Abrir menu principal

Folhadela

freguesia de Vila Real, Portugal
Portugal Portugal Folhadela 
  Freguesia  
Símbolos
Bandeira de Folhadela
Bandeira
Brasão de armas de Folhadela
Brasão de armas
Localização
Localização no concelho de Vila Real
Localização no concelho de Vila Real
Folhadela está localizado em: Portugal Continental
Folhadela
Localização de Folhadela em Portugal
Coordenadas 41° 16' 49" N 7° 44' 25" O
País Portugal Portugal
Concelho Vila Real brasão.gif Vila Real
Administração
Tipo Junta de freguesia
Presidente Manuel Adolfo Salgueiro Libório (PS)
Características geográficas
Área total 16,06 km²
População total (2011) 2 261 hab.
Densidade 140,8 hab./km²
Código postal 5000–(101 a 105) Vila Real
Outras informações
Orago Santiago

Folhadela é uma freguesia portuguesa do concelho de Vila Real, de perfil semi-urbano,[1] com 16,06 km² de área[2] e 2 261 habitantes (2011[3]), situada na margem esquerda do Rio Corgo. Das 20 freguesias do concelho resultantes da reorganização administrativa de 2012/2013,[4] é a 11.ª em área, a 7.ª em população residente e a 6.ª em densidade populacional (140,8 hab/km²).

Inclui no seu território os seguintes lugares: Barreiros, Bustelo, Folhadela (sede), Pala, Paúlos, Penelas (aldeia partilhada com a vizinha freguesia de Nogueira e Ermida), Portela, Sabroso e Vila Nova[5]; Vila Nova é por vezes dividida em Vila Nova de Baixo e Vila Nova de Cima.

Folhadela é uma das freguesias periurbanas de Vila Real (confronta com a freguesia urbana de Vila Real). Nela fica ainda situado o Aeródromo de Vila Real e grande parte do campus da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

População da freguesia de Folhadela (desde 1801)
1801

[6]

1849

[7]

1864

[8][9]

1878

[8][10]

1890

[8][11]

1900

[8][12]

1911

[8][13]

1920

[8][14]

1930

[8][15]

1940

[8][16]

1950

[8][17]

1960

[8]

1970

[18]

1981

[19]

1991

[20]

2001

[21]

2011

[3]

942 1 051 1 429 1 435 1 435 1 588 1 778 1 765 2 092 2 474 2 273 2 011 1 587 1 821 1 595 1 897 2 261
Nota: a freguesia de Folhadela sofreu perdas territoriais em 1960.
Distribuição da População por Grupos Etários em 2001 e 2011
Idade 0-14 15-24 25-64 > 65 0-14 15-24 25-64 > 65
2001 288 259 1.002 348 15,2% 13,7% 52,8% 18,3%
2011 322 284 1.224 431 14,2% 12,6% 54,1% 19,1%

HistóriaEditar

O primeiro nome conhecido para a freguesia é Vila Nova de Panóias, havendo referências a ela anteriores a 1180. Em 1290 figura, pela primeira vez, como «freyguesia de Santiago de Villa Nova». Pelo foral de 1293, a freguesia passou a integrar o termo de Vila Real, estabelecido quatro anos antes.[22]

Em 1530, Vila Nova era ainda sede da freguesia, que integrava lugares actualmente pertencentes às freguesias vila-realenses de Nogueira e Ermida e Vila Real, e ainda ao concelho de Peso da Régua. No século XVIII a sede mudou-se de Vila Nova para Folhadela, provocando a alteração do nome da freguesia.

Tal como todas as demais terras pertencentes aos Marqueses de Vila Real, Folhadela passou em 1641 para a posse da Coroa, quando o Marquês e o seu herdeiro foram executados sob acusação de conjura contra D. João IV. Em 1654, passou a integrar o património da recém-criada Sereníssima Casa do Infantado, situação que se manteve até à extinção desta, aquando das reformas do Liberalismo.

Pertenceram à freguesia de Folhadela diversos lugares da margem esquerda do Corgo integrados na (entretanto extinta) freguesia de São Pedro desde 1960: Raposeira, Meia-Laranja, Tourinhas, Nossa Senhora de Lurdes, o resto do campus da UTAD.

Património CulturalEditar

  • Marco granítico n.º 56 e 57 [1]
  • Marco granítico n.º 60 [2]
  • Marco granítico n.º 61 [3]
  • Marco granítico n.º 62 [4]
  • Marco granítico n.º 63 [5]
  • Marco granítico n.º 64 [6]
  • Marco granítico n.º 65 [7]
  • Marco granítico n.º 66 [8]
  • Marco granítico n.º 67 [9]
  • Marco granítico n.º 59 [10]
  • Marco granítico n.º 58 [11]

Outro PatrimónioEditar

  • Santuário de Nossa Senhora de Lurdes construído em 1908, quando se comemoravam cinquenta anos da aparição da Senhora a Bernadete Soubirou, em Lourdes, França (1868).

Notas e Referências

  1. INE (1997) — "Tipologia Urbano/Rural (para fins estatísticos)".
  2. Instituto Geográfico Português, Carta Administrativa Oficial de Portugal (CAOP), versão 2013 Arquivado em 9 de dezembro de 2013, no Wayback Machine. (ficheiro Excel zipado)
  3. a b INE (2012) – "Censos 2011 (Dados Definitivos)", "Quadros de apuramento por freguesia" (tabelas anexas ao documento).
  4. Diário da República, Reorganização administrativa do território das freguesias, Lei n.º 11-A/2013, de 28 de janeiro, Anexo I.
  5. Não confundir com a aldeia homónima da freguesia da Campeã.
  6. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – "Os Recenseamentos da População Portuguesa de 1801 e 1849: Edição crítica, vol. I" (Censos 1801), p. 241 (ficheiro: p. 250).
  7. Luís Nuno Espinho da Silveira, coord. (2001) – idem, vol. III (Censos 1849), p. 788 (ficheiro: p. 133).
  8. a b c d e f g h i j INE (1964) – "X Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes às 0 horas de 15 de Dezembro de 1960. Tomo I, volume I" (Censos 1960), p. 90 (ficheiro: p. 116).
  9. Estatística de Portugal (1868) – "População: Censo no 1.º de Janeiro 1864" (Censos 1864), p. 231 (ficheiro: p. 257).
  10. Estatística de Portugal (1881) – "População no 1.º de Janeiro 1878 (parte 2)" (Censos 1878), p. 330 (ficheiro: p. 142).
  11. Direcção da Estatística Geral e Comércio (1896) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1890. Volume I" (Censos 1890), p. 238 (ficheiro: p. 357).
  12. Direcção Geral da Estatística e dos Próprios Nacionais (1905) – "Censo da População do Reino de Portugal no 1.º de Dezembro de 1900 (Quarto recenseamento geral da população). Volume I" (Censos 1900), p. 246 (ficheiro: p. 256).
  13. Direcção Geral da Estatística (1913) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1911 (5.º Recenseamento Geral da População). Parte I" (Censos 1911), p. 228 (ficheiro: p. 267).
  14. Direcção Geral de Estatística (1923) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1920 (6.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1920), p. 178 (ficheiro: p. 229).
  15. Direcção Geral de Estatística (1933) – "Censo da População de Portugal no 1.º de Dezembro de 1930 (7.º Recenseamento Geral da População). Volume I" (Censos 1930), p. 188 (ficheiro: p. 190).
  16. INE (1945) – "VIII Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 12 de Dezembro de 1940. Volume XVIII: Distrito de Vila Real" (Censos 1940), p. 28 (ficheiro: p. 32).
  17. INE (1952) – "IX Recenseamento Geral da População no Continente e Ilhas Adjacentes em 15 de Dezembro de 1950. Tomo I" (Censos 1950), p. 238 (ficheiro: p. 240).
  18. INE (1975) – "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: População e Alojamento por lugares: distrito de Vila Real", p. 42. (Ficheiro: "11.º Recenseamento da População, 1.º Recenseamento da Habitação: continente e ilhas" (Censos 1970), p. 1026.)
  19. INE (1983) – "XII Recenseamento Geral da População, II Recenseamento Geral da Habitação: Resultados Definitivos: Distrito de Vila Real" (Censos 1981), p. 5 (ficheiro: p. 15).
  20. INE (1993) – "Censos 91: Resultados Definitivos – Região do Norte", p. 34 (ficheiro: p. 32).
  21. INE (2003) – "Censos 2001: Resultados definitivos: XIV Recenseamento Geral da População, IV Recenseamento Geral da Habitação: Norte", p. 27 (ficheiro: p. 130).
  22. Ribeiro Aires (2007) — História das Freguesias do Concelho de Vila Real. Vila Real: Maronesa. pp. 253 ss.

Ligações externasEditar