Diferenças entre edições de "Down in the River to Pray"

154 bytes adicionados ,  13h03min de 11 de abril de 2019
Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
m (ajustando datas, traduzindo nome/parâmetro nas citações, outros ajustes)
(Resgatando 1 fontes e marcando 0 como inativas. #IABot (v2.0beta14))
 
==Significado Social==
Em algumas versões, "no rio" é substituído por "para o rio". A frase "no rio" é significativa por duas razões. A razão mais óbvia é que a música tem sido frequentemente cantada em batismos ao ar livre (como o [[batismo]] de imersão total). Outra razão é que muitas músicas escravas continham mensagens codificadas para escapar. Quando os escravos escapavam, eles andavam no rio porque a água cobria seu cheiro dos cães caçadores de escravos.<ref>{{citar livro|último1 =Smith|primeiro1 =Jessie Carney|título=Encyclopedia of African American Popular Culture|data=2010|publicado=ABC-CLIO|isbn=9780313357978|página=466|url=https://books.google.com/books?id=10rEGSIItjgC&pg=PA466}}</ref> Da mesma forma, a "coroa estrelada" poderia se referir a navegar sua fuga pelas estrelas.<ref>{{citar web|título=Sweet Chariot: The Story of the Spirituals|url=http://www.spiritualsproject.org/sweetchariot/Freedom/coded.php|website=SpiritualsProject|acessodata=28 de Março de 2015|arquivourl=https://web.archive.org/web/20150403023136/http://www.spiritualsproject.org/sweetchariot/Freedom/coded.php|arquivodata=2015-04-03|urlmorta=yes}}</ref> E "Bom Deus, mostre-me o caminho" poderia ser uma oração pela orientação de Deus para encontrar a rota de fuga, comumente conhecida como "a Estrada de Ferro Subterrânea".
 
{{Referencias}}
230 298

edições