Abrir menu principal
José Janes
O Historiador Emanuel Janes.
Nome completo José Emanuel Ferraz de Janes
Conhecido(a) por Nacionalismo e nacionalistas na Madeira dos anos trinta : 1928-1936
Nascimento 10 de maio de 1957 (62 anos)
Santo António, Funchal
Residência
 Madeira
Nacionalidade Portugal Portuguesa
Alma mater ULisboa logo.svgUniversidade Clássica de Lisboa
Ocupação Historiador, Professor, Colunista
Profissão Historiador/Professor

José Emanuel Ferraz de Janes, é um historiador, investigador, colunista e professor residente na Região Autónoma da Madeira.

BiografiaEditar

Nascido em Santo António, freguesia da Ilha da Madeira a 10 de Maio de 1957, José Emanuel Ferraz de Janes é licenciado em História Contemporânea pela Faculdade de Letras da Universidade Clássica de Lisboa. Emanuel, exerceu durante vários anos, a profissão de professor e historiador.

Leccionou no Liceu Jaime Moniz e na Escola Secundária Gonçalves Zarco, na cidade do Funchal.

Actualmente é um dos historiadores do Centro de Estudos de História do Atlântico onde, sob a direcção de Alberto Vieira desenvolve projectos de cariz histórico e de investigação relacionados com a Ilha da Madeira.

Desde 2017 participa num programa de rádio da RDP Madeira/ Antena 1 que passa todas as quartas-feiras. O programa é em função da celebração dos 600 anos da descoberta da ilha, falando acerca da sua história.

 
Emanuel Janes a dar uma entrevista.

ObrasEditar

  • Nacionalismo e nacionalistas na Madeira dos anos trinta : 1928-1936
  • A implantação da República na Madeira. Atlântico. Nº 18 (Verão 1989). p. 97-102
  • Uma tentativa de restauração monárquica na Madeira. Islenha. Nº22 (Jan.-Jun. 1998). p. 165-172
  • História da Madeira/coord. Alberto Vieira; colab. Abel Soares Fernandes, Emanuel Janes, Gabriel Pita; fot. e gravuras fot. Arquivo do Diário de Notícias... - 1ª ed. - Funchal : Secretaria Regional de Educação, 2001.

Referências

[1][2][3][4]

[5]

  1. [1] Biblioteca Nacional Portuguesa, 28 de Outubro de 2016
  2. [2] Biblioteca Pública Regional da Madeira, 28 de Outubro de 2016
  3. [3] Centro de Estudos de História do Atlântico, 28 de Outubro de 2016
  4. [4] Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, 28 de Outubro de 2016
  5. [5] Jornal da Madeira, 28 DE OUTUBRO DE 2016