Abrir menu principal
Eugène Pottier
Nascimento 4 de outubro de 1816
Paris
Morte 6 de novembro de 1887 (71 anos)
Paris
Sepultamento cemitério do Père-Lachaise
Cidadania França
Etnia franceses
Ocupação poeta, político, escritor, communard, desenhista
Magnum opus A Internacional

Eugène Pottier (Paris, 4 de outubro de 1816 - Paris, 6 de novembro de 1887) foi um poeta, operário e militante anarquista francês, que escreveu a letra da Internationale.[1]

Participou da Comuna de Paris, sendo eleito maire (representante) do 2º bairro.[2] Após a derrota da Comuna, viveu clandestinamente em Paris, onde escreveu, em junho de 1871 o poema que deu origem à Internacional, que depois recebeu a música de Pierre Degeyter.[3] Exilou-se na Inglaterra no ano seguinte.

Em 1887, publicou uma coletânea de seus poemas, Chants révolutionnaires, entre os quais A Internacional e Elle n'est pas morte ("Ela não está morta"), também em referência à Comuna.[4] Morreu no ano seguinte. Seu corpo foi enterrado no cemitério de Père Lachaise.

O cantor francês Sébastien Ducret gravou em 2010 o álbum Quel est le fou?, contendo 20 canções com letras de Pottier.[5]

Referências

  1. GONON, J.F. Histoire de la chanson stéphanoise et forézienne depuis son origine jusqu'à notre époque. Union typographique (Saint-Étienne), 1906, pág. XXVI (em francês)
  2. 5 - A Internacional. MiniWeb Educação
  3. A origem do hino A Internacional. Núcleo Piratininga
  4. Música e revolução na Vírus de setembro. Esquerda.net, 17 de detembro de 2008
  5. Accueil. Quel est le fou? (em francês)

Ligações externasEditar