Forças Armadas da Colômbia

As Forças Militares Colombianas (em castelhano: Fuerzas Militares de Colombia) são as forças armadas da República da Colômbia. São formadas por três braços distintos: o exército, a força aérea e a Marinha.[3]

Forças Militares da Colômbia
Fuerzas Militares de Colombia

País  Colômbia
Ramos Exército Colombiano
Força Aérea Colombiana
Marinha da Colômbia
Sede(s) Bogotá
Lideranças
Presidente da República Gustavo Petro (Comandante em chefe)
Ministro da Defesa Iván Velásquez Gómez
Comandante geral General Helder Fernán Giraldo Bonilla
Idade dos militares 18
Conscrição 18 meses para o exército e força aérea, 24 meses para a marinha e 12 meses para a polícia nacional
Pessoal ativo 444 518 (2013)[1]
Despesas
Orçamento COL$ 17 699 812 milhões (2013)[1]
(US$ 9,1 bilhões)
Percentual do PIB 3% (2012)[2]
Indústria
Fornecedores estrangeiros  Estados Unidos
 Israel
 Brasil
Espanha
 Alemanha
 França
 Reino Unido
 Suécia
 Canadá
 Áustria
Artigos relacionados
História Conflito Civil Colombiano

A maior parceria das formas armadas colombianas ainda é com os Estados Unidos, com quem o país mantém laços econômicos e militares. Grande parte dos equipamentos e uma parcela do financiamento feito aos militares colombianos vem dos norte-americanos através do Plano Colômbia. Esta ajuda vem pelo motivo do país ainda estar mergulhada em um conflito interno contra movimentos de guerrilheiros de esquerda e contra o narcotráfico.[4]

Galeria

editar

Referências

  1. a b «Logros de la Política Integral de Seguridad y Defensa para la Prosperidad - PISDP - Septiembre 2013» (PDF) (em espanhol). Republic of Colombia Ministry of National Defense. Setembro de 2013. Consultado em 22 de novembro de 2013 
  2. «Military expenditure (% of GDP)». data.worldbank.org. Consultado em 15 de dezembro de 2013 
  3. "The Changing Role of the Military in Colombia". Página acessada em 13 de março de 2014.
  4. "U.S. Policy in Colombia". Página acessada em 13 de março de 2014.