Estêvão Vladislau I da Sérvia

Disambig grey.svg Nota: Para outras pessoas de mesmo nome, veja Estêvão I.
Estêvão Vladislau I
Rei da Sérvia
Reinado 1234 - 1243
Antecessor Estêvão Radoslau
Sucessor Estêvão Uresis I
 
Consorte Beloslava da Bulgária
Dinastia Nemanjić
Nome de nascimento Стефан Владислав
Nascimento c.1198
  Ráscia
Morte depois de 1264
  Zeta
Pai Estêvão I da Sérvia
Mãe Eudokia

Estêvão Vladislau I (cirílico sérvio: Стефан Владислав; c. 1198 - após 1264) foi o rei da Sérvia de 1234 a 1243. Era o filho do meio de Estêvão, o primeiro coroado da dinastia nemânica, que governou a Sérvia de 1196 a 1228. Radoslau, filho mais velho de Estêvão, o Primeiro-Coroado, foi deposto pela nobreza sérvia devido ao aumento da influência epirota através de sua aliança de casamento com Teodoro Comneno Ducas. Vladislau foi apontado como seu sucessor. Ele é comemorado como São Vladislau pela Igreja Ortodoxa Sérvia.

Durante o reinado de Vladislau, seu tio Arcebispo Sava foi em peregrinação e morreu na Bulgária, a caminho de casa. Vladislau obteve os restos mortais e os enterrou no mosteiro de Mileševa, que ele havia construído para ser o seu local de sepultamento. A Sérvia estava politicamente alinhada com a Bulgária na época, desde que Vladislau casou com Beloslava, filha de Ivan Asen II. Vladislau garantiu Hum, uma província marítima sob ataque de cruzados húngaros.

Após a morte de Ivan Asen II, houve agitação na Sérvia. Os mongóis, liderados por Cadã, invadiram a Hungria e devastaram os Bálcãs, quando a nobreza sérvia se levantou contra Vladislau. Em 1243, ele abdicou em favor de seu irmão mais novo, mas permaneceu o governante de Zeta.

Foi descrito como muito enérgico, confiável e temperamental. A Igreja Ortodoxa Sérvia o venera como santo em 24 de setembro [O.S. 7 de outubro].

Primeiros anosEditar

O pai de Vladislau, Estevão, e os irmãos Radoslav e Uroš.

Vladislav nasceu por volta de 1198. Seus pais eram o rei Estevão, o primeiro-coroado, e a rainha Eudokia. Seus irmãos eram Estevão Radoslav (n. 1192) e Predislav (n. 1201), e um meio-irmão mais novo e agnado, Estevão Uroš I (n. 1223). Ele também tinha duas irmãs, sendo Komnena a única cujo nome é conhecido.

O rei Estevão, o primeiro-coroado, que adoeceu, fez votos monásticos e morreu em 1227. Radoslav, o filho mais velho, tornou-se rei e foi coroado em Žiča por seu tio, arcebispo Sava. Os irmãos mais novos de Radoslau, Vladislau e Uresis, receberam apanagens. Sava II (Predislav) foi nomeado bispo de Hum logo depois, servindo posteriormente como arcebispo da Sérvia de 1263 a 1270.[1] A Igreja e o estado eram assim controlados pela mesma família e os laços entre os dois continuavam.[2]

Referências

  1. Fine 1994, p. 135
  2. Fine 1994, p. 136

BibliografiaEditar