Abrir menu principal

Alterações

Resgatando 18 fontes e marcando 1 como inativas. #IABot (v2.0beta14)
Durante a [[Segunda Guerra Mundial]], a Tailândia adotou inicialmente uma [[País neutro|posição de neutralidade]], até que o [[Império do Japão]] exigiu o direito de mover tropas em todo o país até a fronteira com a Malásia. O Japão invadiu a Tailândia em 8 de dezembro de 1941, em coordenação com os ataques em toda a Ásia, e contactou o [[Exército Real Tailandês|Exército tailandês]] seis a oito horas antes de [[Plaek Pibulsonggram]] ordenar um [[armistício]]. Pouco tempo depois, foi concedida ao Japão a livre passagem pelo território do reino e, em 21 de dezembro de 1941, a Tailândia e o Japão assinaram uma aliança militar com um protocolo secreto, no qual Tóquio concordava em ajudar a Tailândia a recuperar territórios perdidos para os britânicos e franceses.<ref name="Wern">Werner Gruhl, ''[http://books.google.com/books?id=ow5Wlmu9MPQC&pg=PA112&dq&hl=en#v=onepage&q=&f=false Imperial Japan's World War Two, 1931–1945]'', Transaction Publishers, 2007 ISBN 978-0-7658-0352-8</ref> Posteriormente, os tailandeses declararam guerra aos [[Estados Unidos]] e ao [[Reino Unido]], em 25 de janeiro de 1942, e comprometeram-se em apoiar o Japão em sua guerra contra os Aliados, ao mesmo tempo em que mantinha um movimento de resistência antijaponesa ativo, conhecido como [[Forças tailandesas livres|Seri Thai]]. Cerca de 200.000 trabalhadores asiáticos (principalmente [[romusha]]) e 60.000 prisioneiros de guerra trabalharam na [[Ferrovia da Birmânia|Estrada de Ferro Thai-Burma]].<ref name="Wern" /> Entretanto, após a guerra, a Tailândia emergiu como um aliado forte dos Estados Unidos na região, apoiando-o em diversos momentos da [[Guerra Fria]].<ref name="História da Tailândia no século XX 1">{{citar web |url = https://www.fas.org/sgp/crs/row/RL32593.pdf |título = Thailand: Background and US Relations (em língua portuguesa: Tailândia: Fundo e as relações com os EUA) |data = 19 de junho de 2014 |publicado = Congressional Research Service |acessodata = 22 de maio de 2015 |autor = Chanlett-Avery, Emma | lingua = inglês | formato = PDF }}</ref><ref name="História da Tailândia no século XX 2">{{citar web |url = http://www.nbr.org/publications/element.aspx?id=546 |título = The United States-Thailand Alliance: Issues for a New Dialogue (em português: Os Estados Unidos e aliança com a Tailândia: Questões para um novo diálogo) |data = 18 de outubro de 2011 |publicado = The United States-Thailand Alliance: Issues for a New Dialogue |acessodata = 22 de maio de 2015 |autor = Dalpino, Catharin | lingua = inglês}}</ref>
 
Em 1997, a Tailândia foi atingida pela [[crise financeira asiática]], e o [[baht]] tailandês (moeda nacional) atingiu rapidamente um pico de 56 [[baht]]es por [[dólar dos Estados Unidos|dólar]], comparado à cotação de 25 bahtes por dólar anterior a 1997. Desde então, o bath recuperou grande parte da sua força e em maio de 2007 ficou em 32 bahtes por dólar americano.<ref name="História da Tailândia no século XX 5">{{citar web |url = http://www.columbia.edu/cu/thai/html/financial97_98.html |título = A Good Look at the Thai Financial Crisis in 1997-98 |data = 22 de fevereiro de 1999 |publicado = Columbia.edu |acessodata = 3 de março de 2016 |autor = Laplamwanit, Narisa | lingua = inglês}}</ref><ref name="História da Tailândia no século XX 77">{{citar web |url = http://www.colorado.edu/economics/courses/econ2020/6550/readings/Asian-currency.html |título = The Asian Currency Crisis |data = 5 de agosto de 2001 |publicado = Colorado.edu |acessodata = 3 de março de 2016 |lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160419204649/http://www.colorado.edu/economics/courses/econ2020/6550/readings/Asian-currency.html |arquivodata = 2016-04-19 |urlmorta = yes }}</ref>
 
Os [[golpe palaciano|golpes palacianos]] e os [[golpe militar|golpes militares]] marcaram a evolução política da Tailândia no século passado e neste, totalizando 12 levantes militares desde 1932,<ref name="pt">{{citar web|URL=http://www.publico.pt/mundo/noticia/exercito-assume-poder-na-tailandia-1636982#/0|título=Seis meses de crise política culminam em golpe militar na Tailândia|data=22/05/2014|publicado=Público pt}}</ref><ref name="Revolução siamesa, Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria na Tailândia 1">{{citar web |url = http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2014/05/golpe-militar-derruba-governo-da-tailandia-apos-seis-meses-de-crise.html |título = Golpe militar derruba governo da Tailândia, após seis meses de crise|data = 22 de maio de 2014 |publicado = Jornal Nacional|acessodata = 3 de março de 2016 }}</ref> tendo a monarquia apoiado alguns deles.<ref name="Revolução siamesa, Segunda Guerra Mundial e Guerra Fria 2">{{citar web | titulo = ''Thai junta leader says king endorses coup'' |url = http://news.yahoo.com/thai-junta-leader-says-king-endorses-coup-043136880.html | data = 25 de maio de 2014 | acessodata = 25 de maio de 2014| publicado = Yahoo News - Associeted Press | lingua = inglês }}</ref>
[[imagem:Chamber of the National Assembly of Thailand.jpg|thumb|Interior da [[Assembleia Nacional da Tailândia]]]]
 
Assim como a [[Espanha]], o [[Reino Unido]] e o [[Japão]], o país é uma [[monarquia constitucional]], isto é, um território onde o primeiro-ministro é o [[chefe de governo]] e onde o [[rei|monarca]] é o [[chefe de Estado]]. O [[poder executivo]] é exercido atualmente pelo primeiro-ministro general Prayut Chan-o-cha. O judiciário é independente do executivo e do legislativo. O reino é uma [[democracia]] [[parlamentarismo|parlamentar]], com uma legislatura bicameral eleita.<ref name="Política da Tailândia 11">{{citar web |url = http://ais.org.br/RelatorioLiberdadeReligiosa/pdf/Tailandia.pdf |titulo = Tailândia: Confissões religiosas |autor = Relatório de Liberdade Religiosa |data = 2013 |publicado = AIS |acessodata = 11 de setembro de 2015 | formato = PDF |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160303192837/http://ais.org.br/RelatorioLiberdadeReligiosa/pdf/Tailandia.pdf |arquivodata = 2016-03-03 |urlmorta = yes }}</ref>
 
Desde a [[Revolução Siamesa de 1932|reforma política]] da [[monarquia absoluta]] em 1932, a Tailândia teve 17 constituições.<ref name="Política da Tailândia 1">{{citar web|url= https://web.archive.org/web/20071009173856/http://www.parliament.go.th/files/library/b05.htm |titulo= Constituiton of the Kingdon of Thailand|publicado= Parliament |lingua= inglês |acessodata= 15 de dezembro de 2013 }}</ref> Ao longo deste tempo, a forma de governo variou de ditadura militar para a democracia eleitoral, mas todos os governos reconheceram um monarca hereditário como o chefe de Estado.<ref name="Política da Tailândia 2">{{citar web|url= https://www.adb.org/sites/default/files/publication/29149/csb-tha.pdf |titulo= Civil Society Briefs: Thailand|publicado= Asian Development Bank (ADB) |lingua= inglês |acessodata= 19 de setembro de 2016 | formato = PDF }}</ref><ref name="Política da Tailândia 3">{{citar web|url= http://web.archive.org/web/20080706035133/http://www.foxnews.com/story/0,2933,214562,00.html |titulo= Raw Data: List of Recent Coups in Thailand's History |data= 19 de setembro de 2006 |publicado= Fox News |lingua= inglês |acessodata= 15 de dezembro de 2013 }}</ref> Antes de 1932, o Reino de Sião não possuía uma legislação, com todos os poderes legislativos concentrados na pessoa do monarca. Esta era a política adotada desde a fundação do [[Reino de Sucotai]], no {{séc|XII}}. O rei era visto como um ''dharmaraja'' (literalmente: "rei que governa de acordo com o ''Dharma''", a lei budista de justiça). No entanto, em 24 de junho de 1932, um grupo de civis e militares criaram o [[Khana Ratsadon]] (Partido Popular Tailandês), responsável por realizar uma revolução sem derramamento de sangue, onde foram encerrados os 150 anos de domínio absoluto da [[Dinastia Chakri]]. Em seu lugar, o grupo defendia uma forma constitucional da monarquia com uma legislatura eleita.<ref name="Política da Tailândia 52">{{citar web|url= https://books.google.com.br/books?id=UaLeCwAAQBAJ&pg=PA94&dq=Khana+Ratsadon+Chakri+1932&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwj7zJShrtjPAhWKG5AKHVFSD8cQ6AEILTAC#v=onepage&q=Khana%20Ratsadon%20Chakri%201932&f=false |titulo= Social Work in East Asia |publicado = Books Google |data = 2014 |lingua= inglês |acessodata = 13 de outubro de 2016 |autor = Aspalter, Christian }}</ref><ref name="Política da Tailândia 53">{{citar web|url= https://books.google.com.br/books?id=wTa7CgAAQBAJ&printsec=frontcover&dq=Golden+Dragon+and+Purple+Phoenix:+The+Chinese+and+Their+Multi-Ethnic&hl=pt-BR&sa=X&ved=0ahUKEwi6te6vr9jPAhUFiJAKHVb2DlQQ6AEIHDAA#v=onepage&q=Golden%20Dragon%20and%20Purple%20Phoenix%3A%20The%20Chinese%20and%20Their%20Multi-Ethnic&f=false |titulo= Golden Dragon and Purple Phoenix: The Chinese and Their Multi-Ethnic |data = 2013 |lingua= inglês |acessodata = 13 de outubro de 2016 |autor = Choy, Lee Khoon }}</ref>
[[imagem:Khao phra viharn 001.png|thumb|esquerda|[[Templo Hindu de Preah Vihear|Templo de Preah Vihear]], objeto de um conflito de soberania entre Tailândia e Camboja.<ref name="Relações internacionais da Tailândia 11">{{citar web|url= http://g1.globo.com/mundo/noticia/2011/02/apos-5-mortes-camboja-e-tailandia-fazem-cessar-fogo-na-fronteira.html |titulo= Após 5 mortes, Camboja e Tailândia firmam cessar-fogo na fronteira |publicado= G1 Mundo |data= 5 de fevereiro de 2011 |acessodata= 10 de janeiro de 2015 }}</ref>]]
 
Apesar de ser considerada uma nação relativamente pacífica, a Tailândia mantém algumas disputas internacionais. Algumas de suas províncias localizadas no sul, tais como [[Pattani (província)|Pattani]], [[Yala (província)|Yala]] e [[Narathiwat (província)|Narathiwat]], tem registrado iniciativas separatistas nos últimos anos, o que levou o país a um controle maior e mais rígido na fronteira com a Malásia, com o objetivo de conter atividades insurgentes.<ref name="Forças Armadas da Tailândia 4" /> A fronteira do reino com o Laos também está entre as ações de instabilidade, principalmente no que trata sobre o controle de algumas ilhas no Mecom, e os dois países tem realizado negociações para concluir as demarcações territoriais entre ambos.<ref name="Forças Armadas da Tailândia 4" /> Porém, é com o [[Disputa de fronteira entre Camboja e Tailândia|Camboja que a Tailândia mantém a maior disputa internacional]] nos últimos anos. Os dois países disputam o controle da fronteira na região das ruínas do [[Templo Hindu de Preah Vihear|Templo de Preah Vihear]], que é parte integrante do Camboja atualmente, devido a uma decisão do Conselho Internacional de Justiça em 1962.<ref name="Relações internacionais da Tailândia 9">{{citar web |url =http://www.icj-cij.org/docket/files/151/17704.pdf
{{citar web |url = http://www.icj-cij.org/docket/files/151/17704.pdf |titulo = Request for Interpretation of the Judgement of 15 June 1962 in the Case Concerning the Temple of Preah Vihear (Cambodia v. Thailand) |data = 11 de novembro de 2013 |publicado = International Court of Justice |formato = PDF |lingua = inglês |acessodata = 10 de janeiro de 2015 }}</ref> A região disputada também é parte de um Património Mundial da ONU, e tanto a Tailândia quanto o Camboja recorreram às armas, iniciando um conflito armado em 2008.<ref|arquivourl name="Forças Armadas da Tailândia 4" https:/> Um acordo foi alcançado em dezembro de 2011, para a desocupação das tropas militares da área disputada, conforme decisão do Tribunal Internacional de Justiça/web.<ref name="Relações internacionais da Tailândia 9" archive.org/web/20131111173337/><ref name="Relações internacionais da Tailândia 10">{{citar notícia| url= http://www.bbc.coicj-cij.ukorg/newsdocket/world-asia-pacific-16294309files/151/17704.pdf |publicado=arquivodata BBC News |titulo= Thailand and Cambodia reach deal on temple border2013-11-11 |lingua=urlmorta inglÊs | data= 21yes de dezembro de 2011 |acessodata= 10 de janeiro de 2015}}</ref>
</ref> A região disputada também é parte de um Património Mundial da ONU, e tanto a Tailândia quanto o Camboja recorreram às armas, iniciando um conflito armado em 2008.<ref name="Forças Armadas da Tailândia 4" /> Um acordo foi alcançado em dezembro de 2011, para a desocupação das tropas militares da área disputada, conforme decisão do Tribunal Internacional de Justiça.<ref name="Relações internacionais da Tailândia 9" /><ref name="Relações internacionais da Tailândia 10">{{citar notícia| url= http://www.bbc.co.uk/news/world-asia-pacific-16294309 |publicado= BBC News |titulo= Thailand and Cambodia reach deal on temple border |lingua= inglÊs | data= 21 de dezembro de 2011 |acessodata= 10 de janeiro de 2015}}</ref>
 
== Subdivisões ==
Como uma potência econômica regional, o país é visto como uma [[Sistema económico|economia de âncora]] para os países vizinhos, especialmente Mianmar, Camboja e Laos. Em 2014, apresentou uma taxa de [[desemprego]] de 0,84%, de acordo com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social da Tailândia (NESDB), além de uma [[força de trabalho]] de mais de 38,26 milhões de pessoas (17ª maior do mundo).<ref name="CIA Economia">{{citar web |titulo = Economy of Thailand |obra=The World Factbook |publicado=Central Intelligence Agency |ano=2008 |url=https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/geos/br.html |acessodata=3/06/2008}}</ref><ref name="Economia da Tailândia 3">{{citar web|titulo = Labor force, total |url = http://data.worldbank.org/indicator/SL.TLF.TOTL.IN |acessodata = 19 de setembro de 2016 |data = 4 de janeiro de 2015 |publicado = Banco Mundial | lingua = inglês }}</ref>
 
O reino experimentou a maior taxa de crescimento econômico do mundo entre 1985 e 1996, com uma média de 12,4% ao ano.<ref name=WEOD>{{citar web|titulo=Thailand|url=http://www.imf.org/external/pubs/ft/weo/2012/01/weodata/weorept.aspx?pr.x=51&pr.y=10&sy=1980&ey=1984&scsm=1&ssd=1&sort=country&ds=.&br=1&c=578&s=NGDP_R%2CNGDP_RPCH%2CNGDPD&grp=0&a=|autor=World Economic Outlook Database, Abril de 2012|publicado=International Monetary Fund|data = agosto de 2012 |acessodata = 3 de outubro de 2015 }}</ref> Em 1997, a economia contraiu 1,9%, levando a uma crise financeira que resultou na desvalorização do [[baht]], moeda do país.<ref name="Baht">{{citar web |url = http://pt.db-city.com/Moeda/Baht |título = Baht (Moeda) |acessodata = 3 de outubro de 2015 |data = 26 de fevereiro de 2011 }}{{Ligação inativa|1={{subst:DATA}} }}</ref> O baht foi indexado em 25 dólares americanos de 1978 a 1997, atingindo seu ponto mais desvalorizado de 56 dólares em janeiro de 1998, período em que a economia contraiu 10,8%, desencadeando a crise financeira asiática.<ref name="Economia da Tailândia 4">{{citar web|titulo = How the baht was 'attacked' |url = http://thanong.tripod.com/11282001.htm|acessodata = 3 de outubro de 2015 |data = 28 de novembro de 2001 | publicado = Thanong Tripod | lingua = inglês }}</ref>
 
A economia tailandesa é fortemente dependente de exportações, com estas representando mais de dois terços do produto interno bruto (PIB). As exportações, em geral, exportam em média US$ 105 bilhões em bens e serviços por ano.<ref name="McCargoHong">{{citar periódico| doi = 10.1080/1463136042000221898|url=http://thaipolitics.leeds.ac.uk/files/2014/05/mccargo-and-krisadawan-2004.pdf|título= Contesting Isan‐ness: Discourses of politics and identity in Northeast Thailand|periódico= Asian Ethnicity| volume = 5|número= 2|páginas= 219|ano= 2004|último1 = McCargo |primeiro1 = D. |último2 = Hongladarom |primeiro2 = K. }}</ref> As principais exportações são provenientes do [[arroz]], têxteis e calçados, além de produtos da pesca, borracha, jóias, carros, computadores e aparelhos elétricos.<ref name="McCargoHong" /> O país tem sido o maior produtor mundial de arroz das últimas décadas.<ref name="Economia da Tailândia 1" />
(Casca) e 26,9 bilhões de toneladas de mandioca. Os produtos agrícolas constituem quase 18% das exportações da Tailândia.<ref name="Setor primário na Tailândia" /> Entre todos os países da região do Grande Mecom, é a Tailândia que tem a maior percentagem de terra arável (27,25%), com 55% desta sendo usada para a produção de arroz.<ref name="Terra arável da Tailândia">{{citar web|url = https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/fields/2097.html |titulo = CIA World Factbook – Greater Mekong Subregion |publicado = CIA |acessodata = 20 de fevereiro de 2016 | lingua = inglês }}</ref><ref name="IRRI Thailand 2">{{citar web|url = http://www.irri.org/science/cnyinfo/thailand.asp |arquivourl=https://web.archive.org/web/20080327095326/http://www.irri.org/science/cnyinfo/thailand.asp |arquivodata = 27 de março de 2008 |titulo = Rice Around The World: Thailand |publicado = IRRI |acessodata = 25 de abril de 2010}}</ref> A agricultura tem vindo a registar uma transição de mão de obra intensiva, além de métodos transitórios para um setor mais industrializado e competitivo.<ref name="Setor primário na Tailândia" /> Entre 1962 e 1983, o setor agrícola cresceu 4,1% ao ano em média, e continuou a crescer a 2,2% entre 1983 e 2007.<ref name="Setor primário na Tailândia" /> Todavia, a contribuição relativa da agricultura em relação ao PIB tem diminuído, enquanto as exportações de bens e serviços aumentaram.<ref name="Setor primário na Tailândia" />
 
O [[setor secundário]] caracteriza-se superficialmente, pela produção de aparelhos elétricos, componentes e componentes de computadores e veículos. A partir de 2012, a indústria automotiva do país foi a maior na Sudeste Asiático e a [[Lista de países por produção de veículos automóveis|décima-segunda maior do mundo]], estando a frente de países como [[Rússia]], [[Reino Unido]], [[Itália]], [[República Checa]] e [[Turquia]]. Em nível regional, é o quarto maior produtor de automóveis na Ásia - China, Japão, Coreia do Sul e Índia estão à frente - e o quarto também entre os países em desenvolvimento, superada apenas pela Índia, México e Brasil.<ref>Mazur, Eligiusz (2006). "World of Cars 2006-2007". Varsóvia: Media Connection Sp. z oo: 226. ISSN 1734-2945</ref><ref>{{citar jornal|url=http://thailand-business-news.com/business/43750-thailand-poised-to-surpass-car-production-target|título=Thailand poised to Surpass Car Production target|último =Languepin|primeiro =Olivier|data=3 de janeiro de 2013|obra=Thailand Business News|acessodata=20 de janeiro de 2013|arquivourl=https://web.archive.org/web/20130115152809/http://thailand-business-news.com/business/43750-thailand-poised-to-surpass-car-production-target|arquivodata=15 de janeiro de 2013}}</ref><ref name=OICA>{{citar web |título= Production Statistics |publicado= OICA (International Organization of Motor Vehicle Manufacturers) | url = http://oica.net/category/production-statistics/ |acessodata= 26 de novembro de 2012 |arquivourl= https://web.archive.org/web/20131106174001/http://www.oica.net:80/category/production-statistics/ |arquivodata=6 de2013-11-06 novembro|urlmorta= de 2013no }}</ref> O [[Indústria automotiva na Tailândia|sistema industrial automotivo tailandês]] tem uma produção anual perto de 1,5 milhões de veículos, estes sendo principalmente comerciais.<ref name=OICA /> A maioria dos veículos fabricados na Tailândia são desenvolvidos e licenciados por produtores estrangeiros, em especial japoneses e sul-coreanos. A indústria automóvel tailandesa aproveita a [[Área de Livre Comércio da ASEAN]] (AFTA) para exportar a maior parte de seus produtos. Oito fabricantes, sendo cinco japoneses, dois norte-americanos, e um indiano, produzem veículos picapes no reino, o que faz da Tailândia o segundo maior consumidor de caminhões pick-up no mundo, após os Estados Unidos.<ref name=Nikkei>{{citar web|autor = Takahashi, Toru |titulo = Thailand's love affair with the pickup truck |url =https://web.archive.org/web/20160427151411/http://asia.nikkei.com/magazine/20141127-Abenomics-on-the-ballot/Business/Thailand-s-love-affair-with-the-pickup-truck | acessodata = 4 de janeiro de 2015 |publicado = Nikkei Asian Review |data = 27 de novembro de 2014 | lingua = inglês }}</ref> De acordo com a [[Federação Tailandesa das Indústrias]], em 2015 foram fabricados 1.913.002 automóveis, a terceira maior quantidade nos últimos cinco anos. Deste total, 1.204.985 foram destinados à exportação.<ref name=Nikkei />
 
{{panorama|Bangkok Night Wikimedia Commons.jpg|800px|[[Banguecoque]], capital e centro comercial e industrial do país}}
O turismo representa cerca de 6% da economia do país. A Tailândia é o país mais visitado no Sudeste Asiático, de acordo com a Organização Mundial de Turismo. Entretanto, o setor acarreta diversas anomalias sociais para o reino, como a [[Prostituição na Tailândia|prostituição generalizada]] e o turismo sexual. Uma estimativa publicada em 2003 avaliou o setor turístico em torno de US$ 4,3 bilhões por ano, ou cerca de 3% da economia tailandesa.<ref name="Turismo na Tailândia 1">{{citar web|url = https://web.archive.org/web/20160705012540/http://www.theage.com.au/articles/2003/11/26/1069825832486.html?oneclick=true |titulo = Thailand mulls legal prostitution | data = 20 de novembro de 2003 |acessodata = 20 de fevereiro de 2016 | lingua = inglês }}</ref> De acordo com pesquisa realizada pela Universidade Chulalongkorn, na economia informal tailandesa, a prostituição e o turismo sexual no período entre 1993 e 1995, fez-se em torno de 2,7% do PIB. Acredita-se que pelo menos 10% dos dólares dos turistas estrangeiros são gastos no comércio sexual.<ref name="Turismo na Tailândia 2">{{citar web| autor = Martin, Lorna |titulo = Paradise Revealed |url = https://web.archive.org/web/20160426004750/http://www.taipeitimes.com/News/feat/archives/2006/01/25/2003290710/4 |publicado = Taipei Times |acessodata = 29 de janeiro de 2015 | lingua = inglês }}</ref>
 
Em 1967, o número de turistas era de, aproximadamente, {{formatnum|336000}} visitantes estrangeiros. Esta estimativa saltou para mais de 29 milhões de visitantes internacionais que visitaram a Tailândia em 2015.<ref>{{citar jornal|último1 =Tore|primeiro1 =Ozgur|título=Thailand greets 29 millionth visitor in 2015|url=http://ftnnews.com/other-news/29303-thailand-greets-29-millionth-visitor-in-2015.html|acessodata=25 de dezembro de 2015|obra=FTN News|data=2015-12-23}}</ref><ref>{{citar jornal|título=Thailand hoping to attract wealthier travellers|url=http://www.nationmultimedia.com/breakingnews/Thailand-hoping-to-attract-wealthier-travellers-30275657.html|acessodata=25 de dezembro de 2015|obra=The Nation|data=2015-12-25}}</ref> A duração média de estadia em 2007 foi de 9,19 dias, gerando um número estimado de 547 bilhões de baht, cerca de 11 mil milhões de euros.<ref name="www2.tat.or.th">[http://www2.tat.or.th/stat/web/static_index.php Tourism Authority of Thailand] {{Wayback|url=http://www2.tat.or.th/stat/web/static_index.php |date=20070928090155 }}. .tat.or.th (6 May 2008). Retrieved on 16 September 2010.</ref><ref name=DOT-2014>{{citar web |titulo = International Tourist Arrivals to Thailand 2014 (by nationality) |url = http://www.tourism.go.th/home/details/11/221/23044 |publicado = Department of Tourism (Thailand) |acessodata = 21 de setembro de 2016 | lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20150318015136/http://www.tourism.go.th/home/details/11/221/23044 |arquivodata = 2015-03-18 |urlmorta = yes }}</ref> Até meados de 2016, [[Han (etnia)|Chineses]], [[malaios]], [[japoneses]], [[Coreia do Sul|sul-coreanos]] e [[Laocianos|laosianos]] foram as nacionalidades que mais visitaram a Tailândia para fins de turismo. Entre os visitantes europeus, destacaram-se, no mesmo período, os [[russos]], [[Reino da Grã-Bretanha|britânicos]], [[alemães]] e [[franceses]]. Os [[Povo dos Estados Unidos|norte-americanos]] são, entre os de nacionalidade proveniente da América do Norte, os de maior quantidade em turistas. Na [[América Latina]], turistas [[brasileiros]] e [[argentinos]] são os mais presentes enquanto [[Demografia da África do Sul|sul-africanos]] são os de maior expressividade entre aqueles vindos da África.<ref name=DOT-Stats>{{citar web |titulo = Visitor Statistics, 1998–2014 |url = http://www.tourism.go.th/home/details/11/221/25516 |publicado = Department of Tourism Thailand |acessodata = 21 de setembro de 2016 |data = janeiro–julho de 2016 |lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160923014130/http://www.tourism.go.th/home/details/11/221/25516 |arquivodata = 2016-09-23 |urlmorta = yes }}</ref>
 
Os turistas asiáticos visitam principalmente Banguecoque e as atrações históricas, naturais e culturais nos arredores. Turistas ocidentais não só visitam Banguecoque, mas muitos viajam para as praias do sul e ilhas. O norte do país é o principal destino para caminhadas e viagens de aventura, com seus diversos grupos étnicos minoritários e montanhas arborizadas. A região que hospeda o menor número de turistas é o [[Isan]], no nordeste. Para acomodar os visitantes estrangeiros, o governo tailandês estabeleceu um sistema policial para o turismo, com escritório separado nas principais áreas turísticas e seu próprio número de telefone de emergência central.<ref name="Turismo na Tailândia 3">{{citar web|titulo = Thailand Tourist Information: Useful Calls |url = https://web.archive.org/web/20160721194306/http://www.thaiwaysmagazine.com/thailand/thailand_calls_important.html |publicado = Thaiways Magazine |acessodata = 29 de janeiro de 2015 | lingua = inglês}}</ref>
A rede ferroviária da Tailândia é gerido e operado pela [[Estrada de Ferro do Estado da Tailândia]] (''State Railway da Tailândia-SRT''). Existem 4.070 quilômetros de vias férreas, sem incluir linhas de transporte de massa em Banguecoque, sendo que entre estas, 28,8 quilômetros são eletrificados.<ref name="Transportes na Tailândia 7">{{citar web|url= https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/fields/2121.html#th |título = Country Comparison: Railways |publicado = The World Factbook |lingua= inglês|autor = Central Intelligence Agency (CIA) |data = 2013 |acessodata = 8 de setembro de 2016 }}</ref> Todos os serviços ferroviários nacionais são geridos pela Estrada de Ferro do Estado da Tailândia.<ref name="SRT-History">Rujopakarn, Wiroj (October 2003). "Bangkok transport system development: what went wrong?". Journal of the Eastern Asia Society for Transportation Studies. 5: 3302–15.</ref> As quatro linhas principais são a Linha do Norte, que termina em Chiang Mai, a Linha do Nordeste, que termina em Ubon Ratchathani e na fronteira com o Laos na província de Nong Khai, a linha do Leste, que termina na fronteira com o Camboja em Sa Kaeo e a Linha do Sul, que termina na fronteira com a Malásia, na província de Narathiwat. A [[Estação Ferroviária de Banguecoque]] (estação Hua Lamphong) é o principal terminal de todas as rotas. Há ligações ferroviárias a países vizinhos como a Malásia e Laos. A ligação ferroviária com o Camboja está sendo reconstruída e a com Mianmar foi extinta.<ref>Mahitthirook, Amornrat; Marukatat, Saritdet (22 December 2010). "Getting on track needs strong political will". Bangkok Post.</ref>
 
O transporte rodoviário no país liga todas as partes da Tailândia, sendo o meio de transporte mais usado para longas distâncias. Com um total de 180.053 quilômetros, incluindo 450 quilômetros de vias expressas, é dividido em, ao menos, três sistemas: a [[Malha rodoviária da Tailândia|malha rodoviária tailandesa]], a [[Rede de auto-estrada da Tailândia|rede de auto-estrada]] e o [[Sistema de via expressa da Tailândia|sistema de via expressa]]. A malha rodoviária inclui as estradas de quatro pistas, que possuem passarelas intercaladas de travessias de pedestres a cada 250 metros em áreas povoadas. Possui mais de 80 rotas, identificadas por números, mas que não seguem uma ordem numérica. Estas estradas são divididas em especiais, nacionais, rurais, locais e de concessão. A rede de auto-estrada é considerada pequena, e está limitada à região da capital, Banguecoque. O sistema de via expressa se configura numa rede de autoestradas, que servem a [[Região metropolitana de Banguecoque|Grande Banguecoque]] e províncias vizinhas. Diferentemente da malha rodoviária, as autoestradas são servidas por [[pedágio]]s.<ref name="Pedágios nas estradas da Tailândia">{{citar web | url = http://thaifinancialpost.com/2013/03/21/transport-minister-one-firm-will-run-all-high-speed-train-routes | titulo = Transport Minister: One firm will run all high-speed train routes | publicado = Thai Financial Post | data = 21 de março de 2013 | acessodata = 20 de setembro de 2016 | lingua = inglês | arquivourl = https://web.archive.org/web/20140202132943/http://thaifinancialpost.com/2013/03/21/transport-minister-one-firm-will-run-all-high-speed-train-routes/ | arquivodata = 2014-02-02 | urlmorta = yes }}</ref><ref name="Transportes na Tailândia 8">{{citar web|url= https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/fields/2085.html#th |título = Country Comparison: Roadways |publicado = The World Factbook |lingua= inglês|autor = Central Intelligence Agency (CIA) |data = 2013 |acessodata = 8 de setembro de 2016 }}</ref>
 
Na área de transporte aéreo, o país possui dez companhias aéreas nacionais e outras dezoito companhias que realizam voos comerciais para o país. O [[Aeroporto Internacional de Suvarnabhumi]] é o mais e mais movimentado do país, com um total de {{formatnum|52808013}} de passageiros em 2015, fazendo deste o [[Lista de aeroportos por número de passageiros|20º maior do mundo em número de passageiros]].<ref name="Vigésimo mais movimentado do mundo">{{citar web |url = http://www.panynj.gov/airports/pdf-traffic/ATR_2015.pdf |titulo = 2015 Airport Traffic Statistics |publicado = Port Authority of New York and New Jersey |data = 1 de abril de 2016 | acessodata = 7 de maio de 2016 | lingua = inglês }}</ref> O [[Aeroporto Internacional de Don Mueang]] também registra um número significativo de passageiros anualmente, com {{formatnum|30304183}} em 2015.<ref name="Aeroporto Internacional de Don Mueang">{{citar web |url = http://aot.listedcompany.com/misc/statistic/2016/20160125-aot-traffic-calendar-2015-12m.pdf |titulo = AOT Air Traffic Calendar Year 2015 |publicado = Aircraft Movements |data = 2015 | acessodata = 7 de maio de 2016 | lingua = inglês }}</ref> Onze aeroportos possuem movimentação de mais de um milhão de passageiros a cada ano. Há ainda, outros 101 aeroportos domésticos na Tailândia.<ref name="Transportes na Tailândia 6">{{citar web|url= https://www.cia.gov/library/publications/the-world-factbook/rankorder/2053rank.html#th |título = Country Comparison: Airports |publicado = The World Factbook |lingua= inglês|autor = Central Intelligence Agency (CIA) |data = 2013 |acessodata = 7 de maio de 2016 }}</ref>
[[imagem:อักษรศาสตร์ จุฬาฯ.JPG|thumb|esquerda|[[Universidade de Chulalongkorn]], fundada em 1917, é a mais antiga universidade no país]]
 
A [[educação]] é obrigatória na Tailândia desde 1921, e é dirigida e regulamentada pelo [[Ministério da Educação (Tailândia)|Ministério da Educação do país]], um dos órgãos de maior orçamento público.<ref name="Educação na Tailândia 1">{{citar web |url = http://www.ide.go.jp/English/Publish/Download/Report/2005/pdf/2005_04_15_07.pdf |título = The Development of Primay Education in Thailand and Its Presents Challenges: From Quantity to Quality through Effective Management |data = 2005 |lingua = inglês |formato = PDF |publicado = IDE |acessodata = 23 de setembro de 2014 |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160303205120/http://www.ide.go.jp/English/Publish/Download/Report/2005/pdf/2005_04_15_07.pdf |arquivodata = 2016-03-03 |urlmorta = yes }}</ref> A lei exige que o governo conceda educação básica gratuitamente aos cidadãos dos 5 aos 17 anos de idade, sendo que até os 14 anos o ensino é obrigatório.<ref name="Educação na Tailândia 1" /> Em 2012, foram registradas {{fmtn|16376906}} pessoas em idade escolar no sistema, sendo que apenas {{fmtn|13931095}} estavam regularmente matriculadas e frequentando o ensino escolar.<ref name="Educação na Tailândia 2">{{citar web |url= http://www.mis.moe.go.th/EIS/report_data.htm |título= Statistics Education |data= 2015 |lingua= tailandês |publicado= Ministério da Educação da Tailândia |acessodata= 16 de setembro de 2016 |arquivourl= https://web.archive.org/web/20160917085337/http://www.mis.moe.go.th/EIS/report_data.htm |arquivodata= 2016-09-17 |urlmorta= yes }}</ref> Entre estes estudantes, {{fmtn|2445811}} estavam frequentando o sistema de educação privado.<ref name="Educação na Tailândia 2" /> Em 2015, o Banco Mundial realizou um estudo em que sugere que cerca de um terço dos estudantes tailandeses com até 15 anos de idade são [[Analfabetismo funcional|analfabetos funcionais]].<ref name="Nation-20150604">{{citar web| titulo = Education reforms critical for the Thai economy, says World Bank |url = http://www.nationmultimedia.com/business/Education-reforms-critical-for-the-Thai-economy-sa-30261548.html | acessodata = 16 de setembro de 2016 | publicado = The Nation | autor =Banco Mundial |data = 4 de maio de 2015 | lingua = inglês }}</ref>
 
O sistema educacional tailandês é dividido em cinco níveis de ensino: [[Jardim de infância|jardim-de-infância]] (3-5 anos), [[ensino primário]] (6-11 anos), [[ensino secundário]] (15-17 anos), [[ensino superior]] (18 anos e acima) e [[pós-graduação]]. Complementam este sistema as escolas profissionais e técnicas. O setor educacional privado possui o mesmo sistema que o setor educacional público.<ref name="Educação na Tailândia 1" />
[[Imagem:Laan_Yaa.JPG|thumb|Universidade de Tecnologia Suranaree]]
 
A [[Agência Nacional de Desenvolvimento da Ciência e Tecnologia]] (NSTDA, em inglês) é responsável por apoiar a pesquisa e a ciência e tecnologia na Tailândia, estando ela submetida ao [[Ministério da Ciência e Tecnologia (Tailândia)|Ministério da Ciência e Tecnologia]].<ref name="Ciência e tecnologia na Tailândia 2">{{citar web |titulo = National Science and Technology Development Agency Profile |url = http://www.nstda.or.th/eng/index.php/about/nstda-in-brief |publicado = National Science and Technology Development Agency (NSTDA) |acessodata = 8 de setembro de 2016 | lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160809215323/http://www.nstda.or.th/eng/index.php/about/nstda-in-brief |arquivodata = 2016-08-09 |urlmorta = yes }}</ref> O Instituto de Pesquisa de Luz Síncrotron (SLRI) é a principal organização de apoio à pesquisa científica na [[fonte de luz síncrotron]], [[física]], [[química]] e ciências da vida.<ref name="Ciência e tecnologia na Tailândia 7">{{citar web|titulo = Flash Physics: Philae lander spotted, Diamond Light Source launches electron-microscopy lab, prizes for cosmology and fusion research
|url = http://physicsworld.com/cws/article/news/2016/sep/06/flash-physics-philae-lander-spotted-diamond-light-source-launched-electron-microscopy-lab-prizes-for-cosmology-and-fusion-research |publicado = Physics World |data = 6 de setembro de 2016 |acessodata = 8 de setembro de 2016 | lingua = inglês }}</ref> A [[Universidade de Tecnologia Suranaree]], em [[Nakhon Ratchasima]], também desempenha um papel importante no estudo científico tecnológico.<ref name="Ciência e tecnologia na Tailândia 7" />
 
 
A culinária tailandesa é formada por diversos elementos peculiares, combinando sabores adocicados, picantes, azedos, salgados e amargos.Os ingredientes comumente usados na gastronomia do país são o alho, pimenta, suco de limão, molho de peixe (nam pla), dentre outras matérias-primas e alimentos.<ref name="Culinária da Tailândia 1">{{citar web|url=http://www.yorku.ca/ycar/Publications/CCSEAS_Papers_2005/Sunanta.pdf |título=The Globalization of Thai Cuisine |primeiro =Sirijit |último =Sunanta |periódico=University of British Columbia |publicado=Paper presented at the Canadian Council for Southeast Asian Studies Conference, York University |local=Toronto |data=14–16 de outubro de 2005 |páginas=10–12 |urlmorta= sim|arquivourl=https://web.archive.org/web/20131226224151/http://www.yorku.ca/ycar/Publications/CCSEAS_Papers_2005/Sunanta.pdf |arquivodata=26 de dezembro de 2013 }}</ref><ref name="Culinária da Tailândia 7">{{citar web|url = http://wol.jw.org/pt/wol/d/r5/lp-t/102008249 |titulo = Experimente a culinária da Tailândia |publicado = Organização das Testemunhas de Jeová|acessodata = 21 de setembro de 2016 }}</ref> O arroz integral e o arroz polido está presente em boa parte dos pratos típicos, encontrado em diferentes formas como cozido, frito ou em sopa.<ref name="Culinária da Tailândia 1" /> As ervas medicinais são uma característica especial e um complemento nutricional, também bastante usado. O molho de peixe, em muitos pratos, é usado como substituto do sal. De acordo com estatísticas encontradas, os tailandeses consomem, em média, mais de 100 quilos de arroz pessoa anualmente.<ref name=IRRI_Thailand>{{citar web|url = http://www.irri.org/science/cnyinfo/thailand.asp |arquivourl = https://web.archive.org/web/20080327095326/http://www.irri.org/science/cnyinfo/thailand.asp |arquivodata = 27 de março de 2008 |titulo = Rice Around The World: Thailand |publicado = Irri.org |acessodata = 26 de agosto de 2016 }}</ref> Mais de 5.000 variedades de arroz da Tailândia são preservadas no banco de genes de arroz do [[Instituto Internacional de Investigação do Arroz]] (IRRI), sediado nas Filipinas.<ref>
{{PDFlink|[http://www.irri.org/media/facts/pdfs/THAILAND.pdf Cooperation of IRRI and Thailand]|38.7&nbsp;KB}} {{waybackCitar web |url= http://www.irri.org/media/facts/pdfs/THAILAND.pdf |datetitulo=Cópia arquivada |acessodata=2016-08-26 |arquivourl=https://web.archive.org/web/20050630115646/http://www.irri.org/media/facts/pdfs/THAILAND.pdf |arquivodata=2005-06-30 |dfurlmorta=yyes }}
</ref>
 
[[Imagem:Siamtheaterbangkok.jpg|thumb|esquerda|Cinema Siam, em Banguecoque, com o anúncio do filme ''[[Maha'lai muang rae]]'']]
 
O cinema e a produção de filmes tem uma longa história na Tailândia. O primeiro filme tailandês filmado no país é [[Miss Suwanna de Sião]], um romance de 1923 escrito e dirigido por [[Henry MacRae]].<ref name="Cinema da Tailândia 0">Sukwong, Dome and Suwannapak, Sawasdi. A Century of Thai Cinema, Thames and Hudson, 2001. ISBN 0-500-97603-1</ref> O filme é uma produção de 35 minutos em [[preto-e-branco]], com nenhum som emitido e o primeiro ambientado no país com o envolvimento de atores e atrizes tailandeses.<ref name="Cinema da Tailândia 1">{{citar web |url = http://thaifilm.com/articleDetail.asp?id=9 |titulo = ความรุ่งโรจน์ ของอุตสาหกรรมภาพยนตร์ยุคบุคเบิก (2470 - 2489) |publicado = Thai Film Foundation |lingua = tailandês |acessodata = 29 de fevereiro de 2016 |arquivourl = https://web.archive.org/web/20070929092920/http://thaifilm.com/articleDetail.asp?id=9 |arquivodata = 2007-09-29 |urlmorta = yes }}</ref>
 
Durante o período pós-1947, a produção e veiculação de filmes na Tailândia aumentou. Filmagens de estúdio estavam entre as principais obras de cinema que eram produzidas. Quando o país entrou na [[Segunda Guerra Mundial]], o país produzia, em média, 2 filmes por ano.<ref name="Cinema da Tailândia 1" /> Até o final da Segunda Guerra Mundial, a média de 2 filmes anuais foi diminuindo, com média de 16 minutos cada um destes, e o país entrou num estado de calamidade no setor. Muitos filmes têm demonstrado a Tailândia e o seu papel como um espelho político. Durante os anos 1973-1986, foram produzidos e veiculados vários filmes subsequentes, sendo que entre os anos 1988-1997, a indústria cinematográfica tailandesa passou a ter os adolescentes como alvos de suas produções. O gênero de filme adolescente, juntamente com filmes de suspense e pornografia, passaram a ter uma atenção e desenvolvimento maior no fim da década de 1990, quando um número cada vez maior de filmes e curta-metragens passou a ser produzido.<ref name="Cinema da Tailândia 0" />
A música popular da Tailândia pode ser dividida de acordo com suas respectivas regiões. No Nordeste, o folk evoluiu ao longo de milhares de anos, com materiais oriundos da floresta usados para reproduzir sons da natureza, como o barulho das cachoeiras, vento ou chuvas, a maioria dos quais sons curtos. Numa fase posterior, utilizando materiais como folhas sopradas de grama de bambu natural, fez-se soar uma vibração maior, com artigos de couro servindo de ferramenta para a criação de instrumentos com sons melódicos e altos, como o ''gamelan'' e o tambor. O ''kantrum'' foi uma espécie de dança surgida nesta parte do país, combinando elementos Khmer com música popular, além de performances e rituais, que serviam como principal atração em eventos sociais, especialmente funerais. A música folk do Isan é muito diferente das demais regiões. No sul, especula-se que os primeiros instrumentos musicais foram fabricados a partir de materiais também advindos da natureza, tais como sementes de frutos. Bambus eram cortados em vários tamanhos, alguns longos e alguns curtos, onde se colocava a boca diretamente neste ou coberto com folhas de plantas. Em seguida, houve o desenvolvimento de outros instrumentos, como o [[trompete]], [[bateria (instrumento musical)|bateria]] e [[pandeiros]], com a influência do Império Malaio. O desenvolvimento da bateria, no entanto, foi influenciado pela Índia. itas nacionalidades. Até que a fusão é única, diferente de outros sectores, nomeadamente a ênfase no ritmo e ênfase rítmica e agitação no empurrador. O tambor é tido como o principal instrumento de música na história desta região do país.<ref name="Música na Tailândia 2" />
 
Festivais de música na Tailândia são diversificados, e existem algumas áreas onde festas tradicionais são influenciadas por outros países.<ref name="Festivais na Tailândia 2">{{citar web|url = http://www.thaizer.com/thailand-events-festivals/ |titulo = Thailand Events & Festivals |publicado = Thaizer |lingua = inglês |acessodata = 30 de agosto de 2016 }}</ref> O [[Natal]] e o [[Ano Novo]] são comemorados no reino, embora não façam parte, historicamente, da cultura dos tailandeses. O [[Songkran]] (Ano-novo tailandês), [[Ano-novo chinês]], [[Phi Ta Khon]], [[Loy Krathong]], [[Festival Bun Bang Fai]], [[Festival da Flor de Chiang Mai]], [[Festival Vegetariano]] e o [[Festival de Jazz de Hua Hin]] são alguns dos principais eventos culturais na Tailândia.<ref name="Festivais na Tailândia 1">{{citar web |url = http://thaholiday.com/top-5-festivals-in-thailand/ |titulo = Top 5 festivals in Thailand |publicado = Tha Holliday |lingua = inglês |acessodata = 30 de agosto de 2016 |arquivourl = https://web.archive.org/web/20160819080154/http://thaholiday.com/top-5-festivals-in-thailand/ |arquivodata = 2016-08-19 |urlmorta = yes }}</ref><ref name="Festivais na Tailândia 3">{{citar web|url = http://www.thaiembassy.com/thailand/thailand-festival.php |titulo = Major Thai Festivals and Events |publicado = Thai Embassy |lingua = inglês |acessodata = 30 de agosto de 2016 }}</ref>
 
=== Esportes ===
[[imagem:Muay Thai match in Bangkok, Thailand.jpg|thumb|esquerda|O [[Muay thai]] é o esporte nacional do país]]
 
O reino tem sido chamado de "O centro do golfe na Ásia", pois é um destino popular para os praticantes do golfe.<ref name="Desporto na Tailândia 1">{{citar web|url= http://www.golfasia.com/golfthailand.php |titulo= Golf in Thailand by |publicado= Golfasia.com |lingua= inglês |acessodata= 10 de janeiro de 2015}}</ref> O país atrai um grande número de jogadores de golfe do Japão, Coreia, Singapura, África do Sul e também de países ocidentais.<ref name="Desporto na Tailândia 2">{{citar notícia|autor= Chawadee Nualkhair |url=http://www.reuters.com/article/lifestyleMolt/idUSTRE56913I20090710 |titulo=Thailand woos foreign golfers with sun, sand traps |publicado= Reuters |lingua= inglês |acessodata= 10 de janeiro de 2015 |data= 10 de julho de 2009}}</ref> A crescente popularidade do golfe, especialmente entre as classes médias e os expatriados, é evidente pelos mais de 200 campos de golfe de classe mundial existentes em todo o país,<ref name="Desporto na Tailândia 3">{{citar web |url= http://www.golf2thailand.com/golf_course_thailand.asp |titulo= Why to book with golf2thailand.com: Thailand Golf Courses Thailand Golf Packages |publicado= Golf2thailand.com |acessodata= 10 de janeiro de 2015 |arquivourl= https://archive.is/20120905150351/http://www.golf2thailand.com/golf_course_thailand.asp |arquivodata= 2012-09-05 |urlmorta= yes }}</ref> com alguns deles sediando eventos desportivos como os torneios de PGA e LPGA, no [[Amata Spring Country Club]], ''Alpine Golf and Sports Club'', ''Thai Country Club'', e ''Black Mountain Golf Club''.<ref name="Desporto na Tailândia 3" />
 
A [[Seleção Tailandesa de Futebol]], que representa a Tailândia nas competições de [[futebol]] da [[Federação Internacional de Futebol]] (FIFA), [[Lista de seleções que nunca participaram da Copa do Mundo de Futebol|nunca participou]] de uma edição de [[Copa do Mundo FIFA|Copa do Mundo]], por não obter classificação para a mesma.<ref name="Tailândia e a Copa do Mundo">{{citar web |url = http://esportes.terra.com.br/futebol/futebol-clube/blog/2013/11/21/copa-2014-tera-apenas-uma-estreia-130-paises-ainda-buscam-1%C2%BA-mundial/ | titulo = Copa 2014 terá apenas uma estreia; 130 países ainda buscam 1º Mundial |publicado = Esportes Terra |acessodata = 8 de setembro de 2016 | data = 21 de novembro de 2013 }}</ref> Seu melhor resultado foi o terceiro lugar, na sua primeira participação, em 1972. Seus títulos são todos em escala regional: foram três no [[Copa AFF Suzuki|Campeonato da ASEAN]] e nove nos [[Jogos do Sudeste Asiático]].<ref name="Tailândia e a Copa do Mundo 2">{{citar web |url = http://www.fifa.com/fifa-world-ranking/associations/association=tha/men/index.html | titulo = Thailand national football team |publicado = World Ranking FIFA |acessodata = 8 de setembro de 2016|lingua = inglês }}</ref>
 
Outros esportes são praticados no país, embora em menor número. O [[basquetebol]] está em crescimento, especialmente no nível clube desportivo profissional. Os ''Chang Thailand Slammers'' venceram a Liga de Basquetebol da ASEAN em 2011.<ref name="Basquetebol na Tailândia">{{citar web |url = http://www.aseanbasketballleague.com/teams/view/6/chang-thailand-slammers | titulo = Chang Thailand Slammers – AirAsia ASEAN Basketball League |publicado = ASEAN Basketball League Championship |acessodata = 2 de junho de 2012 |arquivourl = https://web.archive.org/web/20120605045404/http://www.aseanbasketballleague.com/teams/view/6/chang-thailand-slammers |arquivodata = 2012-06-05 |urlmorta = yes }}</ref> A seleção nacional de basquetebol da Tailândia teve seu ano mais bem sucedido nos Jogos Asiáticos de 1966, onde ganhou a medalha de prata.<ref name="Basquetebol na Tailândia 2">{{citar web |url = http://www.best-basketball-tips.com/thailand-basketball.html |titulo = Thailand Basketball |publicado = Best Basketball Tips |acessodata = 8 de maio de 2016 }}</ref> O [[snooker]] também tem desfrutado de uma crescente popularidade na Tailândia nos últimos anos, com o interesse no jogo sendo estimulado pelo sucesso do jogador de sinuca tailandês [[James Wattana]] na década de 1990.<ref>{{citar web |autor = HODGSON, Guy |data = 18 de abril de 1993 |titulo =Snooker: A storm coming in from the East: Thailand doesn't boast many world-beating sportsmen. But over the next fortnight James Wattana might just become one. Guy Hodgson reports |url=http://www.independent.co.uk/sport/snooker-a-storm-coming-in-from-the-east-thailand-doesnt-boast-many-world-beating-sportsmen-but-over-1455940.html | publicado = The Independent | acessodata = 8 de maio de 2016 | lingua = inglês }}</ref> Outros jogadores de snooker notáveis ​​produzidos pelo país incluem Ratchayothin Yotharuck, Noppon Saengkham e Dechawat Poomjaeng.<ref name="Sinuca na Tailândia 2">{{citar web | url = http://www.thenational.ae/business/industry-insights/finance/south-east-asians-proving-high-earners-on-the-tables |titulo = South East Asians proving high earners on the tables |autor = GOYDER, James |data = 11 de janeiro de 2014 |acessodata = 8 de maio de 2016 | lingua = inglês }}</ref> O [[rugby]] também se destaca, com a equipe nacional da união do rugby tailandês subindo para a 61ª classificação mundial e o país tornando-se o primeiro no mundo a sediar um torneio internacional de rugby em 2005.<ref>{{citar web |url = http://www.irb.com/unions/union=11000019/index.html |titulo = International Rugby Board – Thailand |publicado = International Rugby Board |acessodata = 25 de abril de 2010 | lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20110928002735/http://www.irb.com/unions/union%3D11000019/index.html |arquivodata = 2011-09-28 |urlmorta = yes }}</ref><ref>{{citar web |url = http://www.nationmultimedia.com/2005/07/19/sport/index.php?news=sport_18070310.html |titulo = Historic first match in Thailand |publicado = Nation Multimedia |acessodata = 25 de abril de 2010 | lingua = inglês |arquivourl = https://web.archive.org/web/20110425010652/http://nationmultimedia.com/2005/07/19/sport/index.php?news=sport_18070310.html |arquivodata = 2011-04-25 |urlmorta = yes }}</ref>
 
Há alguns espaços desportivos no país. O Thammasat é um estádio multiuso em Banguecoque, usado principalmente para jogos de futebol e com uma capacidade total para {{formatnum|25000}} pessoas. Está localizado no campus da Universidade Rangsit Thammasat e foi construído para os [[Jogos Asiáticos de 1998]], pela empresa de construção Christiani Nielsen, a mesma empresa que construiu o Monumento da Democracia em Banguecoque.<ref name="Desporto na Tailândia 7">{{citar web|url=http://www.thaifootball.com/stadium-tu.html |titulo=THAMMASAT STADIUM (Thammasat University Sport Complex, Rangsit Campus) |publicado= Thai Footbal |lingua= inglês |acessodata= 8 de setembro de 2016 |data= 10 de julho de 2009}}</ref> O [[Estádio Nacional Rajamangala]] é a maior arena esportiva na Tailândia. Atualmente, tem uma capacidade total para {{formatnum|65000}} pessoas e está localizado no distrito de Bang Kapi, em Banguecoque. O estádio foi construído em 1998, também para os Jogos Asiáticos de 1998 e é o estádio-sede da Seleção Tailandesa de Futebol.<ref name="Desporto na Tailândia 8">{{citar web|url=http://www.worldofstadiums.com/asia/thailand/rajamangala-national-stadium/ |titulo=Rajamangala National Stadium |publicado= World of Stadiums |lingua= inglês |acessodata= 8 de setembro de 2016 |data= 10 de julho de 2011}}</ref>
216 558

edições