tokayev Nur Otan 6,539,715 70.96
Amirjan Qosanov Ult Tagdyry 1,495,401 16.23
Dania Yespayeva Ak Zhol 465,714 5.05
Toleutai Rakhimbekov Auyl 280,451 3.04
Amangeldy Taspikhov Federação dos Sindicatos do Cazaquistão 182,898 1.98
Jambyl Ahmetbekov Partido Popular Comunista do Cazaquistão 167,849 1.82
Sadybek Tugel Uly Dala Kyrandary 84,582 0.92
Votos nulos/brancos 57,500
Total 9,274,110 100.0
Eleitores registrados/participação 11,960,364 77.54
Fonte:[5]

Referências

  1. «Cazaquistão realizará eleições presidenciais antecipadas em 9 de junho». Al Jazeera. 9 de abril de 2019. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  2. «Nazarbayev renuncia após três décadas». BBC News. 19 de março de 2019. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  3. «Cazaquistão:Eleição para presidente 2015». IFES. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  4. «Cazaquistão: Candidato à eleição caiu por más habilidades cazaques». Eurásia Net. 2 de maio de 2019. Consultado em 20 de setembro de 2021 
  5. «CEC». Comissão Eleitoral Central. Consultado em 17 de janeiro de 2022