Filosofia antiga

Filosofia antiga é o período da história da filosofia que compreende o surgimento da filosofia na Jônia, no século VI a.C., até o fim da antiguidade, no momento posterior à queda do Império Romano do Ocidente.[1]

Originalmente, todas as áreas que hoje denominamos ciências faziam parte da Filosofia: expressão, no mundo grego, de um conjunto de saber nascido em decorrência de uma atitude. E, de fato, tanto Platão, no Fédon, quanto Aristóteles, na Metafísica, puseram na atitude admirativa, no admirar tò thaumázein, e também no páthos ("um tipo de afetação, que pode ser definido como um estranhamento"), a archê da Filosofia. "No Teeteto, Sócrates diz a Teodoro que o filósofo tem um páthos, ou seja, uma paixão ou sensibilidade que lhe é própria: a capacidade de admirar ou de se deixar afetar por coisas ou acontecimentos que se dão à sua volta".[2] O thaumázein, assim como o páthos, têm a ver com "um bom ânimo ou boa disposição (...) que levou certos indivíduos a deixar ocupações do cotidiano para se dedicar a algo extraordinário, a produção do saber: uma atividade incomum, em geral pouco lucrativa, e que nem sequer os tornava moralmente melhores que os outros.".[2]

Pensamento antes da filosofiaEditar

Surgimento do 'filósofo'Editar

Pré-socráticosEditar

 Ver artigo principal: Filosofia pré-socrática

JôniaEditar

 Ver artigo principal: Escola jônica

PitagóricosEditar

 Ver artigos principais: Escola pitagórica e Pitágoras

HeráclitoEditar

 Ver artigo principal: Heráclito

EleatasEditar

 Ver artigo principal: Escola eleática

AtomismoEditar

 Ver artigo principal: Atomismo
 Ver também: Demócrito, Leucipo e Hipócrates

PluralistasEditar

 Ver artigo principal: Escola pluralista
 Ver também: Empédocles e Anaxágoras

SofísticaEditar

 Ver artigo principal: Escola sofística
 Ver também: Protágoras e Górgias

SócratesEditar

 Ver artigo principal: Sócrates

MegáricosEditar

CínicosEditar

 Ver artigo principal: Cinismo

CirenaicosEditar

 Ver artigo principal: Escola cirenaica

Platão e a AcademiaEditar

 Ver artigos principais: Platão e Academia de Platão

Aristóteles e os PeripatéticosEditar

 Ver artigos principais: Aristóteles e Escola peripatética

Peripatéticos após AristótelesEditar

 Ver artigo principal: Peripatéticos

Período HelenísticoEditar

 Ver artigo principal: Filosofia helenística

EstoicismoEditar

 Ver artigo principal: Estoicismo

Estoicismo antigoEditar

 Ver também: Zenão e Crisipo de Solos

LógicaEditar

FísicaEditar

ÉticaEditar

EpicurismoEditar

 Ver artigos principais: Epicurismo e Epicuro

LógicaEditar

FísicaEditar

ÉticaEditar

CeticismoEditar

 Ver artigo principal: Ceticismo antigo

NeoplatonismoEditar

 Ver artigo principal: Neoplatonismo

Filosofia romanaEditar

 Ver também: Cícero e Virgílio

LucrécioEditar

 Ver artigo principal: Lucrécio

Marco AurélioEditar

 Ver artigo principal: Marco Aurélio

EpitetoEditar

 Ver artigo principal: Epiteto

SênecaEditar

 Ver artigo principal: Sêneca

PlutarcoEditar

 Ver artigo principal: Plutarco

PlotinoEditar

 Ver artigo principal: Plotino

Primórdios da filosofia cristãEditar

Cruzamentos entre cristianismo e paganismoEditar

 Ver artigo principal: Patrística

ReferênciasEditar

  1. Gill & Pellegrin 2006, Introdução.
  2. a b SPINELLI, Miguel. Questões Fundamentais da Filosofia Grega. São Paulo: Loyola, 2006, pp.77-78

BibliografiaEditar

  • Shields, Christopher (2012). Ancient Philosophy - A contemporary introduction (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 978-0-415-89659-7 
  • Shields, Christopher, ed. (2003). The Blackwell Guide to Ancient Philosophy (em inglês). [S.l.]: Blackwell. ISBN 978-0-631-22215-6 
  • Ierodiakonou, Katerina, ed. (2002). Byzantine Philosophy and its Ancient Sources (em inglês). [S.l.]: Oxford University Press 
  • Vesperini, Pierre (2019). La philosophie antique - Essai d'histoire (em francês). [S.l.]: Fayard. ISBN 978-2-213-68007-1 
  • Dumond, Jean-Paul (2012). La philosophie antique (em francês). [S.l.]: Presses Universitaires de France  Texto "ref-harv" ignorado (ajuda)
  • Mattéi, Jean-François (2015). La pensée antique (em francês). [S.l.]: Presses Universitaires de France 
  • Gill, Mary Louise; Pellegrin, Pierre, eds. (2006). A companion to ancient philosophy (em inglês). [S.l.]: Blackwell 
  • Johansen, Karsten Friis (1998). A history of ancient philosophy: from the beginnings to Augustine (em inglês). [S.l.]: Routledge 
  • Warren, James; Sheffield, Frisbee, eds. (2014). Routledge companion to ancient philosophy (em inglês). [S.l.]: Routledge. ISBN 978–0–415–99126–1 Verifique |isbn= (ajuda) 
  Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.