Estádio do Paulista

estádio de futebol no Brasil
Disambig grey.svg Nota: Para Estádio do Paulista, veja Paulista (desambiguação).
Paulista
Estádio do Paulista
Nomes
Nome Estádio Paulista Esporte Clube
Apelido Paulista
Antigos nomes Hipódromo Sãocarlense e
Paulista
Características
Local Rua Episcopal, 2447 e Rua 28 de Setembro - Centro - São Carlos, SP, Brasil
Gramado Grama natural (103 x 67 m)
Capacidade 4.000 espectadores (originalmente 5.000)[1]
Construção
Data 1920 a 1921 (estádio)
Inauguração
Data 1912 (108 anos) (como hipódromo)
21 de abril de 1921 (99 anos) (inauguração como estádio)
7 de abril de 1957 (63 anos) (reinauguração do estádio)
Partida inaugural Paulista EC 2–2 Palestra Itália de Araraquara
Inauguração (Amistoso)
Bandeirantes 3–5 Palmeiras Reinauguração (Amistoso)
Recordes
Público recorde 8.988 pagantes
Data recorde 7 de agosto de 1966
Partida com mais público São Carlos Clube 4–4 Palmeiras
(Amistoso)
Outras informações
Remodelado 1956 a 1957 e 1964
Expandido 1966 e 1967
Fechado 1956
Demolido 1956 parcialmente
Proprietário São Carlos Clube
Administrador São Carlos Clube
Mandante Paulista EC (pioneiro)
CA Bandeirantes
São Carlos Clube (atual)

O Estádio Paulista Esporte Clube, também conhecido como Estádio do Paulista, ou simplesmente Paulista, é um estádio de futebol localizado na rua Episcopal, no município de São Carlos, no Estado de São Paulo, é propriedade do São Carlos Clube. Seu nome é originário do "extinto" Paulista Esporte Clube, que em 21 de março de 1951 foi incorporado oficialmente pelo São Carlos Clube.[2]

HistóriaEditar

O estádio foi construído entre 1920 a 1921, dentro do "Hipódromo" que já existia desde 1912, pelo Paulista que havia se juntado o Derby Club, e no local houve tanto "corridas de cavalos" como "jogos de futebol" até 1956.[3]

O estádio foi inaugurado em 21 de abril de 1921, em um jogo amistoso do Paulista Esporte Clube contra o Palestra Itália de Araraquara, jogo que terminou empatado em 2–2.

Em 1940 foi utilizado para os Jogos Aberto do Interior de 1940, nas modalidades de atletismo e sua quadra de cimento para o jogos de basquete.

Em 1956 o estádio foi demolido e construído um novo estádio no sentido contrário ao anterior e com pistas olímpicas, ou seja; no sentido norte-sul, como está atualmente, para a realização dos Jogos Abertos do Interior de 1957 e mantida a quadra de cimento e construída mais uma.[4][5]

Apesar de o estádio em si, estar sob a tutela do São Carlos Clube, na realidade ele deveria ter sido doado ao Asilo Municipal. Inicialmente o São Carlos Clube era em outra região da cidade, (perto da avenida Getúlio Vargas) e de alguma maneira ele trocou de local com o estádio Paulista Esporte Clube, que foi quando houve a incorporação em 1951. Essas informações podem ser verificadas com antigos moradores e jornais da cidade. Também há uma informação não verificada, que se o nome do time Paulista for retirado do estádio, ou da entrada do antigo estádio, o terreno terá de passar para o asilo.[6]

Jogos marcantes no estádioEditar

DimensõesEditar

  • O gramado de jogo do estádio em sua reinauguração teve dimensões de 106,50 m de comprimento por 70,40 m de largura. Atualmente, depois da modernização do gramado, as dimensões são de 103 x 67 m.
  • A iluminação do estádio foi inaugurada em 27 de fevereiro de 1966, em jogo amistoso entre São Carlos Clube 0–2 Ferroviária, gols anotados por Rossi e Teia. Posteriormente em 27 de julho de 1968, houve a inauguração de uma nova iluminação e também houve um jogo comemorativo entre São Carlos Clube 1–2 Ferroviária.
  • Foi remodelado por quatro vezes, a primeira vez em 1956 quando foi mudada a posição do campo, de sentido leste/oeste para norte/sul, a pista de atletismo e a construção da arquibancada coberta que existe ainda hoje mais a geral que não mais existe, a segunda foi em 1964 quando houve a retirada da antiga arquibancada, para adequar o estádio para que o São Carlos Clube disputasse a terceira divisão em 1965, a terceira foi em 1966 quando da colocação das torres de iluminação e aumentada a capacidade para 8 mil pessoas, em 1967 para aumentar a capacidade para dez mil pessoas, e em 1968 inaugurou um novo sistema de iluminação com novos refletores mais potentes.
  • O estádio foi usado pela cidade nos Jogos Abertos do Interior de 1940 e Jogos Abertos do Interior de 1957, que foram realizados em São Carlos, nas provas de atletismo, junto com sua quadra de cimento para basquetebol.
  • Hoje, após a demolição da maior parte da arquibancada geral, o estádio possui capacidade para no máximo quatro mil pessoas, somando a capacidade da arquibancada coberta e a curva sul que não foi demolida.

Ver tambémEditar

Referências

BibliografiaEditar

  • Enciclopédia do Futebol Brasileiro, Volume 2 - Lance, Rio de Janeiro: Aretê Editorial S/A, 2001.
  • Museu - Club Athletico Paulistano
  • Almanaque do Corinthians, Revista Placar.
  • Almanaque do Palmeiras, Revista Placar.
  • Almanaque do São Paulo, Revista Placar.
  • Acervo Folha da Manhã, dia 23/03/1926, página 6, caderno único.

Ligações externasEditar

  Este artigo sobre estádios de futebol do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.