Abrir menu principal

"Elle était si jolie" (em português: "Ela era tão bonita") foi a canção que representou a França no Festival Eurovisão da Canção 1963 que teve lugar em Londres, em 23 de março de 1963.

França "Elle était si jolie"
Festival Eurovisão da Canção 1963
País
Artista(s)
Língua
Francês
Compositor(es)
Letrista(s)
Performance das finais
Resultado da semifinal
------
Pontos da semifinal
------
Resultado da final
5.º
Pontos da final
25
◄ "Un premier amour" (1962)   
"Le chant de Mallory" (1964) ►

A canção foi interpretada em francês por Alain Barrière. Foi a décima-primeira canção a ser interpretada na noite do festival, a seguir à canção da Suíça "T'en va pas", cantada por Esther Ofarim e antes da canção da Espanha "Algo prodigioso", interpretada por José Guadiola. Terminou a competição em quinto lugar, tendo recebido um total de 25 pontos. No ano seguinte, em 1964, a França foi representada com o tema "Le chant de Mallory", interpretada por Rachel.

Índice

AutoresEditar

AUTORES
Letrista: Alain Barrière, A. Migiani
Compositor: Alain Barrière, A. Migiani
Orquestrador: Franck Pourcel

LetraEditar

A canção é uma balada, com Barrière rememorando uma rapariga que ele conheeu e como ela era bonita . Sua beleza era tanta que , aparentemente, ele não poderia amá-la.

VersõesEditar

Barriêre também gravou esta canção em língua italiana e em alemão e uma nova versão em francês.

Outras versões
* "Era troppo carina" (italiano
* "Du gingst fort ohne Abschied" (alemão
*nova versão (francês) [2:56]

Versões de outros cantoresEditar

Dragan Stojnic , uma cantora sérvia lançou um versão cover da canção em 1965 com letra em língua sérvia , intitulado " Bila je tako lijepa ". A versão foi mais tarde regravada pelo Pekinška Pätkä .

  • A banda croata lançou uma versâo cover da canção, principalmente baseando-se na versão Pätkä Pekinška.
  • A banda de rock punk alemã Autozynik gravou uma versão cover da versão Pätkä Pekinška em 2000-.[1]

Referências