Diferenças entre edições de "Primeira Guerra Mundial"

26 bytes adicionados ,  14h31min de 2 de novembro de 2018
m
sem resumo de edição
m
O general [[Ferdinand Foch]] pressionou para usar as tropas estadunidenses que chegavam como substituições individuais, enquanto [[John J. Pershing]] quisesse enquadrar as unidades dos EUA como uma força independente. Estas unidades foram atribuídas aos comandos do Reino Unido e do Império Britânico em 28 de março. Um Conselho da Guerra Suprema das Forças Aliadas foi criado na [[Conferência de Doullens]] em 5 de novembro de 1917. O general Foch foi nomeado Comandante Supremo das Forças Aliadas. [[Douglas Haig]], [[Philippe Pétain]] e Pershing mantiveram o controle tático de seus respectivos exércitos; Foch assumiu um papel de coordenação e não de direção, e os comandos britânico, francês e estadunidense operavam, em grande medida, de forma independente.{{sfn|Moon |1996 |pp=495–196}}
 
Após a Operação Michael, a Alemanha lançou a [[Batalha de La Lys|Operação Georgette]] contra os portos do norte do [[Canal da Mancha]]. Os Aliados interromperam a campanha após ganhos territoriais limitados pela Alemanha. O exército alemão para o sul conduziu as [[Terceira Batalha de Aisne|Operações Blücher e Yorck]], chegando próximo a Paris. A Alemanha lançou a Operação Marne ([[Segunda Batalha do Marne]]) em 15 de julho, na tentativa de cercar [[Reims]]. O contra-ataque resultante, que iniciou a [[Ofensiva dos Cem Dias]], marcou a primeira ofensiva aliada bem-sucedida da guerra. Até 20 de julho, os alemães se retiraram em toda Marne até suas linhas iniciais, tendo conseguido pouco, e o Exército alemão nunca recuperou a iniciativa.{{sfn |Rickard |2007}}
 
==== Novos estados em zona de guerra ====