Abrir menu principal
Disambig grey.svg Nota: Se procura a telenovela que originou esta banda, veja Rebelde Way.
LogoRway.png
Erreway durante a Gira de España, em dezembro de 2006
(Da esquerda para a direita: Felipe, Camila e Benjamín)
Informação geral
Origem Buenos Aires
País  Argentina
Gênero(s)
Período em atividade
  • 2002–2004
  • 2006–2007
Gravadora(s)
Ex-integrantes
Página oficial Oficial site

Erreway foi um grupo musical argentino formato em 2002, na telenovela argentina Rebelde Way (2002–2003). A formação original do grupo era composta por Luisana Lopilato, Camila Bordonaba, Felipe Colombo e Benjamín Rojas, a banda teve grande sucesso na Espanha, em Israel foi realizado uma turnê onde mais 10 mil pessoas assistiram à mais 30 apresentações realizadas no Estádio de Tel Aviv, nos anos de 2003 e 2004, o grupo vendeu aproximadamente 1 milhões de discos na Argentina e na Espanha.[1]

Em novembro de 2004, a banda se separou, e cada um dos integrantes passou a seguir sua carreira artística separadamente.[2]

Devido ao sucesso na Espanha, a partir de 2006, o grupo resolveu se juntar, porém Luisana Lopilato - por decisão de seu empresário - decidiu não voltar a fazer parte da banda. Depois de ameaçarem lançar um novo disco, em meados de 2007, o grupo se dissolveu mais uma vez.[3]

IntegrantesEditar

BiografiaEditar

Formação e SeñalesEditar

 
Erreway durante a Tour Señales, realizada no Grand Rex em Buenos Aires (dezembro de 2002)

Erreway nasceu em maio de 2002 como um projeto paralelo à bem-sucedida novela juvenil Rebelde Way de Cris Morena. A banda formada por Camila Bordonaba, Benjamin Rojas, Felipe Colombo e Luisana Lopilato, antigos conhecidos de outra trama de sucesso Chiquititas. também teve sua própria história dentro de Rebelde Way e suas músicas formaram a trilha sonora da novela. Escrita por Patricia Maldonado (a mesma autora de Chiquititas), a novela Rebelde Way traz humor e drama, trilha eficiente e ótimos efeitos de pós-produção, todos os ingredientes necessários para manter viva a atenção dos jovens telespectadores da época.

No fim de julho de 2002, foi lançado o álbum de estreia da banda, intitulado Señales, composto por 12 faixas, incluindo os hits de Rebelde Way.[4] As faixas do álbum foram compostas por Cris Morena e Rocky Nilson, e foi certificado com platina quíntupla na Argentina. Seu primeiro single, intitulado "Sweet Baby", chegou a se posicionar no número 1 da MTV Argentina e nos 40 Principales, além de quase todas as estações de rádio. Nesse ano, a banda fez sua primeira apresentação no Abasto Shopping, em Buenos Aires, junto com os músicos, na frente de mais de 15.000 pessoas, apresentando seu primeiro álbum.

Os quatro integrantes logo conquistaram o carinho do público e ganharam as páginas dos principais meios de comunicação como a revista Caras, uma das mais importantes no segmento artístico argentino, tendo como destaque o texto "uma fonte de otimismo em meio à crise", citando a grave situação econômica que o país passava à época.

Em 20 de setembro, Erreway inicia sua primeira turnê no teatro Gran Rex, na Argentina, com 15 apresentações no musical Rebelde Way "El Show", com todos os ingressos vendidos. Após o sucesso de seu primeiro álbum e os shows no Grand Rex, Erreway inicia a Tour Señales, passando por todo o país, logo após o término da primeira temporada da novela. Além disso, eles apresentaram um novo concerto no teatro Gran Rex. Os membros tinham que dividir a agenda pessoal deles entre ensaios, escola e gravações. Antes da puxada temporada de shows no Gran Rex, os 4 tiravam os fins de semana para ensaios com a banda e principalmente com um professor de canto, para que mantivessem a qualidade nas canções e preservassem suas vozes.

No entanto, a partir da exibição da trama de Cris Morena, a audiência do Canal 9 triplicou, permanecendo em muitas vezes no primeiro lugar, na faixa horária das 20 horas.

Ainda em 2002, a marca "Rebelde Way", passa a ser comercializada pela Warner, ganhando destaque a revista Rebelde Way, que chegou a ter uma tiragem superior a 300 mil exemplares - só 280 mil nos primeiros 5 meses -, lançados pela Editoral Atlántida. Produtos de marcas internacionais, passam a apoiar a banda e a novela como: Pepsi, McDonald's e a grife de roupas 47 Street, que passou à vestir Camila e Luisana .

TiempoEditar

Para iniciar o ano de 2003, Felipe e Camila mudam de visual radicalmente, a fim de receber o novo tema da segunda nova temporada: Tiempo (Tempo). Sendo assim, um tempo de mudanças, um tempo de grandes confusões para todos na trama e na banda também. Em março começa a segunda temporada pelo CANAL 9, em 15 de abril de 2003 é lançado o segundo cd da banda: Tiempo.

Com o lançamento do segundo disco, abrem-se novos horizontes e novos espaços para o grupo. Erreway passa a fazer shows fora do país como: Uruguai, Peru, Equador, República Dominicana e Israel, onde nesse país foi um dos mais marcantes no pequeno tempo de sucesso do grupo. Junto a uma equipe de 40 profissionais, o grupo Erreway realiza mais de 10 apresentações no estádio de Tel Aviv, com um público superior a 160 mil pessoas e tendo todos os ingressos esgotados. Um mega recital, com direito a presença do elenco juvenil da série, fez com que milhares de jovens israelenses se encantassem mais ainda pela banda. O fato foi parar na rede de notícias americana CNN, que noticiava o cessar fogo dado pelas "guerrilhas" daquele país por causa da presença do elenco de Rebelde Way, uma trama argentina de sucesso em Israel. A influência da novela transformou um país arrasado por problemas econômicos e de segurança, os jovens de Israel passaram a falar castelhano, já que a novela era exibida em idioma original com legendas em hebraico. O sucesso "Rebelde Way", foi parar no parlamento israelense.

Na Argentina, o cd Tiempo já tinha chegado ao Disco Duplo de Platino. O single Tiempo, composto pela parceria inédita entre Cris, Gustavo Novello e Silvio Furmanski, se manteve por mais de 3 semanas nas paradas das rádios argentinas.

O website de Rebelde Way passa a receber mais de 9 mil visitas diárias.

O sucesso ficou pequeno para o CANAL 9, por isso eles anunciam a saída da novela da grade de programação. Apesar disso, o canal América TV, se interessa e passa a exibi-la em sua grade a partir de 30 de julho de 2003. Nesta época há uma pequena mudança no roteiro e toda a estrutura muda de local. Os atores viajam para Bariloche, a fim de ganhar tempo para as mudança estruturais e assim quando regressam a capital, tudo recomeça e volta à normalidade.

A agenda de shows do grupo lota e em Julho e Setembro de 2003, o grupo realiza uma turnê pela Peru e mais 11 cidades argentinas, além do Gran Rex, em Buenos Aires.

Com término da segunda e última temporada de Rebelde Way, a banda passa a focar o trabalho no filme Erreway 4 Caminos, rodado em Julho de 2004. Com isso, eles lançam o seu último trabalho em estúdio como Benja, Cami, Feli e Lu. Memoria (Memória), trazia as canções do filme e vendeu mais de 200 mil cópias na Argentina.

Em 8 de outubro de 2004, acontece um dos momentos mais emocionantes da história da banda. O grupo realiza um show no Velódromo Municipal de Montevidéu, no Uruguai, para 11 mil pessoas debaixo de uma tempestade de chuva. Com o repertório dos 3 CDs interpretados, mais uma música exclusiva em acústico. O dia ficou marcado e atualmente é comemorado desde 8 de outubro de 2007, como o Dia Internacional do Erreway.

A Argentina se despediu do grupo em 18 de outubro de 2004, num show realizado no ginásio Luna Park, na capital argentina. Tomando em punho uma guitarra, Felipe gritava: "Está proibido não gritar!".

O último show oficial da banda como quatro componentes, foi realizado na República Dominicana, no dia 24 de novembro de 2004 - às 20 horas. Após o show no Palacio de Los Deportes de Santo Domingo, a produtora Cris Morena Group, divulgou um comunicado informando a separação oficial da banda que por 2 anos obteve um enorme sucesso por onde passou. A partir daquele momento, Camila, Felipe, Benjamín e Luisana, se dedicariam a projetos sólos.

Memoria e separaçãoEditar

Ainda em 2004, Benjamín Rojas já estava protagonizando outra trama de Cris, era Floricienta (conhecida no Brasil por Floribella). Em Floricienta, Benja trabalhou até 2005, na segunda temporada. Luisana Lopilato, já tinha protagonizado duas séries de comédia para o Canal 13 e em 2005, foi para a Telefe onde fez Casados Con Hijos (versão argentina do original norte-americano Married With Children). Devido ao sucesso, Luisana fez novamente a segunda temporada no ano seguinte.

Para o resto do grupo, Camila Bordonaba protagonizou sua primeira novela fora dos braços de Cris Morena, em 2005. Em El Patrón de La Vereda, Camila cantava e tinha par romântico com um homem bem mais velho que ela. Já Felipe Colombo, foi para o mesmo canal que Camila, mas protagonizando em Doble Vida. Interpretando Saravia, Felipe teve que vir ao Rio de Janeiro gravar algumas cenas para novela que se passava, em seus primeiros capítulos, na Cidade Maravilhosa.

O RetornoEditar

Ainda que o grupo não existisse mais, a comercialização da novela - porta de entrada para o grupo Erreway - continuava a circular pelo mundo. Em 2005, a novela começava a ganhar forma de sucesso na Espanha. Ainda pela antiga Fox Kids, Rebelde Way já era exibida por lá. O grande estouro começou entre 2005 e 2006, enquanto na Argentina os quatro caminhos continuavam a atuar em suas novelas, por separados, Rebelde Way começava a ter sucesso entre os adolescentes espanhóis, já pelo canal Jetix (antigo Fox Kids).

Em 2006, o canal de tv por aberto Locália Televisión comprou os direitos de exibição. A partir daí, os que não tinham acesso a novela passaram a ver de segunda à sexta, às 19 horas, a trama que foi febre entre 2002 e 2003 na Argentina e em outros países. Outro canal copia o sucesso e também compra os direitos, assim sendo, a novela passa a ser exibida em 3 canais ao mesmo tempo na Espanha, uma das maiores concorrentes da Locália, Antena 3 compra os direitos da versão mexicana da novela, Rebelde, somente no ano seguinte.

O fenômeno Erreway se reacende 2 anos depois, no outro lado do Oceano Atlântico, novos fãs começam a surgir e os que já conheciam, voltam a falar da novela.

A gravadora espanhola Warner Music, obtém as músicas dos dois CDs da banda e lançam uma coletânea especial pelo país, em 14 de Fevereiro de 2006. Em menos de duas semanas, mais de 10 mil cópias são vendidas, Erreway já é Disco de Ouro, encerrando a vendagem em mais de 150 mil cópias. A Warner convida o elenco protagonista a vir ao país para realizar promoção do cd El Disco de Rebelde Way, que contém as músicas dos dois CDs Señales e Tiempo, além de um DVD com clipes da banda. A produtora Cris Morena Group, assina o acordo e Felipe e Camila aceitam ir para a Espanha, em Junho de 2006.

Felipe tinha recentemente estreado nos palcos argentinos ao lado de seu pai, Juan Carlos Colombo e Camila tinha recém saído da novela Gladiadores Del Pompeya. Benjamín e Luisana, não puderam ir porque estavam ocupados com as gravações de Alma Pirata, novela de Cris Morena para Telefe.

O sucesso que aconteceu 3 anos antes em Israel, volta desta vez na Espanha e o Erreway, volta a ganhar as páginas dos jornais e revistas de lá e também na Argentina, destacando a volta do sucesso mesmo com o fim da banda.

Na Espanha, Felipe e Camila viajam pelas principais cidades e realizam uma série de entrevistas para os meios de comunicação e também várias horas de autógrafos. Cerca de 5 mil fãs comparecem em uma das cidades que eles visitaram. A volta do grupo por completo, começa a ser comentado pelos fãs e logo acaba saindo da boca do próprio Felipe Colombo em entrevista para o programa 40' Pop, no canal Cuatro. "Já vemos uma possibilidade da gente, caso voltar a se reunir, vamos fazer com tempo, pois temos que nos lembrar das canções, temos que voltar ensaiar, para que possamos fazer um bom show e que nos divirta fazer e que divirta o público também", disse ele.

Já em Setembro daquele ano, os acertos são feitos e as negociações entre os ex-integrantes do grupo, Dori Media, a gravadora Warner e a criadora, Cris Morena, se avançam e assim fica acertado os primeiros passos para uma turnê especial naquele país. Camila, Felipe, Benjamin e Luisana são convocados para começarem os ensaios, porém Luisana não comparece e o empresário dela, seu pai, não concorda com o que foi combinado. A promoção dos shows começa a rolar pela Espanha (com a imagem dos 4 integrantes), e mais uma vez, Horacio Nieto está a frente da turnê.

Após vários boatos e comentários, sobre a ida ou não de Luisana à turnê, o mistério fica esclarecido com a presença de apenas 3 integrantes da nova formação. Fica provado o início da "nova fase" do grupo. Os fãs começam a denominar a banda como "Err3way".

Em Dezembro de 2006, Felipe, Camila e Benjamín desembarcam em Madrid e inicia uma série de shows por 4 cidades espanholas. No roteiro estão: Madrid, Murcia, Valencia e La Coruña. No dia 6 de dezembro de 2006, o grupo aterrissou num magnífico show na capital espanhola, Madrid, com o público estimado de 15 mil pessoas. O show histórico foi gravado e virou um especial de 2 horas transmitido pelo canal espanhol Locália no dia 25 de dezembro.

Esta turnê foi crucial para que a Warner fizesse uma proposta de gravar um novo disco. A volta da banda seria definitiva, a carreira seria impulsionada da Espanha para outros países e o novo cd já tinha um nome: "Vuelvo" (em português, "Volta").

A nova formaçãoEditar

Com a possibilidade de volta por definitivo da banda, os integrantes já tinham ajeitado suas agendas na Argentina para se dedicar as gravações do álbum e assim foi. Felipe Colombo e Camila Bordonaba começaram a atuar juntos na série de comédia "Son de Fierro", no Canal 13, no início de 2007 e após alguns meses, Camila saiu da trama. Cris Morena poupou Benjamín de um novo papel na televisão e a idéia de lançá-lo como cantor sólo está nos planos da empresária atualmente.

Especulações que uma nova turnê estaria sendo montado para setembro daquele ano aumentam e uma lista é divulgado pelos promotores da banda. Por falta de tempo, o grupo grava 5 novas canções e o resto do álbum será composto por canções do CD "Memoria", o último do quarteto lançado em 2004. O álbum "Vuelvo", seria lançado em meados de Agosto de 2007.

Os integrantes posam para fotos que saem na Revista Super Pop na Espanha e para promover a série de shows que ocorreria em Setembro, Camila, Felipe e Benjamín vão para o Festival Sunny Day, realizado na cidade de Valencia no dia 24 de julho. Mais de 3 mil fãs assistiram o que seria a última apresentação do grupo no Paseo de la Alameda, debaixo de um sol forte. O CD "El Disco de Rebelde Way" lançado exclusivamente na Espanha, alcança a marca de 80 mil cópias vendidas, recebendo o Disco de Platino.

Neste cenário, a banda Erreway divide o sucesso com a banda mexicana RBD, que também fazia turnê no mesmo tempo em que Erreway estava na cidade. Durante a turnê, o grupo argentino se encontra com o mexicano e ao contrário do que acontece com os fãs das duas séries pelo mundo virtual, os integrantes das duas bandas tem um encontro histórico e super simpático em uma boate da capital espanhola. Pedro Damián, produtor e responsável pelo também fenômeno RBD, ficou meio assustado com o encontro, mais gostou do que viu.

As datas são previamente marcadas, mas o fãs espanhóis ficam esperando até o dia em que um comunicado de afastamento do empresário da banda, Horacio Nieto, sair. A partir disso, tudo fica esclarecido que a banda não irá mais lançar o disco tão esperado. Os sites de fãs da banda recebem o comunicado, sobre a saída do empresário que por muito tempo acompanhou os integrantes em todas as turnês realizadas pelos países latinos e Europa Oriental.

Atualmente a banda não está fazendo apresentações e cada um dos integrantes estão se dedicando à projetos sólos.

FilmografiaEditar

Filmografia Integrantes
Camila Bordonaba Luisana Lopilato Benjamín Rojas Felipe Colombo
Papel
Chiquititas 98
(1998)
Patricia "Pato" Yago
Chiquititas
(1999–2001)
Camila Bustillo Luisana Mazza Bautista Arce Felipe Mejía
Chiquititas: Rincón de Luz
(2001)
Rebelde Way
(2002–2003)
Marizza Pía Spirito Mía Colucci Pablo Bustamante Manuel Aguirre
Erreway: 4 caminos
(2004)
Floricienta
(2004–2005)
Paloma/Julieta Mónaco Franco Fritzenwalden Miguel "Micki" Rojas
Alma pirata
(2006)
Allegra Rigantti Cruz Navarro
Son de Fierro
(2007–2008)
Karina Lucho Fierro
Atracción x4
(2008–2009)
Malena Lacalle Nina Lacalle
Atrapados
(2011)
Gonzalo Román
Mis amigos de siempre
(2013–2014)
Maximiliano "Maxi" Barraco Fidel Ríos
Mi hermano es un clon
(2018–2019)
Ignacio "Nacho" Carmona Luciano "Lucho"

Rebelde WayEditar

 Ver artigo principal: Rebelde Way

Rebelde Way é uma novela argentina produzida pela produtora Cris Morena Group e Yair Dori International (a atual Dori Media Group), transmitida pelo Canal 9 e América e exibida de 27 de maio de 2002 à 18 de dezembro de 2003. Rebelde Way é distribuído mundialmente pela Telefe International. Em meados de 2006, a mentora Cris Morena assina contrato de parceria com a Televisa Networks e a mesma, inicia a comercialização do produto e com Dori Media Group, aumenta a visibilidade do programa para o resto do mundo, isto válido para a maioria dos produtos realizados pela produtora de Cris.

Criada por Cris Morena, mesma autora de Chiquititas e Floricienta. A série foi dirigida por Cris Morena, Martín Mariani e Mauro Scandolari e escrita por Cris Morena, Patricia Maldonado, Gloria Leguizamón, Norberto Lewin, Andrea Martínez e Maque Lagos.

Conta a história de adolescentes de diferentes classes sociais que convivem em um exclusivo colégio de classe alta. Eles superam suas diferenças, conflitos e indecisões para superar os típicos problemas dos jovens, como: drogas, sexo, preconceitos e claro, o típico relacionamento entre pais e filhos. Protagonizados por jovens entre 14 e 18 anos, a história tem como pano de fundo, o famoso Elite Way School, na cidade de Buenos Aires.

Rebelde Way é a 'versão original do sucesso mexicano Rebelde (Televisa), exibido pelo SBT entre 2005 e 2006.

Erreway: 4 CaminosEditar

 Ver artigo principal: Erreway: 4 Caminos

Em 2004, RGB Entertainment Argentina e Viva Contenidos S.A., produziram o filme Erreway: 4 Caminos. Estrelado pelos próprios atores de Rebelde Way, o filme entrou em cartaz nos cinemas argentinos em 1º de Julho de 2004. Mais de 300 mil espectadores, assistiram a aventura final de Mia, Manuel, Marizza e Pablo.

DiscografiaEditar

Álbuns de EstúdioEditar

Álbum ao vivoEditar

ColetâneaEditar

DVDs da novelaEditar

  • 2007: Rebelde Way: 1ª temporada
  • 2007: Rebelde Way: 2ª temporada

DVD do filmeEditar

VendasEditar

Ano País Álbum Disco
2002 Argentina Señales Disco de Ouro (depois de vender mais de 50.000 cópias,)[5] e de platina.O álbum ultrapassou a marca de 120.000 cópias vendidas na Argentina, em apenas 7 dias chegou à 10 mil cópias.
2003 Argentina Tiempo Platino (40.000 cópias)obteve um grande êxito . O single "Tiempo", manteve-se durante 3 semanas em primeiro lugar nas rádios argentinas.[6]
2004 Argentina Erreway CD+DVD Platino (80 mil)[7]
2004 Argentina Memoria Ouro (100 mil cópias, assim ganhando o Disco de Ouro. mil)[8]Este álbum é considerado pelos integrantes do grupo como o melhor de todos. Contém canções mais maduras e tem uma melhor participação dos integrantes.

TurnêsEditar

Tour Señales (2002)
  1. "Rebelde Way"
  2. "Coullote Sexy"
  3. "Amor de Engaño"
  4. "Bonita De Más"
  5. "Dos Segundos"
  6. "Vale la Pena"
  7. "Sweet Baby"
  8. "Aún Ahora"
  9. "Pretty Boy"
  10. "Inmortal"
  11. "Perder un Amigo"
  12. "Te Soñé"
  13. "Mi Vida"
  14. "Rebelde Way" (Bis)
  15. "We Will Rock You" (Queen Cover)
  16. "Será Porque te Quiero"
  17. "Sweet Baby" (Bis)
  18. "Resistiré"
Tour Israel (2003)
  1. "Rebelde Way"
  2. "Bonita De Más"
  3. "Te Soñé"
  4. "Perder un Amigo"
  5. "Te Dejé"
  6. "Vale la Pena"
  7. "Sweet Baby"
  8. "Aún Ahora"
  9. "Pretty Boy"
  10. "Inmortal"
  11. "Mi Vida"
  12. "Tiempo"
  13. "No Soy Así"
  14. "Será Porque te Quiero"
  15. "Sweet Baby" (Bis)
  16. "Rebelde Way" (Bis)
  17. "Resistiré"
Tour Nuestro Tiempo (2003)
  1. "Para Cosas Buenas"
  2. "Vas a Salvarte"
  3. "Te Soñé"
  4. "Que"
  5. "Dije Adiós"
  6. "Nada Que Hablar"
  7. "Me Dá Igual"
  8. "Será Porque te Quiero"
  9. "No Se Puede Más"
  10. "No Estés Seguro"
  11. "Sweet Baby"
  12. "Inventos"
  13. "Pretty Boy"
  14. "Vamos al Ruedo"
  15. "Te Dejé"
  16. "Resitire" / "Bonita de Más"
  17. "Será de Dios"
  18. "Inmortal"
  19. "Mi Vida"
  20. "Rebelde Way"
  21. "Para Cosas Buenas" (Bis)
  22. "Tiempo
Tour Israel (2004)
  1. "Para Cosas Buenas"
  2. "Vas a Salvarte"
  3. "Memoria"
  4. "Te Soñé"
  5. "Que"
  6. "Dije Adiós"
  7. "Nada Que Hablar"
  8. "Me Dá Igual"
  9. "Será Porque te Quiero"
  10. "No Se Puede Más"
  11. "No Estés Seguro"
  12. "Sweet Baby"
  13. "Inventos"
  14. "Vamos al Ruedo"
  15. "Te Dejé"
  16. "Resitire" / "Bonita de Más"
  17. "Será de Dios"
  18. "Inmortal"
  19. "Mi Vida"
  20. "Rebelde Way"
  21. "Para Cosas Buenas" (Bis)
  22. "Tiempo

Referências

  1. Cristina Vega Garrandés (6 de julho de 2019). «Me gustaba tanto 'Rebelde Way' que me he ido a Argentina para sentirme como Marizza Spirito». Sensacine. Consultado em 6 de novembro de 2019 
  2. «Erreway se retira de la música» (em espanhol). El Universo. 9 de novembro de 2004. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  3. «"ERREWAY" ARRASA EN MADRID» (em espanhol). Chance. 11 de dezembro de 2016. Consultado em 6 de janeiro de 2019 
  4. «Erreway ‎– Señales». Discogs. 22 de julho de 2002. Consultado em 6 de novembro de 2019 
  5. Homepage CAPIF. <http://www.capif.org.ar>
  6. Homepage CAPIF. <http://www.capif.org.ar>
  7. Homepage CAPIF. <http://www.capif.org.ar>
  8. Homepage CAPIF. <http://www.capif.org.ar>

Ligações externasEditar