Eritrose-4-fosfato

composto químico
Eritrose-4-fosfato
Alerta sobre risco à saúde
Erythrose 4-phosphate.svg
Erythrose 4-phosphate.png
Outros nomes E4P
Identificadores
Número CAS 585-18-2
PubChem 5459862
ChemSpider 4573609
MeSH erythrose+4-phosphate
ChEBI 48153
SMILES
InChI
1/C4H9O7P/c5-1-3(6)4(7)2-11-12(8,9)10/h1,3-4,6-7H,2H2,(H2,8,9,10)/p-2/t3-,4+/m0/s1
Propriedades
Fórmula molecular C4H9O7P
Massa molar 200.084 g/mol
Exceto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições normais de temperatura e pressão

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Eritrose-4-fosfato é um éster de ácido fosfórico, um fosfato, do açúcar simples eritrose. É um intermediário na via das pentoses-fosfato e no ciclo de Calvin.[1]

ReaçõesEditar

Surge no decurso da via da pentose fosfato sob a ação da enzima transaldolase da sedoeptulose-7-fosfato e gliceraldeído-3-fosfato, juntamente com a frutose-6-fosfato.

Além de ser intermediário na via das pentoses-fosfato e no ciclo de Calvin, é um intermediário importante no metabolismo dos carboidratos, e serve como em plantas e muitos microrganismos juntamente com fosfoenolpiruvato (PEP), na primeira etapa do via do ácido xikímico (via do xikimato) como precursor na biossíntese dos aminoácidos aromáticos tirosina, fenilalanina e triptofano.[2] Nesta fase, fosfoenolpiruvato e eritrose-4-fosfato reage para formar 3-deoxi-D-arabinoeptulosonato-7-fosfato (DAHP), em uma reação catalisada pela enzima DAHP sintase.[3][4]

 
Biossíntese de DAHP a partir de fosfoenolpiruvato e eritrose-4-fosfato

Também participa em plantas, bactérias e fungos para a de 3-hidroxi-1-aminoacetona-fosfato, o qual é um precursor de piridoxina vitamina B6 na via dependente de DXP. Eritrose-4-fosfato desidrogenase é usada para produzir eritronato-4-fosfato.

Referências

  1. SCHRAMM, M., RACKER, E. Formation of Erythrose-4-phosphate and Acetyl Phosphate by a Phosphorolytic Cleavage of Fructose-6-phosphate. Nature 179, 1349–1350 (1957).
  2. Hermann P. T. Ammon (Hrsg.): Hunnius pharmazeutisches Worterbuch. 9., neu bearbeitete und erweiterte Auflage. Walter de Gruyter, Berlin u. a. 2004, ISBN 3-11-017475-8.
  3. M. Soledade, C. Pedras, Qingan Zheng, 3.28 - The Chemistry of Arabidopsis thaliana - 3.28.2.2 Metabolites Derived from Shikimate - The Chemistry of Arabidopsis thaliana, Editor(s): Hung-Wen (Ben) Liu, Lew Mander, Comprehensive Natural Products II, Elsevier, 2010, Pages 1297-1315, ISBN 9780080453828
  4. Jeremy M. Berg, John L. Tymoczko, Lubert Stryer: Biochemie. 6. Auflage. Spektrum Akademischer Verlag, Elsevier GmbH, München 2007, ISBN 978-3-8274-1800-5, S. 644–645, 773–775.