Diferenças entre edições de "Divisão celular"

1 byte removido ,  20h59min de 10 de outubro de 2017
m
Desfeita(s) uma ou mais edições de 186.210.189.172, com Reversão e avisos
m (Foram revertidas as edições de 179.186.37.123 para a última revisão de 186.210.189.172, de 00h25min de 17 de agosto de 2017 (UTC))
m (Desfeita(s) uma ou mais edições de 186.210.189.172, com Reversão e avisos)
 
==== Prófase I ====
Fase de grande duração, devido aos fenômenos que nela ocorrem e que não são observados na mitose. Os [[cromossomo]]s, já com as duas [[cromátide]]s individualizadas, tornam-se mais condensados. Ocorre o emparelhamento dos cromossomos homólogos ([[Sinapse (ciclo celular)|sinapse]] ou complexo sinaptonémico), formando um ''bivalente, díada cromossómica'' ou ''tétrada cromatídica'' (4 cromatídios). Durante a sinapse, podem surgir pontos de cruzamento entre as cromátides dos cromossomos homólogos, os [[Quiasma (genética)|quiasma]]s (ou ''quiasmata''), ao nível do qual pode ocorrer quebra das cromátides, levando asa trocas de segmentos dos bivalentes, o ''[[Cruzamento cromossómico|Crossing-over]]'', que contribui para o aumento da variabilidade dos descendentes.
 
Finalmente, desaparece o [[nucléolo]] e a [[carioteca]]. Os [[centríolo]]s migram para os pólos da célula e forma-se o [[fuso acromático]].
200 794

edições