Abrir menu principal

Alterações

85 bytes adicionados ,  00h14min de 7 de março de 2018
Há uma diversidade de definições do conceito de "folclore" e de "fato folclórico". Em geral elas reconhecem uma origem principalmente popular, mas influenciada em vários níveis pelas tradições cultas; um caráter espontâneo, de criação não programada; a tradicionalidade, ou seja, uma transmissão regular através das gerações; a funcionalidade, atendendo a uma necessidade objetiva de uma coletividade; e a aceitação coletiva, devendo constituir prática autêntica. A [[Unesco]] definiu folclore como "sinônimo de [[cultura popular]]", "representa a identidade social de uma comunidade através de suas criações culturais, coletivas ou individuais, e é também uma parte essencial da cultura de cada nação".<ref>Comissão Nacional do Folclore. ''Carta do Folclore Brasileiro''. Salvador, 1995</ref><ref>UNESCO. ''Recomendação sobre a Salvaguarda do Folclore''. Reunião de Praga, 1995</ref>
 
Como sinônimo da cultura popular, o folclore brasileiro é o rosto social e identitário de uma vasta população de cidadãos brasileiros, cada um deles possuindo sua própria história, e seus próprios referenciais culturais - pois nasceu em uma [[sociedade]] -, que constituem sua [[identidade]] como pessoa e como membro dessa sociedade: o folclore é, digamos, o cenário, o enredo geral e o acervo de apetrechos materiais e imateriais dos quais dependedependem oos atoratores humanohumanos para desempenhar o seu papel vital, elementos criados pelopelos própriopróprios atoratores e que não só estruturam e articulam a sua vida como em muito a definem, justificam e até pré-determinam, pois muitos deles foram herdados de seus ancestrais, colorem a cultura onde eleeles vivevivem e possuem força [[atavismo|atávica]], com raízes cuja origem se perde no tempo e transcende as fronteiras geográficas. Da combinação perene, viva e ininterrupta, dos cenários dee todosenredos ose atoresdas demaneiras umcomo dadoeles paísinteragem, se manifestam, se reproduzem e evoluem, surge a [[cultura]] deste povo, com todas as suas variantes regionais e locais, um mosaico multifacetado de expressões, modos de ser e entender o mundo e de com ele interagir.<ref name="Catenacci">Catenacci, Vivian. [http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-88392001000200005&script=sci_arttext "Cultura Popular: entre a tradição e a transformação"]. In: ''São Paulo em Perspectiva'', 2001; 15 (2). </ref><ref name="IBGE"/><ref name="Patrícia">Souza, Patrícia da Silveira. [http://www.ufjf.br/virtu/files/2010/04/artigo-2a1.pdf "Resgatando o Folclore Brasileiro"]. In: ''Anais do III Simpósio de Formação de Professores de Juiz de Fora''. Universidade Federal de Juiz de Fora, 22 a 24/09/2005.</ref>
 
O folclore inclui mitos, lendas, contos populares, ritos e cerimônias religiosos e sociais, brincadeiras, provérbios, adivinhações, as receitas de comidas, os estilos de vestuário e adornos, orações, maldições, encantamentos, juras, xingamentos, danças, cantorias, gírias, apelidos de pessoas e de lugares, desafios, saudações, despedidas, trava-línguas, festas, encenações, a gestualidade associada à intercomunicação oral, artesanato, medicina popular, os motivos dos bordados, música instrumental, canções de ninar e roda, e até mesmo maneiras de criar, chamar e dar comandos aos animais. A lista do que é folclore não se limita ao que vem do interior, inclui as expressões próprias da vida em cidades, lendas urbanas, os reclames dos vendedores de rua, os símbolos, modelos de arquitetura e urbanismo vernáculos.<ref name="Catenacci"/><ref name="IBGE"/><ref name="Patrícia"/> Na apresentação do folclore brasileiro oferecida pelo [[IBGE]], ''"através do folclore o homem expressa as suas fantasias, os seus medos, os melhores e piores desejos, de justiça e de vingança, às vezes apenas como forma de escapar àquilo que ele não consegue explicar"''. Todas essas manifestações se manifestam peculiarmente em cada cultura e diferem de região para região, e de indivíduo para indivíduo.<ref name="IBGE">[http://www.ibge.gov.br/ibgeteen/datas/folclore/home.html ''Dia Mundial do Folclore''] e páginas seguintes. IBGE, 2011</ref>